Últimas

Sábado, 18 de Julho de 2009, 19h:55 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:23

ARTICULAÇÃO

Governador quer Fagundes na presidência regional do PR

  Romilson Dourado
  De Manaus

Deputado federal Wellington Fagundes  Blairo Maggi defendeu, pela primeira vez publicamente, o nome do deputado federal licenciado Wellington Fagundes para assumir a presidência do PR, maior legenda do Estado com 33 prefeitos, 17 vice, 228 vereadores, 6 dos 24 deputados estaduais e 2 dos 8 federais que integram a bancada mato-grossense em Brasília. No final deste mês, o seu afilhado político Moisés Sachetti deixa o comando da legenda. O governador observa que desde o início do ano já tinha acertado para Sachetti permanecer presidente até julho, já que este está disposto a encarar candidatura, provavelmente de deputado federal. Para o governador, Fagundes, que busca viabilizar candidatura ao Senado, tem o seu apoio e não vê dificuldades internas, considerando que o deputado busca projeto majoritário. "Wellington é majoritário e, nesse caso, ele tem de botar todos debaixo das asas", comentou Blairo Maggi, no aeroporto de Manaus, enquanto aguardava o momento para embarcar no vôo de estréia da Trip, que passa a fazer diariamente a linha Manaus-Cuiabá. Maggi estava de férias desde o último dia 4 e retornou de Miami com a primeira-dama e secretária de Trabalho, Emprego, Cidadania e Assistência Social, Terezinha Maggi.

   Ele observou também que, além de Sachetti, deve deixar o comando do PR o secretário-geral Emanuel Pinheiro, que também é pré-candidato proporcional. Na sua avaliação, a agremiação republicana deve ser presidida por Fagundes, para quem é capaz de superar brigas internas. O governador comenta que o deputado o procurou, defendendo que aceitasse a missão de comandar o partido. Maggi disse que, em resposta, deixou claro que não teria tempo para as ações partidárias e reforça que o próprio Fagundes é capaz de conduzir a sigla.

   Fagundes saiu de licença da Câmara por 121 dias para intensificar a agenda no interior, em busca de trabalhar sua pré-candidatura de senador e também de fechar apoio para assumir a direção regional do PR. Em seu lugar passa a legislar o suplente Victório Galli. Fagundes está no quinto mandato de federal. Tentou, sem sucesso, a cadeira de prefeito de Rondonópolis por duas vezes. Seu desafio agora é garantir uma das duas vagas de senador que vão estar em jogo no pleito de 2010.

(19/jul - às 9h35) - Deputado contesta matéria e garante não recuar da disputa ao Senado

  Wellington Fagundes ficou na bronca com a matéria veiculada no site-blog na última sexta (17) sob título "Fagundes diz a aliados que projeto ao Senado é só pretexto". A notícia foi reforçada com base em informações de fontes ligadas ao próprio deputado licenciado. Em reunião com correligionários, ele havia comunicado que a pré-candidatura ao Senado serviria apenas um balão-de-ensaio e que, no fundo, sua pretensão seria assumir a presidência estadual do PR para, mais na frente, desistir da senatória e buscar o sexto mandato de federal. Fagundes contesta. Jura que essa reunião, sequer, aconteceu. Insinua que o RDNews está criando factóide. Diz também que está firme com o projeto majoritário e disposto a comandar o PR, mas sem imposição.

Eis, abaixo, a íntegra da nota do deputado sobre o PR e sua pré-candidatura ao Senado

 "Referente a matéria divulgada por este site sobre suposto comunicado feito a correligionário de que eu estaria empurrando com a barriga a pré-candidatura a senador enquanto for possível, solicito a publicação das seguintes informações com o objetivo restabelecer a verdade: 
  01 - Não fiz esse tipo de comunicado já que a minha pré-candidatura ao Senado foi decidida por unanimidade pelo Partido da República e acatada por mim, com o mesmo respeito e dedicação que tenho dispensado ao partido e companheiros, condição que me levou a trabalhar, desde então, para viabilizá-la percorrendo todos os recantos de Mato Grosso com o objetivo de garantir mais essa grande vitória ao PR;
  02 – Assim sendo, licenciei-me da Câmara dos Deputados por 121 dias, período em que estarei visitando municípios do interior de Mato Grosso para fazer contatos com correligionários do Partido da República e outros partidos com a tarefa de estruturar a minha candidatura para as eleições de 2010;
  03 – A citada reunião com o deputado estadual Jota Barreto que, segundo o site teria ocorrido no Hotel Taiamã, em Cuiabá, na quinta-feira passada, não ocorreu como pode ser comprovado por qualquer investigação jornalística mais séria já que o hotel citado dispõe de circuito interno de vídeo e registro da presença de hóspedes, funcionários e visitantes em suas dependências. Em nenhum dos dias da semana passada estive no Hotel Taiamã, nem como visitante e muito menos como hóspede;
  04 – Quanto à citação do meu nome para presidir o Partido da República, esclareço que isso é consequência de uma de uma decisão tomada pela bancada estadual do PR, que conta com o apoio do deputado federal Homero Pereira. Em nenhum momento impus o meu nome. Ao contrário, sou defensor do nome do governador Blairo Maggi para ocupar cargo tão relevante, como tenho dito em várias oportunidades, conforme material publicado pela própria imprensa. Aguardo decisão partidária sobre o assunto e, seja qual for essa decisão, será acatada por mim com o mesmo respeito que tenho demonstrado a outras decisões partidárias.
   05 – Por último, gostaria de solicitar aos jornalistas desse site que mantenham sempre a observância de um dos mais sagrados pilares do jornalismo – a busca da verdade e a isenção na publicação das informações que julgam de interesse popular."
   Wellington Fagundes
   Deputado federal

Postar um novo comentário

Comentários (12)

  • Carlos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Mais que vergonha de 8 mensagens sobre o Welinton pegar a presidencia do PR 7 são contrária, o que está acontecendo, mais de 90% contrário.
    Ele tem que abrir olho em sua candatura.
    Senão vai descansar um bom tempo sem política.

  • maurelio | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A candidatura é imposta dividiu o partido e enfraqueceu a ainda maas sua tão debilitada candidatura ao Senado Federal.Já destruiu o Adilton em Rondonópolis agora esta se preparando para destruir no estado A turma toda da botina.

  • JUAO ERPERANÇA | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • Toninho | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Estará nas melhores mãos o PR/Mt sob o comando do Dep. Fed. Wellington Fagundes pois sabe fazer politica e agregar todas clases politicas deste estado. Parabéns Blairo Maggi, confio nesta nova fase do PR, e na já vitoriosa ELEIÇÃO P/ senador do Nosso Dep, WELLINGTON FAGUNDES.
    O PR vai ficar Maior com a Presidência do Dep. Wellington Fagundes, Parabéns.

  • Pierre | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Parabéns ao dignissimo Governador, esse sim teve a visão necessária sobre o que é Wellington Fagundes. O Deputado é gente que faz e sabe fazer... Vai enobrecer e muito nosso Senado Federal que hj está tão decadente e precisando moralizar!!!

  • haroldo norting | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Entregar o Partido para Wellinton é a mesma coisa que entregar a uma Raposa o controle de um galinheiro.

  • Andreia Santos Fagundes | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • mauro carvalho | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    NA MATERIA DA CAPA ONTEM O DEPUTADO WELLINTON NÃO DESMENTIU OU ENVIOU QUALQUER DOCUMENTO PARA O RDNEWS INFORMANDO QUE SERIA CANDIDATO PARA O SENADO E SEM NEMHUMA POSSIBILIDADE DE SAIR PARA REELEIÇÃO A DEPUTADO FEDERAL SE O DEPUTADO RECUAR DO PROJETO DE SENADOR E SAIR A DEPUTADO SERÁ UMA TRAIÇÃO A TODOS DO PARTIDO POIS A REGRA ESTABELECIDA FOI DELE DE QUEM FOR CANDIDATO A PROPORCIONAL NÃO PODERÁ OCUPAR CARGO NA DIREÇÃO PARTIDO. NÃO ACREDITO QUE O DEPUTADO VAI TRAIR hOMERO,MAURO SAVI, MOISES , EMANUEL PINHEIRO, MAURIÇÃO, ADILTON,WAGNER RAMOS , SERGIO RICARDO, JOÃO MALHEIROS,SEBASTIÃO REZENDE ETC...SE ISSO ACONTECER AI SIM O DEPUTADO ESTARÁ COMPROVANDO TUDO QUE FALAM DELE.

  • Marcelo Lopes Ribeiro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Entendo que presidir o PR, hoje, é tentar segurar a turma. É presente de grego, a boiada vai estourar, Wellington. Se tivesse bom o cargo seria para um autêntico botinudo. Wellington, Emanuel e... bobos da corte. É debandada geral e a responsabilidade Blairo já está jogando nos seus colos. Avisado....

  • Cidadão descontente | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Esta do governador entregar o partido para o Welton Fagundis é a maior mancada política.
    Eu já falei e repito o PR em MT vai acabar, já começou dando a presidência do partido ao Welton.
    Fomos traído, fomos para o PPS para se livrar do Welton, depois a cúpula juntou com o Welton e fomos obrigado a seguir.
    Mas agora depois desta, estamos voltando para o PPS.
    Fomos traído na eleição de prefeito em Rondonopis, governador quer mais? Chupa esta manga.

Jayme incomodado com Flávio em VG

jayme campos 400 curtinha   A candidatura a prefeito de Várzea Grande do empresário Flávio Frical (PSB), principal aposta da oposição, passou a incomodar a família Campos, que apoia o ex-vereador Kalil Baracat, concorrente ao Executivo pelo MDB. Em uma noite que seria de festa, em comemoração...

Acordo com Euclides partiu de Allan

allan kardec 400   Otaviano Pivetta, vice-governador licenciado por 30 dias para cuidar de problemas de saúde, disse que nada tem a ver com o tal acordo "costurado" pelo presidente regional do PDT, deputado Allan Kardec (foto), com Euclides Ribeiro, candidato a senador pelo Avante. Explica que só apresentou Euclides para Allan e...

Família Maia tenta retomar o poder

martha maia 400   O ex-prefeito de Alto Araguaia por quatro vezes, Maia Neto, não entrou na disputa de novo ao Executivo, mas lançou a irmã Martha Maia (foto), cuja filha Sylvia Maia é vereadora. Filiada ao PP, Martha entra como principal candidata da oposição ao prefeito Gustavo Melo, que vai à...

Welinton fará grande ato em Barra

welinton marcos 400 curtinha   Welinton Marcos (foto) lança sua candidatura a prefeito de Barra do Garças, na segunda (28), em um grande ato. Mesmo pelo sistema drive-in, devido à necessidade de adotar medidas sanitárias contra a Covid-19, são esperadas na solenidade cerca de mil pessoas, num espaço amplo,...

Irmão de Riva está na disputa em Juara

priminho riva 400 curtinha   O irmão do ex-deputado José Riva, Priminho Riva (foto), filiado ao PL, será mesmo candidato a prefeito em Juara, posto já ocupado por ele por duas vezes (1997/2004). Priminho pertence a uma famíliade políticos. Além de Riva, que foi prefeito e deputado, é...

PSB deve ficar fora da aliança de EP

max russi curtinha 400   O PSB, presidido pelo deputado Max Russi (foto), pulou mesmo do barco de Emanuel Pinheiro. Deve formalizar apoio à candidatura de Roberto França ao Alencastro. O PSB não consta na lista oficial de siglas que estão com o prefeito, que busca à reeleição. Os 11 que estão...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.