Últimas

Sábado, 11 de Agosto de 2007, 08h:30 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:16

VARIEDADES

Governador rejeita retorno à Sefaz de acusado

   Isaías Rodrigues de Almeida, demitido após descoberta de seu envolvimento em esquema de sonegação fiscal, tentou, sem êxito, reassumir o cargo de servidor público da Fazenda. Em despacho, o governador Blairo Maggi foi incisivo em determinar que o ex-agente de fiscalização não retomasse ao posto, com base do resultado de uma Comissão Processante. A investigação concluiu que não há dúvidas sobre o envolvimento do ex-servidor num esquema para beneficiar a MV Indústria e Comércio de Cereais.

   A empresa comercializava seus produtos para fora do Estado sem recolher imposto. Para isso, documentos e carimbos foram falsificados, notas fiscais duplicadas e houve até clonagem de Regime Especial de outras empresas. Além disso, descobriu-se que proprietários da MV, em verdade, se tratavam de laranjas. Isaías teria participação direção nesses crimes. Por muito tempo, as mercadorias passavam pelos postos fiscais sem causar suspeitas. Por praticar atos proibidos em lei, acarretando prejuízo ao erário, Isaías não será readmitido, conforme determinou o governador. (Simone Alves - RDNews)

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • ELIFAS JOSE RIBEIROe | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Engraçado pra exonerar peixe grande é a pedido da omaior trabalho agora pra exonerar a raia mmiuda não tem nem converça: como se diz é a quebra de paradigmas tanto apregoadas por este governo e a AL é apenas um poder decorativo ta na mão do Rei da Soja.

  • Amado Amador | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Se provou-se a culpa, ponha-se na rua! Porém, a chefe da máfia do fisco 2, a agente fazendária Leda Regina retornou apesar dos milhões de motivos, como armas ilegais, concessões indevidas, envolvimento em empresas de fachada do Comendador, queima de documentos públicos, perseguição à fiscais etc e etc. Resumindo, esse Isaías deve ser um coió, por não ter um padrinho político, e um bagre por comer barro, coisa mixuruca.

Grupo de risco em casa até 31 de maio

Em novo decreto, dentro das medidas emergenciais e temporárias de prevenção ao Covid-19, o prefeito cuiabano Emanuel Pinheiro determinou que servidores municipais que integram o chamado grupo de risco não devem trabalhar presencialmente nas secretarias e/ou órgãos da administração. São considerados desse grupo servidores acima de 60 anos, imunodeprimidos e/ou portadores de doenças crônicas e servidoras grávidas e...

Beco do Candeeiro só abrirá em abril

Carlina 400   A secretária municipal de Cultura, Esporte e Lazer, Carlina Jacob (foto), em visita ao Grupo Rdnews, revelou que a revitalização do Beco do  Candeeiro, que foi concluída em janeiro, será entregue à população em abril, nas comemorações dos 302 anos de...

Águas, expansão e investimentos

william figueiredo 400 aguas cuiaba curtinha   O diretor-geral da Águas Cuiabá, executivo William Figuereido (foto), disse, em visita à sede do Rdnews, quando aproveitou para conceder entrevista à tv web Rdtv, que a concessionária já distribui água para toda Cuiabá e que, em quase quatro anos...

Creci combate empresas irregulares

benedito odario 400 curtinha   O presidente do Conselho Regional de Corretores de Imóveis do Estado, Benedito Odário (foto), aproveitou a operação desenvolvida na quinta, com apoio da Polícia Civil e da Decon, para enfatizar que não dará trégua àquelas empresas que, irregularmente,...

Cuiabá paga fevereiro aos servidores

emanuel pinheiro 400   A Prefeitura de Cuiabá quitou nesta sexta (26), último dia útil do mês, a folha de fevereiro. Desde quando assumiu o Palácio Alencastro, em janeiro de 2017, o prefeito Emanuel Pinheiro (foto) tem conseguido pagar o funcionalismo dentro do mês trabalhado. Aliás, essa prioridade,...

3 deputados sob certa cordialidade

janaina riva 400 curtinha   Max Russi, Eduardo Botelho e Janaina Riva (foto), que mandam na Assembleia, demonstram entre eles um certo clima de cordialidade, mas chegaram a entrar em queda-de-braço até fechar um novo acordo político sobre a Mesa Diretora. Com a decisão do Supremo de veto a Botelho no comando do...