Últimas

Terça-Feira, 30 de Junho de 2009, 14h:11 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:23

EXECUTIVO

Governador reúne secretários e sai de licença por 14 dias


Antes de se afastar temporariamente, Blairo Maggi promove última reunião com staff, no Pantanal, e adotará uma série de medidas sobre projetos macro da Copa e por força do processo eleitoral de 2010
Foto: Ednilson Aguiar

  No sétimo e penúltimo ano de mandato, o governador Blairo Maggi (PR) convocou todos os seus 22 secretários para uma reunião decisiva de dois dias, a partir de quinta (2), no Porto Jofre, na região de Poconé (a 160 km de Cuiabá). O encontro prosseguirá até sexta. Ele pediu que os membros do primeiro escalão estejam desacompanhados de familiares e de assessores. Maggi vai comunicar que estará de licença de 4 a 18 de julho, quando o vice Silval Barbosa passará a conduzir as ações administrativas do Estado neste período de 14 dias. Será o último encontro com a equipe antes de se afastar temporiamente. O governador deve avisar que a tendência é de prosseguir no mandato e não mais renunciar em dezembro deste ano, como estava previamente acertado com o seu vice Silval, que é pré-candidato à sucessão estadual.

   Ele vai dar espécie de ultimato a todos do primeiro escalão, no sentido de haver empenho para execução das metas apresentadas à Fifa e à CBF, que foram condicionantes para que Cuiabá viesse a ser escolhida como uma das 12 subsedes da Copa do Mundo de 2014. O Estado, em ações conjuntas com a Prefeitura da Capital, tem menos de quatro anos para concluir obras que, juntas, ultrapassam a R$ 6 bilhões de investimentos. Somente o complexo do novo estádio governador José Fragelli está orçado em R$ 430 milhões. Estão previstos, dentro da nova engenharia do trânsito, novas vias, construção de um metrô e de quatro centros de treinamentos e até de hospitais. O governador entende que, se desde já não definir tarefas e encarar os projetos de forma determinada, corre-se o risco de Cuiabá ser excluída, levando a Fifa a escolher outra cidade por descumprimento de acordos.

   Na reunião e em ritmo de despedida, apesar de ainda restar 15 meses de mandato, o governador vai cobrar prestação de contas de cada secretário e definir o que cada um fará dentro dos projetos da Copa. Os pré-candidatos a cargos eletivos no próximo ano serão instigados a se manifestar e terão os dias contados no governo. O clima do Palácio Paiaguás é de expectativa sobre esse encontro porque Maggi vai anunciar medidas que podem vir a mudar o ritmo da máquina estatal. (Romilson Dourado)

Quem são os secretários do governo Blairo Maggi
Justiça e Segurança Pública                                             - Diógenes Curado
Casa Civil e Comunicação                                                - Eumar Novacki
Casa Militar                                                                        - Alexander Maia
Planejamento e Coordenação Geral                               - Yênes Magalhães
Fazenda                                                                              - Eder de Moraes Dias
Auditor-Geral do Estado                                                    - José Gonçalves Botelho do Prado
Desenvolvimento Rural                                                      - Neldo Egon
Indústria, Comércio e Minas e Energia                             - Pedro Nadaf
Trabalho Emprego, Cidadania e Assistência Social     - Terezinha Maggi
Desenvolvimento de Turismo                                           - Yuri Bastos Jorge
Infraestrutura                                                                       - Vilceu Marchetti
Educação                                                                             - Ságuas Moraes
Administração                                                                     - Geraldo de Vitto
Saúde                                                                                    - Augustinho Moro
Procurador-Geral do Estado                                              - Dorgival Veras de Carvalho
Ambiente                                                                              - Luís Henrique Daldegan
Esportes e Lazer                                                                  - Baiano Filho
Cultura                                                                                   - Paulo Pitaluga
Ciência e Tecnologia                                                           - Chico Daltro
Projetos Estratégicos                                                           - José Aparecido, o Cidinho
Apoio às Políticas Educacionais                                          - Flávia Nogueira
Políticas Ambientais e Fundiárias                                       - Adilton Sachetti

Postar um novo comentário

Comentários (6)

  • mestre pardal | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    ESPERO QUE ESTA REUNIÃO EM POCONÉ, TENHA BASTANTE ÊXITO COM O SECRETARIADO
    DO PRIMEIRO ESCALÃO DO GOVERNO MAGGI.
    CUIABÁ DEVERÁ TOCAR AS OBRAS COM EFICIENCIA, EFICÁCIA E EFETIVIDADE....
    AFINAL, SÃO 6 MILHOES PARA SER BEM USADOS NA COPA 2014, E EM 2012 TUDO DEVERÁ ESTAR PRONTO. BOA SORTE!

  • Paulo Mattos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • Paulo Mattos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Refaço meus comentários, com palavras mais amenas e mais ao gosto refinado de alguns. Hoje, sinceramente, nutro uma admiração muito grande pelo nosso Governador Blairo Maggi por entender que, muito embora tanto ainda haja para ser construido e consertado, tem ele e uma grande parte de sua equipe trabalhado em prol do desenvolvimento do Estado de Mato Grosso e da nossa sofrida e honrada população, conseguindo colocar nosso Estado como um dos mais progressistas do país. Pelo seu trabalho, dedicação e empenho como Governador do Estado, entendo que ele necessita mesmo de um descanso de alguns dias para, revigorado, comandar as ações conjuntas e necessárias para a realização de obras visando a Copa do Mundo de 2014 e, no momento, não vejo um líder que esteja à altura de nossa autoridade maior para fazer isso. Não acredito, repito neste comentário, que Silval Barbosa tenha a mesma competência e o mesmo respeito, à nível nacional, para levar a cabo essa árdua empreitada. É a minha opinião, que nada tem de ofensiva, caluniosa, difamatória ou agressiva ao ilustre vice-governador. Que dessa reunião, onde não podem comparecer parentes, assessores e outros para atrapalhar, resulte em medidas e projetos que cada Secretário de Estado deverá levar a termo durante a ausência do Titular, tudo visando não somente a Copa do Mundo, mas também o desenvolvimento de todas as regiões do Estado, em todas as áreas de trabalho.
    É isso, só isso, além de desejar um feliz descanso ao senhor Governador, a quem envio um fraterno e respeitoso abraço.

  • EDSON SILVA | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Governador! de mais atenção aos nossos servidores públicos, porque eles também votam.

  • macelo novaes | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    senhor governador, pra que uma reunião tão longe assim? tem que evitar gastar não é? cade o plano de segurança publica? o secretario de segurança é mto fraco, troca ele...

  • ROSILDA AMORIM | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    REUNIR EM UM PESQUEIRO, ISSO TA CHEIRANDO PASSEIO COM DINHEIRO DO POVO , COM TANTOS LOCAIS PUBLICOS PARA ESSA REUNIÃO, PORQUE SERA, O ESPAÇO É PROBLEMA, FAÇA ESSA REUNIÃO O VERDÃO, ESSE GOVERNADOR É UMA PIADA DE MAL GOSTO PARA O POVO, VAI SER ARTISTA ASSIM LÁ NA AFRICA

Niuan de fora da suplência ao Senado

niuan ribeiro 400 curtinha   O deputado federal José Medeiros não conseguiu segurar o vice-prefeito de Cuiabá, Niuan Ribeiro (foto), como primeiro-suplente de sua chapa ao Senado. Há alguns dias, o filho do ex-vice-governador e ex-deputado Osvaldo Sobrinho vinha demonstrando desejo de pular fora, em meio a...

Jayme incomodado com Flávio em VG

jayme campos 400 curtinha   A candidatura a prefeito de Várzea Grande do empresário Flávio Frical (PSB), principal aposta da oposição, passou a incomodar a família Campos, que apoia o ex-vereador Kalil Baracat, concorrente ao Executivo pelo MDB. Em uma noite que seria de festa, em comemoração...

Acordo com Euclides partiu de Allan

allan kardec 400   Otaviano Pivetta, vice-governador licenciado por 30 dias para cuidar de problemas de saúde, disse que nada tem a ver com o tal acordo "costurado" pelo presidente regional do PDT, deputado Allan Kardec (foto), com Euclides Ribeiro, candidato a senador pelo Avante. Explica que só apresentou Euclides para Allan e...

Família Maia tenta retomar o poder

martha maia 400   O ex-prefeito de Alto Araguaia por quatro vezes, Maia Neto, não entrou na disputa de novo ao Executivo, mas lançou a irmã Martha Maia (foto), cuja filha Sylvia Maia é vereadora. Filiada ao PP, Martha entra como principal candidata da oposição ao prefeito Gustavo Melo, que vai à...

Welinton fará grande ato em Barra

welinton marcos 400 curtinha   Welinton Marcos (foto) lança sua candidatura a prefeito de Barra do Garças, na segunda (28), em um grande ato. Mesmo pelo sistema drive-in, devido à necessidade de adotar medidas sanitárias contra a Covid-19, são esperadas na solenidade cerca de mil pessoas, num espaço amplo,...

Irmão de Riva está na disputa em Juara

priminho riva 400 curtinha   O irmão do ex-deputado José Riva, Priminho Riva (foto), filiado ao PL, será mesmo candidato a prefeito em Juara, posto já ocupado por ele por duas vezes (1997/2004). Priminho pertence a uma famíliade políticos. Além de Riva, que foi prefeito e deputado, é...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.