Últimas

Terça-Feira, 10 de Abril de 2007, 12h:15 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

EXECUTIVO

Governador só mantém 7 secretários "intocáveis"

   Das 22 secretarias que compõem o primeiro escalão, fora Defensoria Pública, órgãos e autarquias, o governador Blairo Maggi só não promoveu mudanças em sete - confira no quadro. Nesta segunda, em seu discurso durante solenidade que marcou o retorno ao comando do Estado após um mês de férias, Maggi sinalizou que pretende mudar ou remanejar secretários. Não está contente com alguns membros do staff. Preferiu não declinar nomes. Estuda as mudanças em sigilo. 

    Nestes cinco anos de administração, Maggi mantém como "intocáveis" Waldir Teis, na Fazenda; Yênes Magalhães, no Planejamento e Coordenação Geral; Sírio Pinheiro, na Auditoria-Geral; Alexandre Furlan, na Indústria, Comércio, Minas e Energia; e a esposa Terezinha Maggi, que só deixou a pasta do Trabalho, Emprego, Cidadania e Assistência Social para acompanhá-lo no recente período de férias.

    Ainda continuam no mesmo cargo desde janeiro de 2003, quando Maggi assumiu o Palácio Paiaguás, o procurador-geral do Estado, João Virgílio, e o secretário de Estado de Cultura, João Carlos Vicente Ferreira.

    Algumas pastas já tiveram até secretários na gestão Blairo Maggi, como é o caso da Casa Civil, por onde já passaram Carlos Brito, Joaquim Sucena, Luiz Pagot, Antônio Kato e, hoje, João Malheiros. A Saúde iniciou com Gabriel Novis Neves, depois veio Luzia Leão, Marcos Henrique Machado e, por fim, Augustinho Moro, que se tornou também um dos principais homens de confiança do governador.

   As mesmas mudanças ocorreram na Educação, já comandada por Novis Neves, Ana Carla Muniz e Luiz Antônio Pagot que, nos próximos dias, deixa o cargo para o vice-governador Silval Barbosa.

    O Meio Ambiente começou com Moacir Pires, seguido por Marcos Machado e hoje está sob Luís Henrique Daldegan. Na pasta do Desenvolvimento do Turismo já passaram Ricardo Henry, Yêda de Oliveira e agora é conduzida por Pedro Nadaf. No Desenvolvimento Rural já estiveram Homero Pereira, Otaviano Pivetta, Cloves Vettorato e Neldo Egon.

   Na Justiça e Segurança Pública o ex-deputado Carlos Brito substituiu Célio Wilson e, na Infra-Estrutura, Vilceu Marchetti passou a comandar a pasta no lugar de Luiz Pagot, remanejado à Educação. O governo Maggi começou com Geraldo Gonçalves na Comunicação e, depois, passou à condução do jornalista José Carlos Dias. O ex-deputado Chico Daltro entrou no lugar de Flávia Nogueira na Ciência e Tecnologia.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Candidato a reitor e 2 apoios fortes

dimorvan rui 400   O candidato de oposição a reitor do IFMT, Deiver Teixeira, recebeu dois apoios importantes. As manifestações de adesão à candidatura vieram dos professores Ruy Oliveira e Dimorvan Brescancim. Ruy foi candidato a reitor nos últimos dois pleitos e é um pesquisador...

Abílio e Medeiros rejeitam Fernanda

coronel fernanda 400 curtinha   Abílio Júnior e o deputado José Medeiros, presidente do Pode-MT e que foi derrotado para senador, querem distância da coronel Rubia Fernanda (foto) da campanha neste segundo turno em Cuiabá. Nos bastidores, comentam que não precisam da militar filiada ao Patriota e que ficou...

Com maioria na Câmara de Cáceres

eliene liberato 400 curtinha   A prefeita eleita de Cáceres Eliene Liberato (foto), que conquistou 15.881 votos (38,16% dos válidos), terá apoio da maioria dos 15 vereadores. Destes, oito garantiram cadeira pela coligação da própria Eliene, o que representa 53%. As duas maiores bancadas são do PSB de...

Gamba quer Tuti presidindo a Câmara

tuti 400 alta floresta curtinha   O prefeito eleito de Alta Floresta, Chico Gamba (PSDB), tem se articulado para eleger presidente da Câmara o vereador reeleito do seu partido, Oslen Dias dos Santos, o Tuti (foto), que obteve a segunda maior votação, com 814 votos. Na tentativa de convencer os novos integrantes da próxima...

Várzea Grande paga a folha já na 6ª

lucimar campos 400   A prefeita várzea-grandense Lucimar Campos, prestes a concluir o segundo mandato, anunciou que na sexta, a três dias de fechar o mês, conclui o pagamento da folha de novembro. E, nesta quarta (25), já libera a diferença da correção do piso federal para os professores. No total...

Críticas à busca do poder pelo poder

marcia pinheiro 400   Em um ato realizado na praça Alencastro, nesta segunda à noite, a primeira-dama de Cuiabá Marcia Pinheiro disparou críticas aos adversários do prefeito Emanuel, que busca a reeleição. Segundo ela, as alianças formadas por Abílio neste segundo turno são...

MAIS LIDAS