Últimas

Sexta-Feira, 23 de Janeiro de 2009, 08h:50 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:22

DETRAN

Governador veta proposta de IPVA em 12 vezes

O governador Blairo Maggi (PR) vetou o projeto de autoria do deputado Wallace Guimarães (DEM), que tratava do pagamento parcelado em 12 vezes do Imposto Sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA). O texto aprovado pelos deputados determinava a inclusão, entre as formas de pagamento anual do IPVA, da opção de 12 parcelas "iguais, mensais e sucessivas".

   O Palácio Paiaguás, sob respaldo jurídico da Procuradoria-Geral do Estado, argumenta que a proposta alteraria o 13º Artigo da Lei nº 7.301, de julho de 2000, que trata da arrecadação do imposto e que a mudança causaria prejuízos ao planejamento fiscal e à arrecadação anual porque não haveria estimativa do impacto orçamentário-financeiro.

  "O tributo em comento tem previsão para ser recolhido, anualmente, no primeiro semestre civil. A concentração da arrecadação do IPVA nesse período decorre de planejamento fiscal, tendo em vista a necessidade do Estado de equacionar suas receitas, distribuindo-as conforme as despesas a serem realizadas ao logo do exercício", diz trecho da decisão assinada por Maggi.

   Hoje o IPVA é pago com vencimento conforme o final da placar vinculado ao mês e seu valor, conforme estabelece o Departamento Estadual de Trânsito (Detran), só pode ser dividido em até três vezes. (Flávia Borges)

Postar um novo comentário

Comentários (8)

  • Zé da Varginha | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Qualquer cidadão que estivesse no lugar do lula faria bem melhor do que ele tem feito; pegar um país com tudo arrumadinho como FHC deixou é moleza. durante todos estes anos do atual governo, não se viu nenhuma turbulência na economia do mund, exceto esta marola que está chegando aqui e que já mostra que vai fazer um estrago sem precedente. Estas pesquisas que apontam popularidade alta do Lula são maquiadas, muitas delas são feitas com espaço amostral apenas nasáreas onde Lula tem dado a esmola do bolsa família, colhendo opinião apenas deste pobre e embevecido povo. somente na cabeças de alguns débil-mentais do PT este governo presta; é só olhar os inúmeros escandálos de corrupção neste governo e até casos de assassinatos(Toninho e Celso Daniel). Nunca a educação Brasileira teve números tão vergonhosos, nossa saúde está pela hora da morte e a violência supera, em termos relativos qualquer guerra similar aos conflitos da Bósnia, Iraque, Afeganistão e Congo. Tudo um dia tem seu fim, apesar de você Lula, 2010 está bem próximo.

  • ERIC DUARTE | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    é para pobre não ter carro mesmo,
    como que um pobre com salçario minimo vai pagar
    um ipva desses absurdos,tem que haver uma maneira
    de pobre andar com carro em dias tudo pago,só mesmo
    parcelando dessa maneira para que seja quitados os débitos.

    parabens dr wallace por essa iniciativa,sei que o sr
    é focado para ajudar as pessoas.

  • Celso Cardoso | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Não acho que deve lamentar porque foi vetado o parcelamento do IPVA e que pobre que ganha um salário mínimo não pode ter carros.Moço estou com 54 anos e agora que consegui comprar um carro, mas acho que tudo tem que ter sua hora e pra se ter um carro, tenha certeza que é ter outra família, sou pobre e só consegui agora porque agora dou conta de mante-lo.

  • manoel | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    ESSE SULISTA serra de ouro AII NUNCA FAZ NADA EM BENEFICIO DO POBRE
    ETA governadozinho ainda bem que tu ta saindo fora do poder

  • Assunção | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Senhor Governador:

    Acho que parcelar IPVA, não vai afetar os cofres públicos, pois trata-se de um montante em que se pode parcelar. Talvez, se fosse um deputado do seu partido , o autor do projeto o Senhor não vetaria. Quando o senhor JOnas Pinheiro solicitava adiamento das dividas dos latifundiários para prazos a perder de vista o senhor, com certeza, aplaudia, pois a maioria desses latifundiários eram devedores do Banco do Brasil.

  • carlos mito | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    o ipva e um imposto, que e cobrado pelo governo do estado como se fosse um crime....350 policiais operação essa divulgado no painel da sefaz ....parece que para o sr eder maoraes e o governador blairo maggi. tem mais valor arrecador impostos que salvar vidas ....... policiais faltas nas rua de trodas as cidades........ e furto assalto ....saidinha de banco...... crimes de todas as formas ...... mais o importante e arrecadar vidas nao tem valor o povo esta a deriva ............socorro

  • josé | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    ja era previsto mesmo, esse GOVERNADORZINHO SERRA DE OURO vetar essa
    benfeitoria do SR DEP WALLACE esse sulista ai nãO FAZ NADA EM beneficio do pobre cidadão matogrosensse, affss ainda bem q ta chegando 2010 pra essa turma DA BOTINA LA DO SUL pegar a caminho de volta

    eta governadorzinho...foraaaaaaaaaaaaaaaaaaa

  • Ivan de Mattos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Essa matéria lembro do Vereador DEUCIMAR que irá dividir o salário do mês de Dezembro dos servidores da Camara Municipal de Cuiabá em 10 parcelas, isso sim é uma humilhação a esses servidores que labutam dia a dia na camara será que DEUCIMAR irá também dividir em 10 parcelas o salário dos 19 vereadores que apenas tomaram posse e disque írão começar a trabalhar somente no mês de fevereiro um pouquyinho antes do carnaval periodo da festa do Povo Brasileiro. Com relação ao nosso governador esse não está nem ai com a população pois como disse o engraxate AQUILINO caiu de para queda virou governador mentiu a população de Mato Grosso que iria baixar o ICMS da LUz, da telefonia, e de outros porém só mentiu e até hoje muitos ainda acredita nesse senhor. Vamos lÁ wilson COM TODAS OS PROBLEMAS ACONTECIDOS VAMOS EM 2010 DAR UMA SURRA NA TURMA DA BOTINA.

Reconhecimento de um governo ruim

pedro taques 400   Pedro Taques (foto) recorreu a uma observação feita pela mãe, professora Eda Taques, de que fora melhor senador do que governador. No horário eleitoral, o candidato ao Senado, agora pelo SD, menciona a frase da mãe para, em seguida, dizer que reconhece que sua atuação em...

Apoiado por deputados bolsonaristas

jose medeiros 400 curtinha   Um dos vice-líderes do Governo Bolsonaro na Câmara, o deputado José Medeiros (foto), do Podemos, vem recebendo apoio na disputa ao Senado de vários parlamentares bolsonaristas. O chamado núcleo duro do presidente no Congresso Nacional está com Medeiros, entre eles os deputados...

Justiça barra ficha suja em Poconé

clovis martins 400   A Justiça Eleitoral barrou em Poconé o ex-prefeito Clovis Damião Martins (foto), considerado ficha suja. Está inelegível por oito anos. Filiado ao PTB, ele foi condenado pelo TCU por irregularidade insanável que configura ato doloso de improbidade administrativa. Enquanto...

3 estão fazendo pesquisa em Cuiabá

Três institutos de pesquisa entraram em campo na capital nesta semana para levantar as intenções de voto para prefeito. São eles: Malujoa Comunicações, que geralmente divulga os resultados no site Olhar Direto; a Voice Pesquisas e Comunicação, do site Midianews; e Real Time Big Data. A Voice poderá tornar públicos os números apurados da pesquisa a partir de segunda (26), enquanto os outros dois estão autorizados...

Marino enaltece Leitão para o Senado

marino franz 400 curtinha   O empresário e ex-prefeito de Lucas do Rio Verde, Marino Franz (foto), anunciou apoio a Nilson Leitão (PSDB) para o Senado. Disse que conhece o candidato tucano de longa data, desde quando este foi prefeito de Sinop e assegura que Leitão é preparado, representa muito bem a região e o...

Magali de fora em General Carneiro

magali vilela 400   A ex-prefeita de General Carneiro, Magali Vilela (foto), que se lançou novamente à disputa ao Executivo, foi barrada pela Justiça. Teve o registro indeferido, já que está inelegível por ter sido condenada à suspensão de seus direitos políticos em...

MAIS LIDAS