Últimas

Quarta-Feira, 05 de Março de 2008, 18h:55 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

EXECUTIVO

Governadores fecham acordo e se auto-elogiam

    
Serra e Maggi trocam elogios quanto à forma de administrar
Foto: Edson Rodrigues/Secom

   A solenidade nesta quarta, em Cuiabá, para assinatura de um termo de cooperação mútua entre os Estados de São Paulo e Mato Grosso, se transformou em troca de afagos entre os governadores Blairo Maggi e José Serra. Ambos fizeram elogios mútuos quanto à forma de administrar. Os dois partidos a que pertencem os gestores são adversários em MT. Maggi é do PR. Já o PSDB de Serra tem como um dos líderes regionais o ex-senador Antero de Barros, derrotado por Maggi em duas eleições consecutivas (2002 e 2006). O prefeito tucano Wilson Santos se fez presente à solenidade realizada da Federação das Indústrias (Fiemt). Antero preferiu distância.

  A partir desta parceria, os dois Estados vão atuar conjuntamente, com vistas a melhorar a arrecadação tributária, além de proporcionar ações voltadas à pesquisa e à tecnologia no setor agropecuário. Os secretários de Fazenda, Éder Moraes e Mauro Ricardo Machado Costa, de MT e SP, respectivamente, assinaram também os protocolos para a implantação do regime de substituição tributária em relação às operações realizadas por contribuintes do ICMS.

    No regime de substituição tributária, fica atribuída ao estabelecimento (contribuinte) que promover a saída de mercadoria a responsabilidade pela retenção e recolhimento do ICMS, ou seja, o imposto é retido direto na fonte do seu fornecimento (durante a transação comercial) e encaminhado ao Estado de origem do imposto. A ação envolve alguns produtos farmacêuticos, rações para animais, eletroeletrônicos e de informática, bebidas quentes, cosméticos, perfumaria, materiais de construção e materiais de limpeza.

   A assinatura dos convênios sela uma parceria não só de operações, mas também de visão quanto aos gastos e arrecadação tributária. O governador paulista elogiou o aumento de arrecadação de impostos feita no governo Maggi. “Nós de São Paulo queremos ter ao nosso redor campeões de crescimento. Devemos lutar contra a sonegação e o governo de MT está no caminho certo. Vislumbra uma administração de resultados”, disse o tucano. “Como se planeja uma empresa devemos planejar o Estado. Atuar na economia de recursos e estabelecer parcerias com a área privada. Essa talvez seja a mais importante”, completou.

  Maggi, por sua vez, devolveu elogios a Serra, a quem chegou a declarar apoio do primeiro turno da eleição presidencial de 2006. Disse que é preciso ter preocupação com a arrecadação tributária. Ele visualiza controlar gastos e aumentar a arrecadação com a ajuda da informática. “Temos que nos preocupar com a carga tributária. Outra coisa que nos preocupa é a questão da reforma tributária, mas o governo não quer bancar a diferença, que deve chegar a R$ 2,8 milhões. O Estado não tem como fazer isso, a não ser aumentar a eficiência na arrecadação”, diz Maggi. Ao final da solenidade, com cerca de 100 pessoas presentes, Maggi presenteou Serra com uma viola de cocho, símbolo da cultura mato-grossense. (Simone Alves)

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Maneporrete | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O verbo -ARRECADAR- é mais conjugado entre todos os políticos,sejam êles do PT,PSDB,PR,DEMetc. Tratando-se de tungar nosso bôlsos já combalidos,são ageis ,trocam elogios,afagos e esquecem das diferenças partidarias e se unem no assalto conjunto.Atualmente presenciamos a volta da DERRAMA,coisa lá do Império mas que Blairo e Serra tratam de desenterrar. Só falta a fôrca e os grilhões.

  • Glauco Ribeiro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Em 2010 o blairo vai trai o pt e vai de serra pq ele sera o favorito....essa é a personalidade do nosso governador!!

Beco do Candeeiro só abrirá em abril

Carlina 400   A secretária municipal de Cultura, Esporte e Lazer, Carlina Jacob (foto), em visita ao Grupo Rdnews, revelou que a revitalização do Beco do  Candeeiro, que foi concluída em janeiro, será entregue à população em abril, nas comemorações dos 302 anos de...

Águas, expansão e investimentos

william figueiredo 400 aguas cuiaba curtinha   O diretor-geral da Águas Cuiabá, executivo William Figuereido (foto), disse, em visita à sede do Rdnews, quando aproveitou para conceder entrevista à tv web Rdtv, que a concessionária já distribui água para toda Cuiabá e que, em quase quatro anos...

Creci combate empresas irregulares

benedito odario 400 curtinha   O presidente do Conselho Regional de Corretores de Imóveis do Estado, Benedito Odário (foto), aproveitou a operação desenvolvida na quinta, com apoio da Polícia Civil e da Decon, para enfatizar que não dará trégua àquelas empresas que, irregularmente,...

Cuiabá paga fevereiro aos servidores

emanuel pinheiro 400   A Prefeitura de Cuiabá quitou nesta sexta (26), último dia útil do mês, a folha de fevereiro. Desde quando assumiu o Palácio Alencastro, em janeiro de 2017, o prefeito Emanuel Pinheiro (foto) tem conseguido pagar o funcionalismo dentro do mês trabalhado. Aliás, essa prioridade,...

3 deputados sob certa cordialidade

janaina riva 400 curtinha   Max Russi, Eduardo Botelho e Janaina Riva (foto), que mandam na Assembleia, demonstram entre eles um certo clima de cordialidade, mas chegaram a entrar em queda-de-braço até fechar um novo acordo político sobre a Mesa Diretora. Com a decisão do Supremo de veto a Botelho no comando do...

Expediente na AL só a partir do dia 8

max russi 400   Por causa do aumento da taxa de incidência de Covid-19 entre servidores e parlamentares, as atividades presenciais da Assembleia foram suspensas na quinta (25). O expediente só retoma em 8 de março. Neste período, estão sendo mantidas somente as atividades estritamente essenciais para o...