Últimas

Domingo, 23 de Setembro de 2007, 17h:08 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:16

NEGÓCIOS

Governo avança na venda da dívida do Estado

Maggi e Éder se reunem na 5ª com a direção do BB, que tem interesse no passivo de R$ 5,4 bi

    O empresário e governador Blairo Maggi (PR) está mesmo disposto a negociar a transferência para bancos privados de uma dívida de R$ 5,4 bilhões que o Estado tem para com a União. Trata-se de algo inédito. O mecanismo precisa da aprovação do Tesouro Nacional. Na quinta (27), Maggi e o executivo Éder de Moraes Dias, presidente da MT Fomento e escalado pelo Palácio Paiaguás para conduzir o processo de renegociação, sentam com a direção do Banco do Brasil, em Brasília. O BB demonstra interesse no passivo de MT, assim como a Merrill Lynch, o Crédit Suísse e o USB Pactual. O governo espera sair dessa reunião com uma sinalização positiva.

    De acordo com Éder, que está mergulhado no projeto de venda da dívida, a proposta, em tese, seria a seguinte:

1) Recaptuação
- Bancos privados ou fundos de pensão (nacionais e internacionais) assumiriam a dívida junto à União, através de instrumento de cessão;
- Todos cuidados comerciais, operacionais e jurídicos estão sendo tomados para isso;
-  Não haverá na estrutura da operação afronta à Lei de Responsabilidade Fiscal, nem tampouco as regras contratuais serão quebradas. Quando essas dívidas de MT foram renegociadas, o país vivia uma situação socioeconômica diferente da de hoje.

2) Recursos
 - Banco ou fundo que assumir o passivo vai deter o atual fluxo da dívida, repactuando com o Estado de MT novas taxas de juros pré-fixados (não haverá nenhum indexador - dólar, IGP-DI, Selic, etc);
- O governo do Estado vai tentar 5 anos de carência e, nesse período, nada se pagaria, o que significaria R$ 4 bilhões para ser aplicados em investimentos (estradas, habitação, saúde, educação);
- A dívida será realongada de forma que as parcelas fiquem em torno de R$ 350 milhões/ano, ou seja, 50% do que se paga hoje;
- Por volta de 2012, o futuro governador, que já terá usufruído de 2 anos de carência, vai ter condições de melhor planejar o Estado, independente de qualquer intempérie, pois saberá que o valor da parcela será fixo.

3) Estratégia
- O atual governo garante que não está aumentando a dívida. Até agora o Estado só pagou juros, que somam mais de R$ 2 bilhões. A maior parte da dívida hoje refere-se a resíduos de inflação de anos anteriores. Segundo Éder de Moraes, esse valor poderia estar menor se a administração passada (de Dante de Oliveira) tivesse adotado a estratégia de se pagar parte dos resíduos da dívida. "Essa bolha de dinheiro perdido teria sido menor. Foi uma política equivocada do ponto de vista do equilíbrio fiscal e financeiro do Estado. Esse erro é responsável pelo acúmulo maior da dívida";
- Éder diz que, para o governo não importa o credor, mas sim melhores condições de pagamento e taxas de juros menores e pré-fixadas.
- O governo garante que daqui a 5 anos, a dívida vai estar a metade da de hoje;
- Em relação à dívida e à receita do Estado, a cada ano ficará menor e dentro de 10 anos será insignificante diante das projeções de receita para MT. Hoje, ocorre o contrário, pois quanto mais se arrecada, mais o Estado é penalizado;
- "Dizer que em 2012 essa dívida estará paga é manifestar o total desconhecimento da estrutura da dívida, que eles próprios criaram", diz Éder;
- Em 2014 e 2018, MT vai começar a ficar livre dos resíduos da dívida para dar início ao pagamento da dívida em si;
- Segundo Éder, o governo tem capacidade de emprestar R$ 3,5 bilhões, mas não contrai novos financiamentos para não deixar herança maldita. "MT é o único Estado que está levando solução e quer pagar a dívida à vista e deseja que a União permita deságio".

   Contra

Valter Albano alerta sobre renegociação das dívidas  A proposta de refinanciamento da dívida do Estado enfrenta algumas resistências. O ex-secretário de Fazenda e hoje conselheiro do Tribunal de Contas do Estado, Valter Albano, por exemplo, considera que, se faltarem amarrações, os próximos governadores podem ter suas gestões comprometidas e o Estado passar dificuldades para com seu desenvolvimento. Ele observa que, "com as regras atuais, em 2012 MT já estará pagando sua dívida na proporção de um para um, ou seja, com apenas um orçamento anual será possível pagar toda a dívida do Tesouro Estadual". Hoje, observa o ex-secretário, o Estado não tem nenhuma dívida internacional, apenas com a União.

Postar um novo comentário

Comentários (10)

  • Moisés | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O BLAIRO TEM QUE RENEGOCIAR A DÍVIDA COM O GOVERNO FEDERAL E NÃO C/ BANCOS. AFINAL, NÃO FOI O LULA QUEM ELE DEFENDEU PARA PRESIDENTE?
    CADÊ O APOIO A MATO GROSSO?

  • valter santos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • valter santos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    BLAIRO MAGGI ESTÁ DEMONSTRANDO COMO SE COMPORTA UM GOVERNO COMPROMETIDO COM O POVO. PODERIA EMPRESTAR E ENDIVIDAR AINDA MAIS MATO GROSSO, JÁ PENSOU SE FOSSE UMA PRERROGATIVA DO GOVERNO DE DANTE? JA TERIAM GASTADO POR CONTA !!!!
    BLAIRO É RESPONSAVEL E CUIDA DO DESTINO DO POVO DE MATO GROSSO COM RESPONSABILIDADE, VENDO O FUTURO E NAO APENAS O PRESENTE.

    QUEM FOR CONTRA A RENEGOCIACAO DAS DIVIDAS CRIADAS PELO PSDB , SÓ PODE ESTAR LOUCO OU BEBADO!!??

    PARABENS , BLAIRO MAGGI !!

  • MARIO HANS | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    PARABENS BLAIRO MAGGI , POR MAIS ESTA SOLUÇÃO CRIATIVA. CADA DIA QUE PASSA TENHO A CERTEZA QUE VOTEI CERTO, MATO GROSSO VIVERÁ SEMPRE DIAS MELHORES COM VOCE NO PODER.

  • CARLITOS MARCIO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    BLAIRO MAGGI ESTÁ DANDO UMA LICÃO DE COMPETENCIA, AQUELES QUE ESTIVERAM NO PODER FORAM INCAPAZES DE PROMOVER O DESENVOLVIMENTO DE MATO GROSSO, AQUELA CAMPANHA "MATO GROSSO HORA DE INVESTIR" FUNCIONOU PRA QUÊ? ME DIGAM SE QUER UMA EMPRESA DE PESO QUE SE INSTALOU EM MT ATRAVES DESTE PROGRAMA???? HORA, HORA , DEIXEM O HOMEM TRABALHAR PORQUE ALEM DE INTELIGENTE , ESTÁ BEM ASSESSORADO. A TURMA DO PASSADO FICOU PERDIDA E OBSOLETA , A UNICA COISA QUE CULTIVAM BEM É O RANCOR E A PERSEGUICÃO NO VELHO E DEPRIMENTE ESTILO DE GOVERNAR.
    PORTANTO BLAIRO MAGGI É O NOVO , O MODERNO, QUE TEM BOAS SOLUÇÕES PARA MATO GROSSO. ESSE EDER MORAES É O BICHO DA GOIABA MANO, O CARA É DEMAIS !!!!!!!

  • Glauco Morales de Oliveira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0


    Saudações,

    O autal governo, mais uma vez, demostra competência tanto nas medidas tomadas como na escolha dos técnicos responsáveis pela execução.

    Parabéns ao governador Blairo pela iniciativa e a Eder Morais pela competência nas negociações.

  • João batista de Oliveira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É impressionante a insensatez a inveja e vaidade dos politicos que fazem oposição ao Governo Blairo. Renegociação da dívida vai proporcionar um desenvolvimento nunca visto no Estado, em infra-estrutura, programas sociais e vai alavancar recursos para revoluconar a saúde e educação que são prioridades do governo. Em matéria de negociação com somas vultosas, o governador provou que tem competência e transparencia.

  • ANTONIO EUGENEIO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Coitado do Auditor Pinheiro, ficou somente ele como o supostamente culpado de tudo q aconteceu com o acerto da Rede Cemat. Pergunto, e o Sec. da Fazenda como fica nisso tudo, pelo jeito para os mais proximos do B.M fica tudo numa boa mesmo errando, pior que ninguem comenta mais nada sobre o assunto. Cade a nossa imprensa livre e democratica. Abre os olhos eleitores.

  • nonato | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Quando criança,minha vó disse_Aos detentores do conhecimento a mesa farta,aos não detentores o resto de mesa.Talvez vc esteja a perguntar aonde quero chegar,mas logo esclareço aos subservientes dos afortunados.Vc sabia que MS já possui mais de 21usina de alcool e MT "NEHUMA",e que nós perdemos mais de 300 milhões de dolares do bid pantanal,...mas o mais importante para min é dizer a vc que acredita nesta gestão que um dos maiores latifundiários do Brasil tem hoje em suas mãos mapa geográfico com todas as potencialidades de um dos maiores Estado da nação,e talvez vc diga mas ele teve coragem ao desbravar o estado(estradeiro)então lhe digo agricultor quer saber de terra e o que nós temos é o que cidadão...MAS voltando ao assunto, vc disse que é a favor da venda da dívida então lhe digo que sou contra por uma simples razão,que a união absolva a dívida em resposta ao não recolhimento de imposto sobre produto de expotação(o principal "SOJA")...vc talvez esteja "na palma da mão" mas eu não!!!!

  • Glauco Morales de Oliveira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0


    NONATO,


    nÃO OUSA SUA VOVÓ...VAI COMER RESTO.

Arsec concede reajuste; prefeito veta

alexandro adriano arsec 400   No último dia 22, a diretoria-executiva colegiada da Agência Municipal de Regulação de Serviços Públicos Delegados de Cuiabá (Arsec), presidida por Alexandro Adriano Lisandro (foto), aprovou índice de reajuste de 2,21% nas tarifas de água e esgoto. E...

Novo ensaio do privilegiado Neurilan

neurilan fraga 400   Neurilan Fraga (foto) transformou mesmo a AMM não apenas num cabide de emprego, mas numa entidade para, em alguns casos, atender a seus interesses pessoais. Ali, investido no cargo de presidente, inclusive já pelo quarto mandato, mesmo não sendo mais prefeito, ele se articula politicamente o tempo todo....

Dobradinha no Podemos pela reeleição

claudinei 400 curtinha   Eleito deputado na onda Bolsonaro, o delegado de Polícia Claudinei de Souza Lopes (foto) resolveu deixar o PSL e vai se abrigar no Podemos. Sonha com a reeleição. Sua estratégia é trabalhar o que se chama de dobradinha eleitoral com o deputado federal José Medeiros, especialmente em...

Valtenir atrai lideranças para o MDB

valtenir pereira 400   Mesmo sem mandato eletivo, o ex-vereador pela Capital e ex-deputado federal Valtenir Pereira (foto) continua se articulando nos bastidores, agora pelo fortalecimento do seu partido, o MDB. Ele está convencendo algumas lideranças a se filiar na legenda emedebista. Dois líderes são prefeitos...

Chefe do Escritório de ROO em Cuiabá

mario marques 400 curtinha   O prefeito de Rondonópolis, Zé do Pátio, que iniciou neste mês o 3º mandato, mantém como parte da estrutura da administração um cargo de chefe do Escritório de Representação do município na Capital. E Pátio nomeou para esta...

Prefeito cria comitê pra debater modal

emanuel pinheiro 400 curtinha   Mesmo o governador Mauro Mendes já tendo anunciado que vai implantar o BRT na Região Metropolitana, em detrimento do VLT, o prefeito cuiabano Emanuel Pinheiro (foto) criou um comitê de análise técnica para, segundo ele, definir o modal de transporte para a região. Emanuel...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT optou pela implantação do BRT em Cuiabá-VG em detrimento do VLT. O que você acha disso?

Estou de acordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.