Últimas

Segunda-Feira, 28 de Setembro de 2009, 19h:31 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:24

ORÇAMENTO

Governo corta mais de 20% do orçamento da Sedtur

   Apesar da perspectiva de incremento das atividades turísticas no Estado com os jogos da Copa de 2014 em Cuiabá, o governo reduziu em 20,7% o orçamento da secretaria de Desenvolvimento do Turismo (Sedtur). Neste ano, a pasta comandada por Yuri Jorge Bastos (PP), que deverá ser substituído por Vanice Marques, irmã do deputado Airton Português, contou com R$ 9,5 milhões, enquanto o orçamento previsto para 2010 é de R$ 7,6 milhões. 

   Sob a alegação de ser um ano eleitoral, em que o governo é proibido de fazer campanhas publicitárias nos meses que antecedem o pleito, o orçamento da secretaria estadual de Comunicação, sob o militar Eumar Novacki, que também acumula o cargo de secretário-chefe da Casa Civil, sofrerá redução de 8,56%. Em 2009, a pasta contou com R$ 31 milhões e, no próximo ano, esse montante será de R$ 28 milhões.

   O governo também decidiu cortar recursos da secretaria de Planejamento, comandada por Yênes Magalhães. A redução foi de 3,35%, já que a previsão orçamentária passou de R$ 73 para R$ 74 milhões.

   A Casa Militar, por outro lado, comandada por Alexandre Maia, terá o orçamento “inchado” devido à realocação de recursos e profissionais que antes ficavam à disposição do Comando Geral da PM. De R$ 4,5 milhões em 2009, Maia terá a responsabilidade de administrar R$ 7,7 milhões no próximo ano, um aumento superior a 72%. Para se ter uma idéia, o incremento no volume de recursos previsto para a Casa Civil é de apenas 16,53% - de R$ 24 para R$ 27 milhões. O gabinete do vice-governador Silval Barbosa (PMDB) contará com R$ 843 mil em 2010, enquanto o orçamento deste ano foi de R$ 697 mil.

   A secretaria de Administração, comandada por Geraldo de Vitto, terá incremento de 15,78% na receita prevista. São R$ 834 milhões em 2010, enquanto este ano foram destinados R$ 720 milhões à pasta. Neldo Egon, responsável pela secretaria de Desenvolvimento Rural, conseguiu orçamento de R$ 132 milhões, sendo que este ano ele contou com recursos de R$ 125 milhões, um crescimento de 5,26%. A Seel, sob Baiano Filho, abocanhou 23% a mais – dos atuais R$ 10 milhões, a secretaria passará a contar com R$ 13 milhões.

   Outro que está rindo à toa é Éder Moraes, responsável pela secretaria de Fazenda. Com o aumento da arrecadação, automaticamente a Sefaz passa a contar com mais recursos. Com orçamento de R$ 279 milhões este ano, Éder terá R$ 390 milhões em 2010, o que corresponde a um crescimento de 39,71%. A primeira-dama, Terezinha Maggi, que comanda a secretaria de Trabalho, Emprego e Cidadania, terá orçamento 26,41% superior. De R$ 40 milhões neste ano, o volume de recursos passou para R$ 51 milhões.

   As secretarias que contam com repasses obrigatórios, Educação e Saúde, terão incremento de 7,05% e 6,29%, respectivamente. A primeira pasta, comandada pelo secretário Saguás Moraes (PT), recebeu R$ 978 milhões este ano, enquanto o volume previsto para 2010 é superior a R$ 1 bilhão. Já Augustinho Moro, secretário de Saúde, terá R$ 750 milhões à disposição no próximo ano, sendo que em 2009 os recursos somaram R$ 706 milhões. (Andréa Haddad)


*Valores aproximados

Postar um novo comentário

Comentários (10)

  • Elaine | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Agora tá explicado, por que gasta tanto com a SECOM. Mostra que gastou bastante com a segurança. Mas, todo mundo tá vendo a falta de Viaturas e Homens.

    Não tem viaturas para o Bombeiro, nem pra apagar um simples incendio. é uma vergonha onde 70% dos municípios Mt só tem 02 PMs de serviço por dia.

    Depois não querem ser assaltados os nossos BANCOS, colocando em risco toda CIDADE.

  • AUGUSTO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    resposta a samuel lemos,vc nao esta vendo meu caro,que o orçamento de comunicação diminiu,vc esta aprendendo a mentir com wilsinhooo picareta,deve ser da mesma turma.

    Enquanto o governo diminiu seu orçamento com com a comunicação, a prefeitura de cuiaba aumenta,colocando propagandas mentirosas na televisao a toda,como se estivessem fazendo obras da copa,vai mentir la longe em Wilson $antos,pasamem uma prefeitura que nao sabe construir nem uma rotatoria,nao sabe tocar as obras do pac,ainda tem a cara que deus lhe deu,para vir lograr ainda mais a população,tem que ter muita peroba para lustrar esses cara de pau.


    Curiosamente o grupo gazeta orgao de comunicação diga-se ninho tucano vai inaugurar um dos melhores parques graficos do centro oeste,como é curioso os milgares.

    pois nao é??

  • Milton Ribeiro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Romilson, paraqbens pela demonstração do gráfico.Vejam bem o quanto é sério essa questão orçamentária, mas poucos opinam.
    Veja bem, a Educação sofreu uma alteração de (+) 7.0%, saúde (+) 6.77%, enquanto que a Casa Civil a dotação orçamentária subiu (+) 16.53, e o Gabinete do Vice-Governador foi para (+) 20.91%, ou sejam em valores a Casa Civil detem R$.27.000.000 (vinte e sete milhões) e a Secretária de Comunicação terá R$. 28.000.000-(vinte e oito milhões), os senhores Deputados que detem o Poder e a obrigação constitucional de aprovar e fiscalizar a aplicabilidades dos recursos orçamentários, deveriam ter recusado tmanha discrepancia. Porque na Casa Civil e Comunicação Social? - simples....Ano Eleitoral! e é por alí que se inicia as sangrias, ou seja, despesas de propagandas, pagamentos de meio de comunicação, viagens de campnhas, etc...
    Onde anda o tão glorioso PT, Sintep, etc...? tenho saudades daqueles opositores ferrenhos, intransigentes, que até acampavam na Assembléia!
    Há,... havia me esquecido!estão nos braços do Governo Blairo Maggi.

  • Jacyara | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Quando éra o GURI de sua excelencia o Turismo tinha maior verba, agora que volta com as negociações de Riva e Pedro Henry, sua excelencia resolve diminuir a verba orçamentaria.
    Nestes pequenos gestos é que percebo a mesquinhes de sua excelencia, coisa feia.

  • leda | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Augusto você tem enveja do Wilson,graças a Deus esses Butinudos estão deixando o Governo de mato grosso,vão cantar em outro galho (no PARANÀ),você pensa que o caos da Segurança,Educação e Saúde,é culpa desse Governo que não tem comprometimento c/ o povo,fecha Hospitais p/beneficiar seus amigos e criaram Hambulancias c/3 lugares enchendo a mesma e jogando nas casas de apoio,depois vão todos p/hospital Pronto Socorro e as Policlínicas,a população estão reféns dos bandidos,se olha no espelho cara cria vergonha >>>>>>>>>

  • mauricio | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    por enquento só conversa fiada na area da segurança publica, cade aquelas maquina que descobre se o carro esta devendo imposto, cade os materiais para o corpo de bombeiro mergulharem? cade as cameras no centro de cuiaba? cade o hospital do estado?

  • Ruth | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Depois destas, preciso contratar um excelente encanador...: talvez consiga entender como é que funciona essa coisa de dinheiro pelo ralo.....

  • AUGUSTO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    leda

    olha senhora,se é que é neh,vai saber o puxa saco do galinho usa varios disfarçes

    olha leda,o dia que eu tiver inveja de ladrao,sera o dia que minha auto estima chegou a 0%,mas fique tranquila estou 100% e nao sou cego nem mudo,para ver que nessa prefeitura de cuiabá,só tem pessoas incompetentes,uma verdadeira vergonha

  • Fernades Arcanjo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Esse Maia e Novacki são safos mesmos.

    Todos dão risadas da PM e SEJUSP, os 2 mandam e desmandam. Risos dos coronéis, os mais fracos de todos os tempos.........

    Muitos falam e o OLiveira kkkkkkkkk
    C. Filho kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  • Samuel Lemos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Pq o orçamento da Sedtur dominuiu e o da comunicação e do vice-governador aumentaram??

Taisir coordena campanha de Eliene

taisir karim 400 curtinha   O ex-reitor da Unemat e uma das lideranças do PSD na região Oeste, Taisir Karim (foto), que chegou a se lançar de última hora como pré-candidato a prefeito de Cáceres, mas logo em seguida recuou, será o coordenador-geral da campanha de Eliene Liberato (PSB), atual...

Inaugurados 67 km de asfalto da 020

mauro mendes 400 curtinha   O governador Mauro Mendes (foto) inaugurou nesta 5ª a pavimentação de 67,5 km da MT-020, entre Paranatinga e Canarana. Essa estrada faz parte do pacote de obras que foi retomado e já concluído nesta gestão. Foram investidos R$ 45 milhões do governo estadual. O...

Saggin critica "ditadura" e apoia Raye

paulo raye 400 curtinha   O empresário e advogado Sandro Saggin, que desistiu da candidatura a prefeito de Barra do Garças e agora apoia Paulo Raye (foto), do Pros, explica que em nenhum momento os diretórios estadual e nacional do Podemos, de cujo partido é filiado, encaminharam qualquer orientação aos...

Pode abandona Raye e pune Saggin

sandro saggin curtinha 400   Sandro Saggin (foto) amargou outra derrota em Barra do Garças. Inicialmente, seria candidato a prefeito pelo Podemos. Mas resolveu, por conta própria, levar o partido para uma coligação com partidos de esquerda que lançaram o ex-prefeito Paulo Raye, apoiado pelo PC do B, PT e Pros. A...

Ex-vereador recua para apoiar primo

divino 400 barra do bugres   Ex-vereador, ex-presidente da Câmara e empresário bem sucedido, Chico Guarnieri (PTB) não será candidato a prefeito de Barra do Bugres nas eleições deste ano. Guarnieri, que disputou a prefeitura em 2016, até ensaiou, mas recuou ao ver que o primo, pedetista Doutor Divino...

3 ex-prefeitos viram cabos eleitorais

percival muniz 400 curtinha   Dois candidatos de oposição em Rondonópolis têm ex-prefeitos como principais cabos eleitorais. O empresário Luiz Fernando, o Luizão (Republicanos), conta com apoio de Adilton Sachetti, que já comandou o município e perdeu na tentativa de reeleição, e...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.