Últimas

Terça-Feira, 20 de Fevereiro de 2007, 05h:55 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

EXECUTIVO

Governo escala técnicos para revisão territorial

Municípios que perderem território serão compensados com IPM    

   Determinado a acelerar o processo de nova divisão territorial dos municípios mato-grossenses, o governador Blairo Maggi, em reunião com o deputado Percival Muniz, presidente da comissão de Revisão Territorial, já indicou três técnicos da secretaria de Planejamento para auxiliar nos estudos. Uma reunião está marcada para a próxima semana, quando Maggi fará espécie de um esboço de trabalho junto com Muniz, os demais membros da comissão, deputados José Domingos (PFL), Adalto de Freitas, o Daltinho (PMDB), José Riva (PP) e Admir Brunetto (PT) e com os técnicos da Seplan. "Já será uma audiência de trabalho", destaca Muniz, que começou a enviar ofício aos prefeitos e vereadores para colher assinaturas, sugestões e envolvê-los nas discussões.

    Muniz disse que a meta é promover as mudanças até dezembro, já que 2008 é um ano eleitoral e isso tumultaria o debate. A comissão tem um grande desafio: adequar receita e distância dos municípios, sem prejudicá-los, principalmente quanto à arrecadação.  Uma das alternativas já antecipada pelo governador seria de estabelecer uma compensação àqueles que perderão território com alteração do Índice de Participação dos Municípios (IPM).

   O Estado tem hoje 141 municípios numa extensão de 906.806,9 km2. Muitos foram emancipados há décadas quando a economia local tinha uma característica e que hoje foge completamente da realidade. Além disso, nasceram novos municípios com tendências antigas. Isso vem trazendo transtornos à população.

    O vilarejo de Sangradouro, por exemplo, pertence a Poxoréo. Para se chegar ao município-mãe, a pessoa precisa passar, primeiro, por Primavera do Leste.  "Com a revisão territorial, vamos tentar deixar o cidadão mais próximo da sede do seu município", destaca Muniz. A extensa região de Barão de Melgaço é outro exemplo de transtorno e obstáculos enfrentados por sua comunidade na hora do deslocamento à sede do próprio município. Quem mora próximo ao rio São Lourenço, tem como principal via terrestre para chegar a Barão a passagem pelo território de Rondonópolis, de Jaciara, de Juscimeira e de Cuiabá. "Assim, a população fica sem pai e sem mãe. O poder público responsável por aquela região não chega la, traz transtorno no transporte escolar e quem acaba assumindo responsabilidade é o município mais próximo". São essas distorções que a Comissão de Revisão Territorial da Assembléia e o governo se propõem a corrigi-las.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

DEM agora sem amarras dos Campos

frankes siqueira curtinha 400   Sem o controle absoluto dos Campos, como nas últimas duas décadas, desde quando era PFL, o DEM, que não elege vereador em Cuiabá desde 2004, vive melhores expectativas, agora sob comando da ala ligada ao governador Mauro. É presidido pelo secretário de Estado de Governo,...

O pulo de Elias do PSDB para o DEM

elias santos 400 curtinha   Elias Santos (foto), irmão do deputado Wilson, agiu como estrategista na construção de sua pré-candidatura a vereador por Cuiabá. Concluiu que teria mais dificuldades de obter êxito nas urnas no PSDB porque os dois vereadores tucanos que vão à...

DEM e voz na Câmara após 16 anos

marcelo bussiki 400 curtinha   O DEM (antigo PFL) passa a ter voz na Câmara da Capital 16 anos depois. Aproveitando a janela de março em que a Justiça Eleitoral permite mudança de legenda sem risco de perda do mandato, dois vereadores migraram para o Democratas, sendo eles Marcelo Bussiki (foto) e Gilberto Figueiredo, que...

MDB agora com 2 na Câmara-Cuiabá

juca do guaran� curtinha 400   O MDB do prefeito Emanuel Pinheiro, que não elegeu vereador em 2016 em Cuiabá, agora ganha duas vozes na Câmara. Tratam-se de Juca do Guaraná (foto), militante histórico do nanico Avante que resolveu migrar para a legenda emedebista, e do recém-empossado...

PT segue sem voz na Câmara-Cuiabá

bob pt 400 curtinha   O PT, presidido em Cuiabá por  Elisvaldo Almeida, o Bob (foto), está mesmo "queimado" e sem prestígio. Em meio ao troca-troca de partido entre os vereadores cuiabanos, aproveitando a janela de março, cujo prazo para mudanças para quem deseja se candidatar em outubro encerrou-se neste...

Deputado, única causa e os interesses

xuxu 400 curtinha   Xuxu Dal Molin (foto), deputado pouco atuante e limitado a defender a bandeira do agronegócio, é mais um daqueles que demonstram, na prática, usar a política para beneficiar os seus. De familiares de agricultores, Xuxu bateu duro, se posicionando contra a proposta encaminhada pelo governador Mauro...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.