Últimas

Terça-Feira, 20 de Fevereiro de 2007, 05h:55 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

EXECUTIVO

Governo escala técnicos para revisão territorial

Municípios que perderem território serão compensados com IPM    

   Determinado a acelerar o processo de nova divisão territorial dos municípios mato-grossenses, o governador Blairo Maggi, em reunião com o deputado Percival Muniz, presidente da comissão de Revisão Territorial, já indicou três técnicos da secretaria de Planejamento para auxiliar nos estudos. Uma reunião está marcada para a próxima semana, quando Maggi fará espécie de um esboço de trabalho junto com Muniz, os demais membros da comissão, deputados José Domingos (PFL), Adalto de Freitas, o Daltinho (PMDB), José Riva (PP) e Admir Brunetto (PT) e com os técnicos da Seplan. "Já será uma audiência de trabalho", destaca Muniz, que começou a enviar ofício aos prefeitos e vereadores para colher assinaturas, sugestões e envolvê-los nas discussões.

    Muniz disse que a meta é promover as mudanças até dezembro, já que 2008 é um ano eleitoral e isso tumultaria o debate. A comissão tem um grande desafio: adequar receita e distância dos municípios, sem prejudicá-los, principalmente quanto à arrecadação.  Uma das alternativas já antecipada pelo governador seria de estabelecer uma compensação àqueles que perderão território com alteração do Índice de Participação dos Municípios (IPM).

   O Estado tem hoje 141 municípios numa extensão de 906.806,9 km2. Muitos foram emancipados há décadas quando a economia local tinha uma característica e que hoje foge completamente da realidade. Além disso, nasceram novos municípios com tendências antigas. Isso vem trazendo transtornos à população.

    O vilarejo de Sangradouro, por exemplo, pertence a Poxoréo. Para se chegar ao município-mãe, a pessoa precisa passar, primeiro, por Primavera do Leste.  "Com a revisão territorial, vamos tentar deixar o cidadão mais próximo da sede do seu município", destaca Muniz. A extensa região de Barão de Melgaço é outro exemplo de transtorno e obstáculos enfrentados por sua comunidade na hora do deslocamento à sede do próprio município. Quem mora próximo ao rio São Lourenço, tem como principal via terrestre para chegar a Barão a passagem pelo território de Rondonópolis, de Jaciara, de Juscimeira e de Cuiabá. "Assim, a população fica sem pai e sem mãe. O poder público responsável por aquela região não chega la, traz transtorno no transporte escolar e quem acaba assumindo responsabilidade é o município mais próximo". São essas distorções que a Comissão de Revisão Territorial da Assembléia e o governo se propõem a corrigi-las.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Prefeito coloca secretarias em alerta

emanuel pinheiro 400 curtinha   O prefeito Emanuel Pinheiro (foto) colocou em estado de alerta a Defesa Civil e as secretarias municipais de Obras e Serviços Urbanos por causa da chuva torrencial que caiu neste sábado em Cuiabá. Em vários locais, inclusive na região central, como em frente à praça...

Jovem prefeito à reeleição e os Maia

gustavo melo 400 curtinha   Em Alto Araguaia, Gustavo de Melo (foto), o mais jovem dos 141 prefeitos mato-grossenses - completa 36 anos no próximo 26 de junho -, está disposto a buscar a reeleição pelo PSB. Mas carrega forte desgaste. O que traz certo conforto para Gustavo é o fato de Maia Neto, que comandou o...

Suposta delação tira sono de Alencar

alencar soares 400 curtinha   A notícia de que o STJ já teria homolagada delação de Sérgio Ricardo caiu como uma bomba. Mesmo depois do ex-deputado e hoje conselheiro afastado do TCE vir a público desmenti-la, assegurando não ter motivos para fazer tal colaboração premiada, os efeitos...

SD também deseja Taques ao Senado

pedro taques 400 curtinha   Empolgado com resultado de uma pesquisa interna, na qual estaria bem pontuado, aparecendo entre os preferidos ao Senado, mesmo após deixar o cargo de governador bastante desgastado, Pedro Taques (foto) passou a flertar não só com o Cidadania, conduzido no Estado pelo seu ex-secretário Marco...

Presidente do TJ-MT assume Codepre

carlos alberto tj 400 curtinha   O presidente do TJ-MT Carlos Alberto (foto) foi eleito presidente do Colégio de Presidentes dos Tribunais de Justiça (Codepre) do país. O cargo alça o membro de MT à liderança de discussões nacionais importantes. Dentre as atribuições do colégio...

Brecha pra futuro cassado ir à Justiça

kero kero curtinha 400   Wilson Kero-Kero (foto), ex-SD (socialista) que foi para ex-PSL (direita), anunciou ida para Podemos, mas permanecerá no partido direitista, é o relator do processo de cassação do colega Abílio Júnior, na CCJ da Câmara de Cuiabá. Na Comissão de Ética o...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Bolsonaro...

excelente

bom

razoável

ruim

péssimo

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.