Últimas

Terça-Feira, 20 de Fevereiro de 2007, 05h:55 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

EXECUTIVO

Governo escala técnicos para revisão territorial

Municípios que perderem território serão compensados com IPM    

   Determinado a acelerar o processo de nova divisão territorial dos municípios mato-grossenses, o governador Blairo Maggi, em reunião com o deputado Percival Muniz, presidente da comissão de Revisão Territorial, já indicou três técnicos da secretaria de Planejamento para auxiliar nos estudos. Uma reunião está marcada para a próxima semana, quando Maggi fará espécie de um esboço de trabalho junto com Muniz, os demais membros da comissão, deputados José Domingos (PFL), Adalto de Freitas, o Daltinho (PMDB), José Riva (PP) e Admir Brunetto (PT) e com os técnicos da Seplan. "Já será uma audiência de trabalho", destaca Muniz, que começou a enviar ofício aos prefeitos e vereadores para colher assinaturas, sugestões e envolvê-los nas discussões.

    Muniz disse que a meta é promover as mudanças até dezembro, já que 2008 é um ano eleitoral e isso tumultaria o debate. A comissão tem um grande desafio: adequar receita e distância dos municípios, sem prejudicá-los, principalmente quanto à arrecadação.  Uma das alternativas já antecipada pelo governador seria de estabelecer uma compensação àqueles que perderão território com alteração do Índice de Participação dos Municípios (IPM).

   O Estado tem hoje 141 municípios numa extensão de 906.806,9 km2. Muitos foram emancipados há décadas quando a economia local tinha uma característica e que hoje foge completamente da realidade. Além disso, nasceram novos municípios com tendências antigas. Isso vem trazendo transtornos à população.

    O vilarejo de Sangradouro, por exemplo, pertence a Poxoréo. Para se chegar ao município-mãe, a pessoa precisa passar, primeiro, por Primavera do Leste.  "Com a revisão territorial, vamos tentar deixar o cidadão mais próximo da sede do seu município", destaca Muniz. A extensa região de Barão de Melgaço é outro exemplo de transtorno e obstáculos enfrentados por sua comunidade na hora do deslocamento à sede do próprio município. Quem mora próximo ao rio São Lourenço, tem como principal via terrestre para chegar a Barão a passagem pelo território de Rondonópolis, de Jaciara, de Juscimeira e de Cuiabá. "Assim, a população fica sem pai e sem mãe. O poder público responsável por aquela região não chega la, traz transtorno no transporte escolar e quem acaba assumindo responsabilidade é o município mais próximo". São essas distorções que a Comissão de Revisão Territorial da Assembléia e o governo se propõem a corrigi-las.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Chefe do Escritório de ROO em Cuiabá

mario marques 400 curtinha   O prefeito de Rondonópolis, Zé do Pátio, que iniciou neste mês o 3º mandato, mantém como parte da estrutura da administração um cargo de chefe do Escritório de Representação do município na Capital. E Pátio nomeou para esta...

Prefeito cria comitê pra debater modal

emanuel pinheiro 400 curtinha   Mesmo o governador Mauro Mendes já tendo anunciado que vai implantar o BRT na Região Metropolitana, em detrimento do VLT, o prefeito cuiabano Emanuel Pinheiro (foto) criou um comitê de análise técnica para, segundo ele, definir o modal de transporte para a região. Emanuel...

Desembargadores recebem 6 auxílios

maria helena povoas 400   O Tribunal de Justiça de MT, presidido pela desembargadora Maria Helena Póvoas (foto), vai pagar uma série de direitos e vantagens que "engordam" substancialmente o subsídio de seus magistrados e que foram programados pelo ex-presidente Carlos Alberto para liberá-los no orçamento...

Hospital cobra R$ 2,4 mi da prefeitura

luiz carlos pereira 400 tce   O Instituto de Saúde Santa Rosa recorreu ao TCE, na esperança de encontrar respaldo para receber R$ 2,4 milhões da secretaria de Saúde da Capital. Argumenta que a prefeitura, com quem mantém contrato desde 2019, está inadimplente, pois não teria pago integralmente os...

Definido novo presidente do Sanear

hermes avila 400   O prefeito Zé do Pátio nomeou à presidência do Serviço de Saneamento Ambiental de Rondonópolis (Sanear) o engenheiro Hermes Ávila de Castro (foto), que tende a se efetivar no cargo. Hermes ocupa a cadeira que, desde janeiro de 2017, pertencia à Terezinha Silva de Souza,...

Afilhado de Bezerra nomeado adjunto

clovis cardoso 400   O MDB, sob o cacique político Carlos Bezerra, "emplacou" mais um filiado histórico em cargo relevante na gestão Mauro Mendes. O advogado e ex-superintendente regional do Incra-MT, Clovis Figueiredo Cardoso (foto), foi indicado e já nomeado para o cargo de secretário-adjunto de Agricultura...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT optou pela implantação do BRT em Cuiabá-VG em detrimento do VLT. O que você acha disso?

Estou de acordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.