Últimas

Segunda-Feira, 09 de Fevereiro de 2009, 15h:56 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:22

CÁCERES

Governo Henry deixa mais de R$ 7 mi de dívidas

Túlio Fontes, prefeito de Cáceres  Com menos de dois meses no novo mandato, o prefeito de Cáceres (a 210 km a Oeste da Capital), Túlio Fontes (DEM), se vê "engessado" por causa do acúmulo de dívidas "herdadas" do antecessor Ricardo Henry (PP), que foi reeleito em outubro do ano passado, mas, por causa do seu registro cassado em dois processos devido a crimes eleitorais, não pôde continuar à frente da prefeitura. Túlio, segundo colocado nas urnas, tomou posse como prefeito. Ele já tinha exercido o mesmo cargo de 2000 a 2004.

   Um relatório de restos a pagar elaborado pela secretaria municipal de Finanças aponta que as dívidas do Município chegam a R$ 7,4 milhões. De acordo com a secretária Marlene Graças, no montante não estão  contabilizados os R$ 2,6 milhões referentes a débitos da prefeitura junto à Rede/Cemat. Ela detectou ainda que os empenhos sobre dívidas dos exercícios de 2005 e 2008, por coincidência no primeiro e no último ano, respectivamente, da administração Henry, foram anulados. Criou-se até a Lei 2.157, em 7 de novembro do ano passado, tudo para assegurar pagamento apenas do parcelamento dos débitos.

  O mais intrigante ainda é que o prefeito Túlio descobriu que não existem registros de contrato sobre parcelamento de débitos para com a concessionária de energia elétrica e, para piorar, os empenhos que ficariam como restos a pagar foram integralmente anulados.

  "Eu determinei algumas sindicâncias e comuniquei sobre os dados preliminares ao Tribunal de Contas, não no sentido de perseguir ninguém, mas para a nossa administração ficar resguardada", diz o prefeito democrata, em entrevista nesta segunda. Túlio pediu que o TCE instaure auditoria contábil e também patrimonial.

  Ele disse que está preocupado porque bens públicos não estão sendo encontrados ou se encontram sucateados. Cita exemplo na área da saúde. Túlio garante que deixou o mandato, em dezembro de 2004, com sete ambulâncias, que tinham sido conquistadas junto ao então governo Dante de Oliveira. Segundo o democrata, agora, quatro anos depois, somente duas foram localizadas, assim mesmo todas caindo aos pedaçõs.

   O prefeito cacerense diz ainda que o antecessor Ricardo Henry só pagou da folha de dezembro os servidores da Educação. A nova gestão gastou R$ 1,1 milhão para quitar o vencimento do último mês do governo anterior. Revela que "herdou" também R$ 433 mil referentes a 10 meses de inadimplência do consórcio intermunicipal de saúde. O prefeito destaca que já conseguiu quitar cerca de R$ 400 mil para o sindicato que congrega os servidores municipais.

   A Prefeitura de Cáceres é de 1929, portanto, vai completar 80 anos. A chamada dívida fundada soma R$ 20 milhões. Já os quatro anos do governo Ricardo Henry comprometeram tanto as finanças que fizeram mais de R$ 10 milhões, ou seja, metade de toda a dívida acumulada de quase um século de existência da administração pública do município pólo do Oeste mato-grossense. 

Clique na imagem para melhor visualização
Relatório da secretaria de Finanças revela dívidas milionárias

Postar um novo comentário

Comentários (26)

  • amaro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    cade o tribunal do faz de contas?

  • TEREZA DE SOUZA GOMES | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    veja bem povo cacarense,aos pouco voces vão conhecendo aS cobras que administrava CÁCERES,veja os rombos que estão aparecendo e irão aparecer muito mais. Os PUXAS.........S, estão mais perdidos que cachorro que cai de mudança.Pobre CÁCERES E CACERENSES,SE ESSES ADMINISTRADORES CONTINUASEM NO PODER,O QUE NÃO SERIA. DEUS OLHOU POR CÁCERES,TERRA DE SÃO LUIZ EM COLOCAR TÚLIO E KISHY PARA ADMINISTRA-LA.

  • dede | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    caros amigos procurem o es prefeito para justificar o injustificavel devido as lambanças feitas pelos puxa sacos do mesmo que ficam babando ovos.

  • Sandra Mara Gattas | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    ORLANDIR, seus comentários são absolutamente tendenciosos, suas abordagens a cerca de qualquer assunto politico, são sempre precedidos de uma magoa clara e evidente. vc tem uma inveja concreta de alguma coisa, ou quer usar esses comentários como trampolim pra alguma barganha futura.
    Eu sim, não preciso de politica pra viver, nunca ocupei cargo publico e nem quero ocupar, meus rendimentos são suficientes pra que eu viva bem e longe dessa passilga da qual vc faz parte e se alimenta.
    Se lambuze nessse leite amargo dessa grande vaca profana que vc tanto gosta e tanto defende.

  • Deucimar Euclides Cunha Machado | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0



    Romilson,

    Sou cacerense e todo prefeito que entra, vem com essa conversa de dividas e mais dividas, isso é um acumulo de séculos.
    Agora resta saber se este administrador vai conseguir fazer alguma coisa, ou sempre vai ficar se apegando a essa estorinha.
    Porque sou cacerense , e o povo não merece um mau administrador, ainda mais um administrador Tapetão, este tem que mostrar que é capaz de alguma coisa porque ganhou o cargo de mão beijada.
    Lá na cidade o povo não fala em outra coisa, a não ser que o Prefeito que era antes cuiabano agora virou Brasilense, porque só vive em brasilia, tentando segurar seu cargo.
    e o dinheiro do povo pagando...

  • Celso | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A Marlene até que é boa gente, mas assina o que mandam ela assinar, na verdade esqueceu-se de vistoriar as contas fechdas no fim do ano

  • PIROTA | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    TODO MUNDO AQUI JA SABIA DISSO, SO NÃO SABIA DO MONTANTE
    O EX- ALCAIDE VIVIA SO DE FESTAS.
    BLAIRO CUIDADO TAMBEM COM O HOSPITAL REGIONAL
    ESTA INDO PELO MESMO CAMINHO , O DESMANDO É TOTAL...

  • Francisco Antônio Hurtado | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Xiii, o prefeito tapetão continua com seu chororô????
    Peraí, a menos de um mês ele disse que a dívida era de aproximadamente 30 milhões, em menos de 15 dias caiu pra 7 milhões???
    Onde está a verdade???
    Ora ora Sr prefeito, o que o povo espera de vc é que tenha o minimo de respeito e comeca a trabalhar e não fique por aí com beicinho choromingando pelos cantos.

  • Silvia Midori | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Tulio, para de mentiras e comece trabalhar.
    O Dep Pedro Henry conseguiu 260 mil pro carnaval, esperamos que esse dinheiro vá mesmo pro carnaval, entendeu mocinho???

  • João do Junco | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Tem exatamente 10 dias que o semáforo da av. 7 de setembro ta estragado, hoje mesmo na hora da chuva teve um acidente lá entre um carro e uma moto, vejam bem; se eles não conseguem arrumar um semáforo estragado, vão conseguir administrar uma cidade inteira???
    Pense nisso, povo cacerense.

Trentini perde de novo para Pitucha

roland trentini 400 curtinha   Na queda-de-braço nos bastidores, o ex-prefeito por três mandatos de Alto Garças, Roland Trentini (foto), perdeu de novo para o rival político histórico, o também ex-prefeito Júnior Pitucha. Ambos, que já protagonizaram disputas acirradas, tensas e...

2 maiores líderes sob crise partidária

mauro mendes 400 curtinha   Os dois maiores chefes de Executivos em MT hoje enfrentam problemas partidários internamente. O governador Mauro Mendes (foto), mesmo sendo a principal estrela do DEM no Estado, não está confortável dentro do partido por causa de conflitos com os irmãos Júlio e Jayme Campos....

MM e deputados derrotados do MDB

carlos bezerra 400 curtinha   Por coincidência, deputados do MDB que tiveram seus candidatos derrotados nas urnas estão de afagos com o governador Mauro. E até convidaram-no para deixar o DEM e migrar para o MDB, numa articulação do cacicão do partido, o federal Carlos Bezerra (foto), que puxou a corda da...

Os Maia fincam força no Legislativo

silvio maia 400   O ex-prefeito por quatro vezes de Alto Araguaia, Maia Neto, perdeu nas urnas na majoritária, mas ganhou na proporcional. De um lado, a irmã Martha Maia, seu braço-direito durante todos os mandatos, foi derrotada à prefeita por Gustavo Melo, que se reelegeu. Por outro, Maia Neto viu dois dos seus...

Reeleito, Gustavo derruba o clã Maia

gustavo melo 400   O jovem prefeito de Alto Araguaia, Gustavo de Melo (foto), de 36 anos, manteve mesmo o "apertado" favoritismo, conforme mostrou na reta final a pesquisa do instituto Analisando, e derrotou o clã Maia. Venceu por 962 votos de diferença. Filiado ao PSB, Gustavo chegou a 4.805, enquanto Martha Maia (PP) registrou 3.840...

Nivelando para cima o debate em VG

emanuelzinho 400   Em discurso na Câmara Federal, Emanuelzinho (foto), 3º colocado a prefeito de Várzea Grande, disse ter ajudado a nivelar, por cima, o debate eleitoral, com grandeza e altivez e se mostra entusiasmado. Destaca que "política se faz com seriedade, transparência e com o coração sintonizado...