Últimas

Segunda-Feira, 11 de Junho de 2007, 08h:59 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

EXECUTIVO

Governo Maggi ignora promessas de campanha

   Blairo Maggi (PR) é um dos poucos gestores que, mesmo não tendo cumprido várias promessas em palanque desde a campanha para o primeiro mandato, em 2002, mantém a popularidade em alta e leva vantagem em alguns setores quando comparado a gestões anteriores. Um das razões deve ser o fato de não enfrentar oposição, que entrou em processo fraticidade após duas derrotas seguidas, todas com o ex-senador Antero de Barros (PSDB) e de cooptar o então barulhento PT.

    Isentar de ICMS todos os produtos que compõem a cesta básica foi uma das promessas bastante difundidas pelo "rei da soja". Só contemplou, porém, quatro itens. Garantiu também que, se eleito governador, reduziria a alíquota de ICMS sobre energia elétrica e telefonia. Hoje, com cinco anos no cargo, Maggi nem toca mais no assunto, após refazer as contas.

    Também havia se comprometido a repassar 50% dos recursos do Fundo Estado de Transporte e Habitação (Fethab) para os municípios. De novo, recuou. A reforma administrativa chegou a avançar, mas na teoria. Um estudo foi concluído, prevendo extinção de algumas pastas e fusões de outras, além do fim de alguns órgãos da máquina estatal. Nada saiu do papel. A tal reforma sistêmica, minireforma para enxugar a máquina, enfrenta embate jurídico.

     Por outro lado, o governo Maggi avançou em projetos estruturantes. Conseguiu cumprir além da promessa de viabilizar a construção de 20 mil casas populares. Consolidou pavimentação asfáltica, também além dos 3 mil km prometidos, com ajuda dos consórcios rodoviários. Parece ter sido o bastante para conseguir aval junto à maioria da população.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • João Batista | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Até hoje não vi nem presidente de sindicato de classe em segundo mandato trabalhar da mesma forma. Por isso reeleição para mim é fria.

  • Aladir Leite Albuquerque | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O Governo pode até está com sua popularidade em alta, mas se tratando de servidores publicos não é bem assim,praticamente em todas as secretarias à exesso de cargos comicionados.
    Na SETECS por ex. o Governo gasta acima R$ 333.000,00 mês somente com os famosos D.A.S isto por ano reprenta mais de (três milhões, e setescentos Mil Reais) tenho este levantamento em mãos.
    Meu nome é Aladir Leite Albuquerque, sou Diretor do (SINDES) Sindicato dos Profissionais do Desenvolvimento Economico Social, e tenho 30 anos de serviços prestados ao meu querido Estado de Mato Grosso.

  • Aristóteles Potter | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Realmente o Governador está devendo em relação ao realinhamento salarial de várias categorias profissionais. Agora, quanto oo critério de não cumprir promessas, o prefeito wilson santos é imbatível.

Esforço de ex-senadora para eleger 2

rafael ranalli curtinha 400   Eleita no pleito de 2018 e cassada em definitivo em abril deste ano, a ex-senadora Selma Arruda, presidente do Podemos de Cuiabá, pode deixar o partido após o processo eleitoral deste ano. Segundo informações, a juíza aposentada se afastaria da política partidária para...

6 parlamentares já foram infectados

wilson santos 400 curtinha   Desde o início da pandemia, em março, seis dos 24 deputados estaduais já testaram positivo para Covid-19. O último foi Wilson Santos (foto). Ele disse que recebeu medicação e está em isolamento. Observa que a doença está no início e segue trabalhando...

Pedido para TSE definir data da eleição

sebastiao carlos 400 curtinha   Na última quarta (2), um dia após a Câmara aprovar a PEC que adia as eleições municipais para 15 de novembro, André de Albuquerque Teixeira, advogado de Sebastião Carlos, que concorreu ao Senado e um dos que denunciaram Selma Arruda por crimes eleitorais, já...

Uma das apostas do PP para vereador

alex rodrigues 400 curtinha   O PP já tem no rol de possíveis eleitos a vereador em Cuiabá o jovem Alex Rodrigues (foto), de 31 anos. Filho do empresário Valúcio Rodrigues e sobrinho do secretário de Obras Públicas da Capital, Wanderlúcio Rodrigues, Alex criou uma comunidade com mais de mil...

Prefeito, efeito pandemia e a reeleição

ze do patio 400 curtinha   Mesmo com o poderio da máquina, considerada preponderante para cooptar partidos e aliados por causa da oferta de cargos e do assistencialismo, o prefeito Zé do Pátio (foto), de Rondonópolis, terceira em população e segunda no ranking da economia estadual, terá muitos...

Servidores sem pagar os empréstimos

adevair cabral curtinha 400   A Câmara de Cuiabá rejeitou o veto total do prefeito Emanuel e promulgou a Lei 6.547, que suspende por 90 dias o pagamento de parcelas de contrato de crédito consignados tanto dos servidores públicos ativos e inativos da prefeitura quanto da própria Câmara Municipal. A...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Em Cuiabá, o prefeito suspendeu a decisão de implantar rodízio de veículos entre placas pares e ímpares devido à Covid-19. Mas quer debater a ideia. Você concorda com rodízio?

concordo

discordo

tanto faz

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.