Últimas

Segunda-Feira, 11 de Junho de 2007, 08h:59 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

EXECUTIVO

Governo Maggi ignora promessas de campanha

   Blairo Maggi (PR) é um dos poucos gestores que, mesmo não tendo cumprido várias promessas em palanque desde a campanha para o primeiro mandato, em 2002, mantém a popularidade em alta e leva vantagem em alguns setores quando comparado a gestões anteriores. Um das razões deve ser o fato de não enfrentar oposição, que entrou em processo fraticidade após duas derrotas seguidas, todas com o ex-senador Antero de Barros (PSDB) e de cooptar o então barulhento PT.

    Isentar de ICMS todos os produtos que compõem a cesta básica foi uma das promessas bastante difundidas pelo "rei da soja". Só contemplou, porém, quatro itens. Garantiu também que, se eleito governador, reduziria a alíquota de ICMS sobre energia elétrica e telefonia. Hoje, com cinco anos no cargo, Maggi nem toca mais no assunto, após refazer as contas.

    Também havia se comprometido a repassar 50% dos recursos do Fundo Estado de Transporte e Habitação (Fethab) para os municípios. De novo, recuou. A reforma administrativa chegou a avançar, mas na teoria. Um estudo foi concluído, prevendo extinção de algumas pastas e fusões de outras, além do fim de alguns órgãos da máquina estatal. Nada saiu do papel. A tal reforma sistêmica, minireforma para enxugar a máquina, enfrenta embate jurídico.

     Por outro lado, o governo Maggi avançou em projetos estruturantes. Conseguiu cumprir além da promessa de viabilizar a construção de 20 mil casas populares. Consolidou pavimentação asfáltica, também além dos 3 mil km prometidos, com ajuda dos consórcios rodoviários. Parece ter sido o bastante para conseguir aval junto à maioria da população.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • João Batista | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Até hoje não vi nem presidente de sindicato de classe em segundo mandato trabalhar da mesma forma. Por isso reeleição para mim é fria.

  • Aladir Leite Albuquerque | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O Governo pode até está com sua popularidade em alta, mas se tratando de servidores publicos não é bem assim,praticamente em todas as secretarias à exesso de cargos comicionados.
    Na SETECS por ex. o Governo gasta acima R$ 333.000,00 mês somente com os famosos D.A.S isto por ano reprenta mais de (três milhões, e setescentos Mil Reais) tenho este levantamento em mãos.
    Meu nome é Aladir Leite Albuquerque, sou Diretor do (SINDES) Sindicato dos Profissionais do Desenvolvimento Economico Social, e tenho 30 anos de serviços prestados ao meu querido Estado de Mato Grosso.

  • Aristóteles Potter | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Realmente o Governador está devendo em relação ao realinhamento salarial de várias categorias profissionais. Agora, quanto oo critério de não cumprir promessas, o prefeito wilson santos é imbatível.

DEM agora sem amarras dos Campos

frankes siqueira curtinha 400   Sem o controle absoluto dos Campos, como nas últimas duas décadas, desde quando era PFL, o DEM, que não elege vereador em Cuiabá desde 2004, vive melhores expectativas, agora sob comando da ala ligada ao governador Mauro. É presidido pelo secretário de Estado de Governo,...

O pulo de Elias do PSDB para o DEM

elias santos 400 curtinha   Elias Santos (foto), irmão do deputado Wilson, agiu como estrategista na construção de sua pré-candidatura a vereador por Cuiabá. Concluiu que teria mais dificuldades de obter êxito nas urnas no PSDB porque os dois vereadores tucanos que vão à...

DEM e voz na Câmara após 16 anos

marcelo bussiki 400 curtinha   O DEM (antigo PFL) passa a ter voz na Câmara da Capital 16 anos depois. Aproveitando a janela de março em que a Justiça Eleitoral permite mudança de legenda sem risco de perda do mandato, dois vereadores migraram para o Democratas, sendo eles Marcelo Bussiki (foto) e Gilberto Figueiredo, que...

MDB agora com 2 na Câmara-Cuiabá

juca do guaran� curtinha 400   O MDB do prefeito Emanuel Pinheiro, que não elegeu vereador em 2016 em Cuiabá, agora ganha duas vozes na Câmara. Tratam-se de Juca do Guaraná (foto), militante histórico do nanico Avante que resolveu migrar para a legenda emedebista, e do recém-empossado...

PT segue sem voz na Câmara-Cuiabá

bob pt 400 curtinha   O PT, presidido em Cuiabá por  Elisvaldo Almeida, o Bob (foto), está mesmo "queimado" e sem prestígio. Em meio ao troca-troca de partido entre os vereadores cuiabanos, aproveitando a janela de março, cujo prazo para mudanças para quem deseja se candidatar em outubro encerrou-se neste...

Deputado, única causa e os interesses

xuxu 400 curtinha   Xuxu Dal Molin (foto), deputado pouco atuante e limitado a defender a bandeira do agronegócio, é mais um daqueles que demonstram, na prática, usar a política para beneficiar os seus. De familiares de agricultores, Xuxu bateu duro, se posicionando contra a proposta encaminhada pelo governador Mauro...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.