Últimas

Segunda-Feira, 11 de Junho de 2007, 08h:59 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

EXECUTIVO

Governo Maggi ignora promessas de campanha

   Blairo Maggi (PR) é um dos poucos gestores que, mesmo não tendo cumprido várias promessas em palanque desde a campanha para o primeiro mandato, em 2002, mantém a popularidade em alta e leva vantagem em alguns setores quando comparado a gestões anteriores. Um das razões deve ser o fato de não enfrentar oposição, que entrou em processo fraticidade após duas derrotas seguidas, todas com o ex-senador Antero de Barros (PSDB) e de cooptar o então barulhento PT.

    Isentar de ICMS todos os produtos que compõem a cesta básica foi uma das promessas bastante difundidas pelo "rei da soja". Só contemplou, porém, quatro itens. Garantiu também que, se eleito governador, reduziria a alíquota de ICMS sobre energia elétrica e telefonia. Hoje, com cinco anos no cargo, Maggi nem toca mais no assunto, após refazer as contas.

    Também havia se comprometido a repassar 50% dos recursos do Fundo Estado de Transporte e Habitação (Fethab) para os municípios. De novo, recuou. A reforma administrativa chegou a avançar, mas na teoria. Um estudo foi concluído, prevendo extinção de algumas pastas e fusões de outras, além do fim de alguns órgãos da máquina estatal. Nada saiu do papel. A tal reforma sistêmica, minireforma para enxugar a máquina, enfrenta embate jurídico.

     Por outro lado, o governo Maggi avançou em projetos estruturantes. Conseguiu cumprir além da promessa de viabilizar a construção de 20 mil casas populares. Consolidou pavimentação asfáltica, também além dos 3 mil km prometidos, com ajuda dos consórcios rodoviários. Parece ter sido o bastante para conseguir aval junto à maioria da população.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • João Batista | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Até hoje não vi nem presidente de sindicato de classe em segundo mandato trabalhar da mesma forma. Por isso reeleição para mim é fria.

  • Aladir Leite Albuquerque | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O Governo pode até está com sua popularidade em alta, mas se tratando de servidores publicos não é bem assim,praticamente em todas as secretarias à exesso de cargos comicionados.
    Na SETECS por ex. o Governo gasta acima R$ 333.000,00 mês somente com os famosos D.A.S isto por ano reprenta mais de (três milhões, e setescentos Mil Reais) tenho este levantamento em mãos.
    Meu nome é Aladir Leite Albuquerque, sou Diretor do (SINDES) Sindicato dos Profissionais do Desenvolvimento Economico Social, e tenho 30 anos de serviços prestados ao meu querido Estado de Mato Grosso.

  • Aristóteles Potter | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Realmente o Governador está devendo em relação ao realinhamento salarial de várias categorias profissionais. Agora, quanto oo critério de não cumprir promessas, o prefeito wilson santos é imbatível.

Três derrotas do marqueteiro Antero

antero de barros curtinha 400   O ex-senador, jornalista e marqueteiro Antero de Barros (foto) não levou sorte nas campanhas eleitorais as quais coordenou nestas eleições. Em Lucas do Rio Verde, empurrou à reeleição o prefeito Luiz Binotti que, mesmo com o poder da máquina, perdeu para o...

Lideranças jogaram duro contra EP

carlos favaro 400 curtinha   Emanuel Pinheiro teve uma reeleição sofrida em Cuiabá. Lutou contra os principais líderes políticos, que se juntaram em torno da candidatura de Abílio, uns publicamente, outros nos bastidores. O governador Mauro Mendes, por exemplo, jogou pesado para tentar derrotá-lo....

Bezerra ignora filiado do seu filiado

carlos bezerra 400   Carlos Bezerra (foto), o "cacicão" do MDB, abandonou antes da hora o palanque de Emanuel Pinheiro, mesmo se tratando do filiado mais importante em representatividade partidária no Estado. Bastou a pesquisa Ibope mostrar que o prefeito da Capital estava atrás de Abílio nas intenções de...

Sob ataques e humilhação e vitorioso

emanuel pinheiro 400 curtinha   Emanuel Pinheiro (foto) se emocionou ao falar com a imprensa neste domingo, pela primeira vez como prefeito reeleito. Lembrou que foi atacado não só neste período eleitoral, mas desde o início do mandato. Destacou a aprovação popular, com 86% de avaliação...

PT na oposição independente do eleito

edna sampaio 400   Independente de quem ocupar o Palácio Alencastro, a partir de janeiro, a professora Edna Sampaio (foto), única eleita pelo PT à Câmara de Cuiabá, fará oposição ao prefeito. E dá sinais de que será uma parlamentar bastante atuante. Neste segundo turno, como o seu...

Secretário não consegue eleger Fred

fred gahyva 400 curtinha   O vereador licenciado e secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo, foi um cabo eleitoral incansável pela candidatura de Fred Gahyva (foto) a vereador pela Capital. Ele liderou reuniões nas unidades de saúde, reforçando pedido de voto para o aliado e amigo de...

MAIS LIDAS