Últimas

Terça-Feira, 17 de Julho de 2007, 01h:58 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:16

EXECUTIVO

Governo tem 16 programas de incentivos fiscais

    Sob pressão de diversos setores, o governo do Estado, que detém um orçamento de R$ 6,1 bilhões, mantém 16 programas de incentivos fiscais. Em alguns casos, a renúncia de tributos chega a 80%. Com isso, deixa de arrecadar R$ 1,2 bilhão por ano. São os chamados programas de desenvolvimento setorial. Entre os contribuintes contemplados estão aqueles que aderiram aos incentivos à cultura do algodão, às indústrias têxteis e de confecção, à madeira, à cadeira produtiva do couro e à cultura do café.

    O governo argumenta que não pode acabar com a política de compensação, mesmo deixando de arrecadar mais, por força da chamada guerra fiscal entre os unidades da federação. Argumenta que, primeiro, precisa atrair novas indústrias para se instalar em Mato Grosso e conquistar novos investimentos, mais vagas no mercado de trabalho e crescimento econômico como um todo. Numa segunda etapa, busca-se incremento na carga tributária.

   Na Assembléia Legislativa alguma deputados levantam polêmica sobre os programas de incentivos fiscais. Querem saber, por exemplo o que é incentivo fiscal e o que é renúncia fiscal. Entendem que existe com a atual política fiscal do governo a concentração de renda e a não-circulação de recursos públicos que deveriam ser gerados com o pagamento na íntegra dos impostos, trazendo diminuição nos recursos essenciais. 

Setores beneficiados com menos impostos

  1. Programa de Incentivo à Cultura do Algodão de Mato Grosso – Proalmat (produtor)

  2. Programa de Incentivos às Indústrias Têxteis e de Confecção de MT – Proalmat (indústria)

  3. Programa de Desenvolvimento do Agronegócio da Madeira – Promadeira

  4. Programa de Desenvolvimento da Cadeia Produtiva do Boi, Carne, Couro, Calçados e Artefatos de Couro – Pró-Couro (produtor)

  5. Programa de Desenvolvimento da Cadeia Produtiva do Boi, Carne, Couro, Calçados e Artefatos de Couro – Pró-Couro (indústria)

  6. Programa de Incentivo à Cultura do Café em MT – Procafé (produtor)

  7. Programa de Incentivo à Indústria de Beneficiamento, Torrefação e Moagem de Café de MT  – Procafé (indústria)

  8. Programa de Desenvolvimento da Mineração – Promineração

  9. Programa de Incentivo à Cultura do Arroz de MT – Proarroz (produtor)

  10. Programa de Incentivo às Indústrias de Arroz do Estado – Proarroz (indústria)

  11. Programa de Incentivo à Pecuária Leiteira em MT – Proleite (produtor)

  12. Programa de Desenvolvimento da Indústria de Lacticínios – Proleite (indústria)

  13. Programa de Desenvolvimento Industrial e Comercial de MT – Prodeic

  14. Programa de Desenvolvimento Científico e Tecnológico de MT (Prodecit)

  15. Prodeic/Porto Seco

  16. Programa de Desenvolvimento Industrial do Estado de MT (Prodei)

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • marcia | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    E o povo paga a conta...educação ,saúde...cáos total e os empresários cada dia mais ricos....

  • Severino Silva | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Querida Márcia,

    Vamos cuidar do nosso Rio Grande e evitar a bandalheira instalada no país, e deixar quem saber ser empresáio que assim o faça.

    Se tiveres um tempo verifique o quanto a corrupção do "molusco acéfalo" já desviu e se este valor é maior ou menor do que os Governos Estaduais colocam para fazer um Estado crescer.

    Papai Noel não existe...

PEC da Previdência na pauta nesta 5ª

dilmar dal bosco 400 curtinha   A polêmica e controversa PEC da Previdência, apresentada pelo governador Mauro, deve ser apreciada nesta quinta, em primeira votação, pelos deputados. O Executivo conseguiu os votos mínimos necessários para conseguir aprovação. Deputados da oposição...

Caminho bem consolidado à reeleição

leonardo 400 curtinha   Dos prefeitos que podem ir à reeleição de cidades pólos, o que encontra situação mais confortável é Leonardo Bortolini, o Léo (foto), de Primavera do Leste. Bem articulado e habilidoso politicamente e com uma relação extensa de obras e...

PSDB e balão de ensaio para prefeito

paulo borges 400 curtinha   Bastante enfraquecido e fragilizado, após perda do comando do Executivo estadual e de quadro de filiados, o PSDB anuncia que terá candidato a prefeito de Cuiabá. E até lista três "prefeitáveis", sendo eles os empresários Luiz Carlos Nigro e Dorileo Leal, além do...

Grupo de Fabinho ávido pelo poder

fabio tardin 400 vereador   Uma ala do DEM de Várzea Grande, que se sente excluída do Paço Couto Magalhães, está torcendo pela cassação da prefeita Lucimar e do vice Hazama. O placar do julgamento no TSE está em 2 a 1 pela manutenção do mandato. Esse bloco anti-Lucimar é...

Vereadores oficializam 2 férias por ano

emerson 400 alta floresta curtinha   Os vereadores de Alta Floresta, no Nortão, aproveitaram este período de pandemia, com as atividades presenciais suspensas, para garantir dois períodos de "férias" por ano. Em decisão desta segunda, a Câmara Municipal, presidida por Emerson Sais Machado (foto), alterou o...

Comissão da Câmara sob efeito-Covid

renivaldo 400 curtinha   Em meio às discussões sobre transparência e compras emergenciais de medicamento, insumos e equipamentos às unidades de saúde, na luta contra a pandemia da Covid-19, a Câmara de Cuiabá criou uma Comissão Especial, composta por três vereadores. Tem a...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Até dezembro, o IFMT terá eleição para Reitoria. Quem você acha que será eleito dos candidatos abaixos?

Deiver Alessandro

Julio Santos

Nenhum deles

Não tenho ideia

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.