Últimas

Quarta-Feira, 18 de Junho de 2008, 12h:26 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:21

MEIO AMBIENTE

Governo usa números do Inpe em propaganda

   O governo Blairo Maggi está distribuindo folhetos com números divulgados pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) sobre desmatamento com o intuito de propagar suas ações na secretaria estadual de Meio quarta (18). O curioso é que o próprio governador Blairo Maggi já veio a público várias vezes para contestar esses mesmos dados. Segundo a reportagem, no material aparecem as taxas de desmate detectados pelo sistema Prodes e é ressaltado que o Estado obteve redução de 72% em áreas desmatadas entre 2005 e 2007.

   A verdade, porém, é que a  diminuição foi de 65,3%, ou seja, 8% a menos. O Estado ainda alega, no folheto, que há três anos Mato Grosso deixou de ocupar a primeira posição nacional em desmatamento. "O Estado perdeu o posto de campeão no ranking nos últimos dois anos fiscais (de agosto de um ano a julho do outro). Mas ainda não é possível saber se manterá o feito em 2007/ 2008". (Pollyana Araújo)

  • Confira aqui ou aqui (para assinante Folha) a reportagem completa

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • João Bastos Filho | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O EQUÍVOCO DO SENHOR BLAIRO MAGGI
    Juntando tudo o que saiu na imprensa nos últimos dias dá para fazer um painel interessantíssimo sobre o que pensa e como age, o nosso governador e empresário Blairo Maggi, no que se refere ao meio ambiente mato-grossense e brasileiro. Se analisarmos só o empresário, vamos ver que o mesmo é totalmente cumpridor das regras ambientais normatizadas em Leis e até das que por serem ecologicamente corretas e não estando ainda normatizadas, ele também as cumpre. Não existe uma só fazenda sua em funcionamento, que não esteja com toda a burocracia ambiental em dia (com exceção de suas PCH’s). Seria isso o exercitar do bom senso? Pergunto? Não! Isso se dá, por necessidade de continuar vendendo grãos para os exigentes mercados externos, europeu e asiático. Além do mais a AMAGGI tem a necessidade de buscar capitais internacionais para continuar as suas atividades de TRADDING aqui em Mato Grosso e por toda a Amazônia brasileira.
    Se o analisarmos como governador e político, vamos encontrar outro Blairo Maggi, completamente diferente do empresário de sucesso, que o é. Aqui ele teima em jogar para a platéia, principalmente para os agropecuaristas, seus companheiros de negócios, talvez por aconselhamentos de sua malfadada assessoria, ou com medo de perder este elo. Aqui ele ajudou, e muito, na queda da ministra Marina Silva. Aqui ele comprou sem cientificidade nenhuma, uma briga com o ministro do meio ambiente, Carlos Minc. Brincou e pré – julgou como quem nascesse no eixo Rio-São Paulo, não pudesse falar sobre a nossa Amazônia e sobre o agronegócio. Tudo isso, antes da posse do mesmo! E desta forma lamentavelmente disse muita besteira, que agora dará muito trabalho para desdizer!
    Esquece o nobre governador que a partir da premiação pelo Greenpeace, com o singelo troféu, Motosserra de Ouro, ele foi transformado em um símbolo internacional de inimigo do meio ambiente. Isso é tão verdadeiro, que se você chegar a qualquer país da Europa e perguntar para uma pessoa, formadora de opinião, sobre quem é o maior desmatador (?) do mundo, com certeza vão responder, mister Maggi do Brasil. E isso não dá mais para ser retirado, é para sempre! Ainda mais agora, que o próprio governador, parece querer reforçar essa “pecha”, falando o que está falando, sobre a atual crise de relacionamento com o Minc.
    É parece que o nosso empresário governador esqueceu que todos nós, mato-grossenses, dependemos deste mercado, e que não adianta a AMAGGI, cumprir todo o caderno de boas intenções com o meio ambiente, se o Estado de Mato Grosso também não o cumprir. Pois só haverá uma reação deste mercado, não comprar mais as “commodities” rurais, produzidas por aqui. Isso significará a quebra unilateral da economia mato-grossense.
    Governador Blairo Maggi, o senhor que já foi festejado como a solução, começa a se transformar no maior problema que já existiu para Mato Grosso.
    Cuidado, a política mal exercitada poderá mais cedo, que o senhor imagina acabar com o empresário que existe em você! Ou vice, versa!

  • Antonio Etico R. Silva | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A verdade só é alardeada quando lhe convém.
    Por quê o majji não publicou as outras notícias, os outros dados? As manchetes Nacionais? ... não lhe convinha? E ainda acha que o povo é bobo! Vamos ver em Outubro! E 2010.

Luizão e 10 promessas em cartório

luizao 400   O empresário Luizão (foto), candidato a prefeito de Rondonópolis pelo Republicanos, registrou em cartório 10 comprimissos de gestão, garantindo, em caso de eleito, executá-los logo no primeiro mês de mandato. O primeiro deles é de zerar a fila de consultas, exames e cirurgias. E...

Ex-secretários de França sem mácula

roberto franca 400 curtinha   A assessoria jurídica da coligação de Roberto França (foto), que concorre à Prefeitura de Cuiabá pelo Patriota, classifica de mentirosa e irresponsável a notícia de que ex-secretários de França, da época em que comandou a Capital, de 1997 a...

Líderes de Lucas e apoios ao Senado

otaviano pivetta curtinha 400   As principais lideranças políticas da "República" de Lucas do Rio Verde estão divididas nos apoios sobre candidaturas ao Senado. O vice-governador Otaviano Pivetta (foto), recém-desfiliado do PDT, faz campanha pela coronel Rúbia Fernanda (Patriota), propagada como a candidata...

Reeleição difícil em Barra do Bugres

raimundo nonato 400   Aos 81 anos, o piauiense de Campo Maior, Raimundo Nonato (foto), busca renovar o mandato de prefeito de Barra do Bugres pelo DEM. Embora considerado carismático e populista, pioneiro no município e ajudado pela força da máquina pública, Nonato, que já foi prefeito nos anos 82 e 90,...

4 com as maiores chances ao Senado

carlos favaro 400 curtinha   Todos os principais candidatos ao Senado, na suplementar de 15 de novembro, para eleger quem ocupará a cadeira da cassada Selma Arruda, estão trabalhando com tracking eleitoral, metodologia que consiste, basicamente, em realizar pesquisas de intenção de voto por telefone de forma...

Polarização entre Gustavo e os Maia

gustavo mello 400 curtinha   Em Alto Araguaia, três disputam a prefeitura, mas a briga eleitoral está mesmo polarizada entre o prefeito Gustavo Melo (foto), do PSB, e Martha Maia (PP), irmã do ex-prefeito por quatro vezes Maia Neto. Júnior da Farmácia (PSL) corre por fora, mas sem chance de êxito nas urnas....

MAIS LIDAS