Últimas

Terça-Feira, 25 de Agosto de 2009, 19h:52 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:24

OPERAÇÃO PLUMA

Grileiros movimentam quase R$ 18 milhões em 2 anos

   Quase R$ 18 milhões foram movimentados pelos irmãos Admilson e Gilberto Luiz Rezende, o Gilbertão, entre 2003 e 2005, apontados como chefes do esquema de grilagem de terras na região do Vale do Araguaia. Ao expedir o mandado de prisão dos acusados na Operação Pluma, o juiz Julier Sebastião da Silva também determinou o sequestro dos bens dos irmãos. “Autorizo a atuação no sentido de possibilitar provável ressarcimento dos danos decorrentes do loteamento e venda de terras da União e promovidos ao meio ambiente”, aponta o magistrado.

   No despacho, o juiz também sustenta que há evidências de que Gilbertão e Admilson adquiriram o montante por meio da exploração da Terra Indígena Marãwaitsede, também conhecida por Fazenda Suiá Missú. Conforme o relato do MPF datado de 23 de junho de 2004 e anexado à denúncia, Gilbertão liderava um esquema de pistolagem e venda ilegal de terras. “Ambos encontram-se promovendo a venda e a escrituração de parcelas na área indígena perante o cartório de registro de imóveis de São Félix do Araguaia”.

   Os procuradores relatam que o esquema consiste em remover posseiros de pequenas propriedades, de solo infértil, para assentar pessoas ligadas a latifundiários, dentre eles políticos. “A área indígena vem sofrendo um processo fortíssimo de desmatamento e destruição de seus recursos naturais. (..) Existem diversas madeireiras e se faz necessária, de imediato, a realização de fiscalização do local”, denunciam. Conforme o então coordenador da área indígena, Denivaldo Roberto da Rocha, 60% da área indígena já foi desmatada. 

   Segundo o bispo emérito de São Félix do Araguaia, Pedro Casaldáliga, Gilbertão tinha escritório na cidade até o final de 2004 e se apresentava como uma espécie de corretor de imóveis rurais. “Mas, na verdade, possuía negócios escusos vinculados a pistolagem e grilagem de terras”, relatou.

  Além do município, as atividades do grupo abrangiam Bom Jesus do Araguaia, Confresa e Vila Rica. “Gilbertão fugiu de São Félix do Araguaia após ter conhecimento da existência de um mandado de prisão que seria expedido em seu desfavor". Ao revelar que recebia, em função do cargo, denúncias de homicídios relacionados à grilagem de terras, o Bispo enfatiza o temor dos pequenos agricultores de serem repreendidos pelo grupo de Gilbertão, composto por militares de alta patente. "Muitos dos informantes não se identificavam por medo de represálias”, denunciou o bispo, que chegou a receber ameaças de morte. Apesar disso, continua morando em São Félix do Araguaia. (Andréa Haddad)

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Luizão e 10 promessas em cartório

luizao 400   O empresário Luizão (foto), candidato a prefeito de Rondonópolis pelo Republicanos, registrou em cartório 10 comprimissos de gestão, garantindo, em caso de eleito, executá-los logo no primeiro mês de mandato. O primeiro deles é de zerar a fila de consultas, exames e cirurgias. E...

Ex-secretários de França sem mácula

roberto franca 400 curtinha   A assessoria jurídica da coligação de Roberto França (foto), que concorre à Prefeitura de Cuiabá pelo Patriota, classifica de mentirosa e irresponsável a notícia de que ex-secretários de França, da época em que comandou a Capital, de 1997 a...

Líderes de Lucas e apoios ao Senado

otaviano pivetta curtinha 400   As principais lideranças políticas da "República" de Lucas do Rio Verde estão divididas nos apoios sobre candidaturas ao Senado. O vice-governador Otaviano Pivetta (foto), recém-desfiliado do PDT, faz campanha pela coronel Rúbia Fernanda (Patriota), propagada como a candidata...

Reeleição difícil em Barra do Bugres

raimundo nonato 400   Aos 81 anos, o piauiense de Campo Maior, Raimundo Nonato (foto), busca renovar o mandato de prefeito de Barra do Bugres pelo DEM. Embora considerado carismático e populista, pioneiro no município e ajudado pela força da máquina pública, Nonato, que já foi prefeito nos anos 82 e 90,...

4 com as maiores chances ao Senado

carlos favaro 400 curtinha   Todos os principais candidatos ao Senado, na suplementar de 15 de novembro, para eleger quem ocupará a cadeira da cassada Selma Arruda, estão trabalhando com tracking eleitoral, metodologia que consiste, basicamente, em realizar pesquisas de intenção de voto por telefone de forma...

Polarização entre Gustavo e os Maia

gustavo mello 400 curtinha   Em Alto Araguaia, três disputam a prefeitura, mas a briga eleitoral está mesmo polarizada entre o prefeito Gustavo Melo (foto), do PSB, e Martha Maia (PP), irmã do ex-prefeito por quatro vezes Maia Neto. Júnior da Farmácia (PSL) corre por fora, mas sem chance de êxito nas urnas....