Últimas

Segunda-Feira, 30 de Abril de 2007, 11h:37 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

AGRONEGÓCIO

Há 60 milhões de ha a serem abertos, diz Maggi

   Em entrevista ao canal de notícias Bloomberg, em Nova Iorque (EUA), o governador mato-grossense Blairo Maggi, que tenta contornar as críticas internacionais sobre os seus ombros em relação à questão ambiental, disse que "o Brasil tem todas as condições de crescer economicamente e produzir alimentos para a população mundial sem afetar a Floresta Amazônica".
  De acordo com Maggi, maior produtor individual de soja do mundo, ainda há disponíveis no país mais de 60 milhões de hectares a serem abertos à produção agrícola em regiões que não sejam a Amazônica, como o Cerrado, por exemplo.  “A expansão da produção de soja, milho e cana-de-açúcar está se dando em áreas antes utilizadas pela pecuária, o que diminui muito a pressão sobre áreas de floresta”, declarou, na entrevista à Bloomberg Television, rede a cabo com sede em Nova Iorque e que transmite notícias econômicas 24 horas por dia.
     O consumo mundial de alimentos cresce a uma taxa média de 3% ao ano e o Brasil, de acordo com Maggi, tem uma posição estratégica nesse mercado, pois é um dos poucos países que ainda têm espaço para crescer. O Brasil só não cresce mais, pondera, por falta de infra-estrutura, como estradas, ferrovias, hidrovias e portos. Considera que o Programa de Aceleração do Crescimento investirá mais de R$ 60 bilhões em infra-estrutura nos próximos anos, o que aumentará a competitividade. 
   O crescimento do Brasil depende também, segundo o governador, de investimentos no setor de energia elétrica. Enfatiza que a forma mais barata de se produzir energia é a hidrelétrica. Vê condições de Mato Grosso construir várias pequenas centrais hidrelétricas com o menor impacto ambiental.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Mais 20 respiradores para Cáceres

leonardo 400   O Ministério da Saúde enviou mais 20 respiradores para Cáceres, em atendimento ao pedido do médico  e deputado federal Leonardo (foto). Os equipamentos foram entregues na segunda (12) para a secretaria municipal de Saúde e serão instalados no Pronto Atendimento Municipal para tratar...

Isenção de IPVA a algumas categorias

max russi 400   A Assembleia Legislativa deve aprovar esta semana uma proposta do governo para, em tempos de pandemia, isentar algumas categorias do pagamento de Imposto de Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) do exercício de 2021. O projeto chega nesta quarta à Mesa Diretora, sob Max Russi (foto), e vai ser votado no...

CAA-MT fará vacinação contra H1N1

ittalo leite 400 caixa de assistencia   A Caixa de Assistência dos Advogados de Mato Grosso (CAA/MT), presidida por Ittalo Leite (foto), já deu início à Campanha de Vacinação Contra a gripe H1N1. Serão disponibilizadas seis mil doses da vacina para imunização contra a Influenza A e B,...

Governo compra 103 motos para PM

O governo estadual vai entregar nos próximos dias 103 motocicletas à Polícia Militar. Isso deveria ter ocorrido nesta segunda, mas foi adiado e ainda sem data definida. As motos serão utilizadas pelas equipes de policiais da Companhia Raio de Moto-Patrulhamento, Força Tática e pelo policiamento ordinário na Região Metropolitana de Cuiabá e em vários outros municípios. No primeiro lote, o governador Mauro...

Ex-prefeito, contratos e multa do TCE

jeovan faria 400   O ex-prefeito de Campinápolis, Jeovan Faria (foto), vai ter de pagar uma multa equivalente a 10 UPFs/MT, o que corresponde hoje a R$ 1,8 mil, como punição por contratação de pessoal por tempo determinado sem atender à necessidade temporária de excepcional interesse público....

Decon investiga "fura-fila" da vacina

O delegado Rogério Ferreira, da Especializada do Consumidor (Decon), instaurou o que se chama de Auto de Investigação Preliminar para apurar possíveis irregularidades no cumprimento da ordem de vacinação contra a Covid-19 dentro dos critérios estabelecidos pela Prefeitura de Cuiabá. Na prática, busca investigar possíveis situações de “fura-fila” e outras circunstâncias ilegais. Rogério...