Últimas

Sexta-Feira, 19 de Dezembro de 2008, 08h:57 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:22

CÁCERES

Henry assiste "queda" do irmão e tenta se salvar

Fernando Ordakowski

Pedro Henry está deputado por causa de uma liminar do TSE, enquanto irmão Ricardo sai de cena e Túlio Fontes vira prefeito

  A cassação do registro do prefeito reeleito de Cáceres Ricardo Henry, inclusive em dois processos, aniquila mais a força política do deputado federal Pedro Henry, cacique da região Oeste. Ele também se vê na "corda bamba" por causa de sua cassação desde o ano passado e só se mantém no cargo graças a uma liminar do TSE.

  O deputado deixa de comandar, por meio do irmão, um dos principais pólos do Estado. Ricardo ganhou a reeleição sobre o ex-prefeito Túlio Fontes com 522 votos de frente (21.343 a 20.821). Foi acusado de cometer crimes eleitorais, como compra de votos. De quatro processos, em grau de recurso no TRE, dois resultaram em condenção dura, com cassação de seu registro, inelegibilidade por 3 anos e ainda multa. Isso quer dizer que Ricardo Henry, a 12 dias de concluir o mandato, sai da cena política até 2011. Seus advogados preparam recursos junto ao TSE, mas admitem que, diante de duas cassações, a situação jurídica se complicou de vez.

  A exemplo do irmão, Pedro Henry também vive um pesadelo jurídico. Desde outubro do ano passado, ele está com mandato cassado. Uma liminar do TSE o segura no cargo. Foi condenado num processo junto com a deputada estadual Chica Nunes (PSDB), que também recorreu ao TSE e obtém liminar. Ambos teriam cometido crime eleitoral nas eleições de 2006 ao usar a funcionária Lucélia Pereira Neves, lotada num posto de saúde no bairro Pedra 90, em Cuiabá. Supostamente a pedido dos dois parlamentares, ela oferecia cobertores e R$ 20 a quem fixasse cartazes dos então candidatos em suas residências. Segundo denúncia, a servidora realizava reuniões no ambiente de trabalho para pedir voto aos dois candidatos e, em troca, oferecia medicamentos do posto de saúde aos pacientes.

   Pedro Henry teve seu nome envolvido no escândalo do mensalão que quase resultou na cassação do mandato. Hoje, seu nome integra a lista dos 40 políticos que respondem a ações junto ao Supremo, que acatou a denúncia contra o deputado mato-grossense pelos crimes de corrupção passiva, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha.

Postar um novo comentário

Comentários (29)

  • Juliana | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Graças a Deus a justiça foi feita..... Eles sempre querendo ganhar no apagar das luzes... Parabéns ao Pleno do TRE por sua decisão e parabéns também a ilustre Procuradora Léa Batista que teve uma participação brilhante e digna de ser elogiada por sua atuação no decorrer do processo.Valeu.... Túlio muto sucesso e perserverança pois a sua caminhada vai ser árdua, imagine o que tem naquela prefeitura....

  • pedro gardés | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    a justiça tardou mas não falhou
    já vai tarde, o outro deverá ir
    tambem , só troxeram atraso a cidade
    por exemplo não pode chegar neurocirurgião , urologista
    ginecologista, ortopedista que o JE bota para correr
    e quando a população tem problema manda para cuiabá.
    venham ver se é mentira...

  • neidio | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • João | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Sou extremamente contra a decisão do TRE, pois o PREFEITO
    RICARDO HENRY foi eleito pelo povo e quando o povo decide eles sabem o q QUEREM! Então vamos respeitar a decisão do povo Cacerense.Nunca Cáceres teve um prefeito e Deputado Federal q trabalhassem tanto em favor da população, porq quando o senhor EX PREFEITO TÚLIO AURÉLIO FONTES não trabalhou, quando era então prefeito, mostrando p/ q estava como prefeito, é uma vergonha querer ser prefeito só p/ alimentar seu ego de menino mimado q não gosta de acordar cedo, como é conhecido aqui em Cáceres.....Deixa o nosso prefeito trabalhar esse merece nota 10000000.....ele e seu irmão nosso deputado federal c/ muito orgulho por ter votado neles.

  • emanuel frank leite de oliveira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Parabêns Tûlio e Kishi juntamente com Josê Renato e equipe, vcs terão muito oque fazer nesses 4 anos, fazer uma polîtica diferenciada, voltada para os anseios do povo, sucesso, sempre acreditei que Câceres merecia algo melhor que os Henrys, PH ê melhor rever seus conceitos, o castelo ta ruindo....... Dr Geraldo Fidêlis e se na sua visão as eleições fossem sujas, dâ atê medo pensar como seria, E, OS VEREADORES QUE FORAM PEGOS COMPRANDO VOTOS, IRÃO TOMAR POSSE, PQ DIPLOMADOS Jã foram....

  • Mara Lisboa | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Parabéns ao Dr. José Renato que jamais desistiu de buscar a Justiça com o seu brilhante trabalho, apesar dos absurdos cometidos pelo juiz Geraldo Fidélis.

  • Maxsuel Guimarães | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Parabens ao juiz do tre, independente de quem seja que cometeu crime eleitoral tem que ser punido com os rigores da lei.
    não podemos mais aceitar em nosso país ações como a que vimos noticiar que aconteceram em Caceres. já passou da hora de moralizarmos a politica deste país e pelo que estamos acompanhando pela impresa quem cometeu irregularidades estão sendo ponidos.
    Meus parabens aos juizes e promotores eleitorais de MT.

  • maria claudia Barbosa | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    dizem que estamos num regime democrático mas na verdade isso é balela... fomos as urnas, votamos e escolhemos como prefeito Ricardo HENRY..MAS infelizmente apenas alguns pouquíssimos membros do TRE decidiram que o prefeito de Caceres deve ser o derrotado TULIO MIMADO FONTES....quem vai perder é o povo de Caceres...pois o menino mimado não é chegado a trabalhar e sim a vaidade de ser prefeito...nós sabemos disso...meus pesames Caceres

  • Paulo Odoni | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Não acredito muito na justiça. Isto só aconteceu em Cáceres, devido ser escândalo a nível nacional. Aonde demoralizava a própria justica, em não tomar providência, sobre os abusos de poder e compra de votos dos Henrys. Veja bem, a minha descrença com a justiça: o Pedro Henry, em cima de uma liminar vai ficar até o final do seu mandato. Arigor, dir-se-ia que eis aí uma verdadeira vergonha... Depois disso eu vou falar o que para meus Filhinhos!!!

  • MARINO fONTES | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    QUE O GRUPO DE MAL IENTENCIONADOS SAIAM DE CENA PARA O BEM DE CACERES E DE SEU SOFRIDO POVO. DESEJO TAMBEM QUE AQUELES QUE AGORA IRÃO OCUPAR O ESPAÇO TENHAM O DISCERNIMENTO E A CAPACIDADE DE ESCOLHER BEM OS SEUS PARES.(AUXILIARES). QUE SE ACAUTELEM CONTRA OS OPORTUNISTAS DE PLANTÃO E QUE SALVEM CACERES DO ESTADO LASTIMÁVEL QUE SE ENCONTRA. QUE A MERENDA ESCOLAR VOLTE AS ESCOLAS. QUE A OBRAS NÃO SEJAM SUPERFATURADAS. QUE AS LICITAÇÔES E CARTAS CONVITES SEJAM SANADAS DE VICIOS. QUE OS EMPREITEIROS SEJAM COMPETENTES E DE COMPROVADA IDONEIDADE TÉCNICA-PROFISSIONAL.QUE A EMPRESA DA ÁGUA NÃO SEJA CAIXA DOIS DAS DESMANDAS E MAMATAS COSTUMEIRAS DOS VICIADOS EM CORRUPÇÃO. QUE OS REMÉDIOS DOS POSTOS E PRONTOS ATENDIMENTOS MÉDICOS CHEGUEM AO SEU DESTINO SEM AS MAZELAS DOS INTERMEDIÁRIOS E COM PREÇOS COMPETITIVOS DE MERCADO. QUE O PATIO DA SECRETARIA DE OBRAS NÃO SEJA PALCO DE ROUBOS, DESVIOS DE COMBUSTIVEL E SUCATEAMENTO DE MAQUINAS E VEICULOS . QUE SEJA ORGANIZADO UM ALMOXARIFADO EFICAZ PARA COIBIR DESVIOS E MALVERSAÇÃO DE BENS PÚBLICOS(MATERIAIS E MERCADORIAS ADQUIRIDOS PELA PREFEITURA) . VOU PARAR POR AQUI PARA NÃO SER PROLIXO, POIS AQUELES QUE CONHECEM DE ADMINISTRAÇÃO DA COISA PÚBLICA SABEM DE TODAS AS MANHAS E ARTIMANHAS USADAS PELOS DESONESTOS E IRRESPONSAVEIS PARA SE LOCUPETLAREM DO BEM PUBLICO. POR FAVOR, COIBAM TODOS ESSES MALES E CERTAMENTE SOBRARÁ MUITO RECURSO FINANCEIRO PARA SER APLICADO EM BENEFICIO DO POVO, PRINCIPALMENTE DOS MAIS NECESSITADOS.

Colíder com 2 candidatos desgastados

jaiminho 400 curtinha   Em Colíder, duas figuras bastante desgastadas politicamente estão na disputa pelo Executivo, sendo o prefeito Noboru Tomiyoshi, que fechou aliança com apenas três partidos (DEM, PSD e SD), e o ex-prefeito Jaime Marques (foto), que concorre pelo PSC numa coligação que agrega DEM e...

PP com 25 a vereador projeta 3 vagas

orivaldo da farmacia 400 curtinha   O PP, da base aliada do prefeito Emanuel, conta com 25 candidatos a vereador pela Capital. Deve conquistar entre duas e três vagas. Os principais concorrentes são os já vereadores Orivaldo da Farmácia (foto), Marcrean Santos e Luis Cláudio, além do ex-vereador...

MPE vê prefeita de Torixoréu inelegível

ines 400 curtinha torixoreu   Para o Ministério Público Eleitoral, a prefeita de Torixoréu, Inês Mesquita Moraes Coelho (foto), que se lançou à reeleição pelo DEM, está inelegível. Numa ação de impugnação de registro de candidatura, o promotor...

Candidato amarga derrota na Justiça

adilson gon�alves 400 curtinha   O candidato a prefeito de Barra do Garças, delegado Adilson Gonçalves (foto), tentou, sem êxito na Justiça, censurar o Rdnews na publicação de matérias sobre o pleito eleitoral no município. Numa ação impetrada junto à...

Com certidão pra disputar 1ª suplência

dito lucas 400 curtinha   Filiado ao Podemos, Dito Lucas (foto), que entrou de última hora como primeiro-suplente da chapa ao Senado encabeçada por José Medeiros, assegura que vai apresentar novamente sua certidão junto à Justiça Eleitoral, de modo a provar que sua candidatura é legítima....

Um novo embate entre Diane x Adair

diane alves 400 curtinha   Adair José Alves Moreira, que vinha atuando na assessoria do vice-governador Otaviano Pivetta, decidiu mesmo concorrer de novo à Prefeitura de Alto Paraguai. Ele já foi prefeito por duas vezes. Adair será o principal nome da oposição à prefeita democrata Diane Alves (foto),...