Últimas

Quarta-Feira, 13 de Maio de 2009, 08h:09 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:23

SANEAMENTO

Henry é dono de 6 concessões de água; MP vai investigar

 Fernando Ordakowski 
Clique na imagem para ampliação O prefeito reeleito de Cáceres e cassado por crimes eleitorais Ricardo Henry será investigado, por determinação da Procuradoria-Geral de Justiça do Estado, sobre negócios milionários envolvendo seis prefeituras do Estado. Tido como braço-financeiro do irmão, o deputado federal Pedro Henry, Ricardo é sócio de seis empresas, todas com o primeiro nome da razão social "Águas" e que exploram os servidores de água e esgoto de Vera, Marcelândia, Santa Carmem, Peixoto de Azevedo, União do Sul e Juscimeira.

   No município de Vera, a Águas de Vera fez um contrato para faturar consumidores por 30 anos, com previsão de chegar a R$ 76,5 milhões, segundo revelam documentos os quais o RDNews teve acesso. O procurador-geral de Justiça do Estado, Marcelo Ferra, vai determinar que cada Promotoria dos seis municípios abra frente de investigação para apurar a procedência e se há ou não legalidade nesses processos de concessão. Para cada município, Henry criou uma empresa especialmente para cuidar do setor e faturar consumidores de água e ainda cobrar taxas de rede de esgoto. Em 1995, Pedro Henry dirigiu a Companhia de Saneamento do Estado (Sanemat), que acabou adotando o processo de remunicipalização, ou seja, devolveu aos municípios a responsabilidade pelo gerenciamento do setor. Ele saiu da autarquia para assumir vaga de deputado federal. Até então era suplente mas, com a eleição do então parlamentar Roberto França à Prefeitura de Cuiabá, Henry tomou posse. Desde então, é deputado federal, com três vitórias seguidas nas urnas.

  • Veja aqui a íntegra do contrato entre a empresa de Henry e a Prefeitura de Vera

   Em Vera, a empresa de Ricardo Henry começou a atuar oficialmente em 5 de fevereiro de 2004, período em que ele já estava em pré-campanha para a Prefeitura de Cáceres. O intrigante é o valor do capital dos sócios de Águas de Vera: R$ 10 mil. Desse montante, R$ 2,5 mil são cotas de Henry e, R$ 7,5 mil, de sua sócia, a Construtora Nascimento Ltda. A empresa também consta como propriedade do ex-prefeito cacerense em suas declarações de Imposto de Renda.

  De acordo com o contrato que traz carimbo da Junta Comercial, a sociedade tem o compromisso de operar, manter e ampliar os sistemas de abastecimento, tratamento e distribuição de água e de coleta e tratamento de esgotos sanitários em toda a área do município de Vera. O contrato 0341, de 2004, entre Águas de Vera e a prefeitura para concessão dos serviços especifica que a concessionária "terá exclusividade na execução dos serviços". A cláusula quarta assegura que a concessão tem validade por 30 anos, podendo ser prorrogado. Na cláusula sexta, consta que o contrato tem valor de R$ 76.515.168,80. Ricardo Henry não foi localizado e nem deu recado às ligações em seu celular para comentar o assunto.

  • Confira aqui teor do contrato que revela previsão de faturamento de R$ 76,5 milhões


Certidão revela que Ricardo Henry (PP) é sócio da Águas de Vera, que explora saneamento por 30 anos

Postar um novo comentário

Comentários (22)

  • Etevaldo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Pouco mais de 10 mangos para faturar milhões - na manha -, e pensar que o Zé Ninguém precisa de mais ou menos isso para abrir uma birosca que talvez nem dê lucro.
    Assim caminha o capitalismo. E não venham me dizer que é só no Brasil, tampouco na América Latina. Sem super exploração não haverá acumulação.

  • Marcos Aparecido Silva | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Ué, não eram o ex-prefeito tricassado e o deputado-irmão que diziam ser contra qualquer forma de terceirização ou privatização dos sistemas de água e esgoto? E têm contratos com seis municípios da ordem de 76 milhões cada um? Isso é um verdadeiro assalto à população desses municípios. Tomara que o MP investigue mesmo e finalmente os Henry sejam punidos por seus atos de corrupção.Começa a ficar claro qual é o interesse deles no sistema de água de Cáceres. Por falar nisso, o atual prefeito deveria promover uma profunda investigação também na verdadeira caixa preta que foi essa tal SAEC criada pelos Henry e que acabou de falir com o abastecimento de água em Cáceres, enquanto alguns dirigentes subitamente viraram fazendeiros.

  • Paulo Sérgio | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Caro Romilson Dourado,

    O Ministério Público poderia aproveitar a oportunidade e verificar a ligação dos Henry com o sr. Filadélfio da empresa Kullinan, pois o mesmo comprou a concessão em Campo Verde (águas de Campo Verde), tentou comprar em Jaciara, Comprou em Pedra Preta, e tantos outros municípios.
    É quebrar o sigilo telefonico e confirmar a parceria espúria.

  • João Batista de Souza | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Se juntarmos toda a água do Estado de Mato Grosso, não lava a metade da sujeira que está por trás disso tudo. Interessante o ex-prefeito ser tão radicalmente contra a privatização da água em Cáceres. Isso merece uma investigação muito profunda. Aí tem!!!!

  • Marilda S. Magalhães | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Depois de ser cassado na justiça só faltava essa do ex-prefeito Ricardo Henry. Mas como é irmão do dep. pedro henry - mensalão - até que não é tanta surpresa. será que são só essas empresas de água ou tem mais? com a palavra o MP e rápido porque essa turma age rápidao e o negócio parece bem grande mesmo. milionário é pouco.

  • Antonio Francisco dos Santos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Aqui na minha cidade, empresa com capital integralizado de R$ 10.000,00 tem de espernear para que seu faturamento venha a cobrir os custos.
    Muito me admira o Ministério Público, Tribunal de Contas e outros órgãos fiscalizadores não se manifestarem a respeito.
    Abram os olhos...

  • Willian Marques | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Pelo que entendi criaram várias empresas só pra vencer licitaçoes em varias cidades. Esse é o Brasil dos políticos trabalhadores e espertos.

  • Fátima de Souza | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É CHEGADA A HORA DE PASSAR MUITA COISA À LIMPO NO ESTADO.

    DE UMA HORA PARA OUTRA O SR, FILADELFO SE TRANSFORMOU EM UM GRANDE CONCESSIONÁRIO DE ÁGUA E ENERGIA EM MATO GROSSO.

    O MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL E ESTADUAL PRECISAM INVESTIGAR ESSE FENÔMENO, CUJO ESCRITÓRIO FUNCIONA NA AVANIDA MIGUEL SUTIL, ESQUINA COM A AV. SÃO SEBASTIÃO.

    É MUITA SORTE TRANFORMAR-SE DE MADEREIRO EM GRANDE EMPRESÁRIO DAS CONCESSÕES. COMO JÁ HOUVE COMENTÁRIO A RESPEITO DESSE MOÇO COM SUGESTÃO DE QUEBRA DE SIGILO BANCÁRIO E TELEFÔNICO, TAIS INICIATIVAS SERIAM FUNDAMENTAIS PARA ELUCIDAREM OS PODRES DOS BASTIDORES DESSES BENEFÍCIOS.

    A POPULAÇÃO DE MATO GROSSO NÃO AGUANTAM MAIS TANTA IMPUNIDADE, CHEGANDO A IMAGINAR QUE O CRIME COMPENSA!?!??????!!!!

    COM A PALAVRA O MP .....

  • Andrea S Barros Canastra | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Caro Romilson,
    Acho que algumas informações foram omitidadas.Essa empreiteira Nascimento não é aquela ligada a turma do PSDB?Que tinha como sócio na época o irmão do Senador Antero que é o mentor do TAPETÂO?O sócio de Ricardo não seria um tal de Luiz Carlos Paes de Barros?Então devemos ver por onde anda o restante da turma da`Àgua e ver quais as figuras publicas realmente tem aguá e quando as compraram, por que deve ter gente ganhando muito com isso.....Acho que mais uma vez a cuiabania que vir mandar aqui!!!!!Isso tá me cheirando coisa de gente que só sabe mentir e ludibriar as pessoas se passando de bom moço e na verdade é uma rapoza querendo comer os cordeirinhos.
    Essa com certeza é mais uma mentira do Prefeito Interino,igual a do contrato lembram?
    E por falar em contrato cade o contrato da agua de Cáceres?Foi assinado antes ou depois da audiencia?Será que dá para por uma cópia aqui no site?
    Espero ver essas respostas publicadas.....

  • Sérgio Frias | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0


    Meu caro, Romilson, quanto foi mesmo que o Túlio Fontes pagou pra vc colocar esta matéria, pois tudo indica que esta só pra ferir a moral do antigo prefeito.
    Porque vc não faz uma matéria justa com todas as informações, inclusive mostrando que quem é dono de todas essas empresas é ANTERO, que financiou Túlio em Cáceres.

    Por favor chega de matéria paga.

    Resposta - Prezado Sérgio,
    Não tem cabimento essa sua ilação. Basta uma reportagem que contraria interesses, inclusive o seu, para se pensar que alguém está levando vantagem financeira. Aqui, caro leitor, fazemos jornalismo e sem rodeios e rabo preso. Analise os documentos contidos na matéria de capa e nos links e, a partir daí, tire suas conclusões. Se você preferir, podemos mostrá-los pessoalmente. Estão arquivados na redação do RDNews todos esses documentos, reconhecidos pela Junta Comercial. São dados oficiais. Agora, se há documentos que comprovam que outras pessoas aparecem na lista societária dessas empresas que exploram o sistema de água e esgoto nestes municípios, por gentileza, colabore com a gente para podermos ter segurança na divulgação. No mais, obrigado por acessar o site-blog. Atenciosamente, Romilson Dourado

Entrando na briga à AMM muito tarde

maurao curtinha 400   Mauro Rosa, o Maurão (foto), que está encerrando o segundo mandato como prefeito de Água Boa, é o único candidato no duelo com Neurilan Fraga, que busca mais um mandato no comando da AMM, entidade que representa as prefeituras mato-grossenses. O problema é que Maurão entrou...

Com Paccola, Câmara terá polêmicas

paccola 400 curtinha   O vereador eleito pela Capital, tenente-coronel PM Marcos Eduardo Ticianel Paccola (foto), do Cidadania, promete levar muitas polêmicas para os embates que pretende travar no Legislativo. Ele é daqueles sem papas na língua. Defende, por exemplo, que a população tenha direito de se armar. Em...

Esposa de deputado na 2ª suplência

maria avalone 400   Não foi só o deputado estadual Wilson Santos que frustrou-se na tentativa de eleger membro da família à cadeira de vereador. O também parlamentar Carlos Avalone, presidente regional do PSDB, apostou todas as fichas na esposa Maria Avalone. Mas ela só chegou à...

Neurilan e apoio de Botelho à AMM

eduardo botelho 400 curtinha   Em busca de apoio de lideranças políticas para permanecer no comando da AMM por mais três anos, Neurilan Fraga foi pedir socorro para o presidente da Assembleia, deputado Eduardo Botelho (foto). Quer que o parlamentar seja o presidente de honra de sua chapa. Neurilan tem se articulado como pode e,...

Candidato irritado chama EP de traste

abilio junior 400 curtinha   Abílio Júnior (foto), candidato do Podemos ao Palácio Alencastro, tem se mostrado mais irritado depois do debate promovido pela Fecomércio, na quarta à noite, quando, em vários momentos, se viu questionado e desqualificado pelo prefeito e candidato à...

Prefeito reeleito sob investigações

ze do patio 400 curtinha   A situação jurídica do prefeito populista e desgastado Zé do Pátio (foto), que acaba de ser reeleito para o terceiro mandato em Rondonópolis, sendo o segundo consecutivo, não é das melhores. Contra sua gestão tem pipocado denúncias sobre...