Últimas

Terça-Feira, 03 de Abril de 2007, 07h:23 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

CÁCERES

Henry não seria reeleito hoje; Túlio Fontes lidera

  O ex-prefeito Túlio Fontes (DEM) lidera de ponta-a-ponta a sucessão em Cáceres (a 210 km a Oeste de Cuiabá). Se as eleições fossem hoje, o ex-pefelista e agora democrata seria eleito. Em todas as simulações, seu nome aparece com larga vantagem, inclusive sobre o atual prefeito Ricardo Henry (PP). A revelação é da Mark Instituto de Pesquisa e Opinião. A amostragem foi feita no último dia 28, com margem de erro de 3% para mais ou para menos.

    Diante de um quadro de pré-candidatos completamente indefinido, pois ainda restam 17 meses para as eleições, o instituto fez 10 simulações para saber desde já como está a preferência do eleitorado cacerense sobre a corrida sucessória - confira nos quadros abaixos.

     Conforme revela a pesquisa estimula 1, numa disputa entre Fontes, Henry e a peemedebista Fernanda Martins, o ex-prefeito seria eleito com 47,8%. O atual prefeito teria 24,9% das intenções de voto e, Fernanda, 9,2%

    Com o ex-presidente da Câmara Municipal, vereador Wilson Kishi (PDT), no páreo, Túlio Fontes manteria o mesmo percentual, mas Henry cairia para 20,8%, enquanto o pedetista figura em terceiro com 16% (estimulada 2).

    A Mark simulou também uma disputa envolvendo Fontes, Henry, Fernanda e Duda Barros, que trocou o PSDB pelo PP, partido do atual prefeito. Nesse cenário (estimulada 3), Fontes impõe liderança com 47,4%, seguido do prefeito, com 22,9%. Fernanda teria 7,8% e, Duda, filho do ex-prefeito Aloísio de Barros, figura com 4,4%.

    Numa outra situação (estimulada 4), sem a peemedebista Fernanda Martins, que já tentou, sem êxito, cargo de prefeita e de deputada, Túlio Fontes aparece com 50,9%, seguindo de Henry (24,6%) e Duda (6,1%).

   Sem o nome do prefeito Ricardo Henry, irmão do deputado federal Pedro Henry, Túlio Fontes, hoje diretor-administrativo financeiro da Empaer, também lidera. Bateria com folga todos os virtuais concorrentes, como Fernanda e Duda (estimulada 5), Kishi e Fernanda (quadro 6).

    Num confronto Fontes x Henry (estimulada 7), o ex-prefeito democrata conquistaria, de novo, a Prefeitura de Cáceres. "Abocanharia" 52,2% dos votos, contra 23,5% do atual prefeito. Nessa simulação, 13,7% se mostraram indecisos e, 10,6%, preferiram não emitir opinião.

    Ricardo Henry, que já cumpriu metade do mandato, seria reeleito se tivesse como adversários Duda Barros (31,4% a 16,7%) e Fernanda (30% a 24,2%).

     Trabalho de campo

    A Mark entrevistou 293 eleitores cacerenses em 36 bairros. São eles: Cavalhada, centro, São José, Guanabara, Dner, Junco, Vila Mariana, Sadia, Jardim Cidade Nova, Poupex, Santo Ângelo, Jardim Lucélia, Olhos D`Água, Jardim São Luiz, Santa Cruz, Rodeio, Vila Real, Cohab Nova, Jardim Celeste, Jardim Padre Paulo, Vitória, Santo Antônio, Marajoara, N. H. Massa Barro, Paraíso, Panorama, Caramujo, Santa Isabel, Cohab Velha, São Lourenço, São Jorge, São Miguel, JK e Parque Nova Era.

    Dos entrevistados, 90,8% moram na zona urbana e, 9,2%, na rural. Quanto à idade, 5,5% têm entre 16 e 17 anos; 21,8% estão na faixa entre 18 e 24; enquanto 28,7% disseram ter de 25 a 34. Outros 17,4% possuem entre 35 e 44 anos e 19,5% se revelam na faixa de 45 a 59. Dos que opinaram, 7,2% têm mais de 60 anos. A maioria (54,6%) dos entrevistados é do sexo masculino.

   Quanto ao grau de instrução, 30,7% disseram que estão entre o ensino fundamental e o médio incompleto; 24,2% possuem o ensino médio completo e 22,5% são analfabetos e/ou têm o primário incompleto. Possuem ensino superior 4,8%.

   Sobre a renda familiar, 49,1% ganham até cinco salários mínimos; 28% entre 5 e 10 mínimos; 13,7% até um salário; e 7,5% entre 10 e 20. Dos entrevistados, 1,7% revelou que o rendimento mensal da família supera a 20 salários mínimos.

Confira abaixo as 10 simulações sobre a corrida sucessória em Cáceres.

Em quem o sr (a) votaria para

prefeito se as eleições fossem

hoje e os candidatos

fossem estes?

 

ESTIMULADA 01

Opções                        percentual

Túlio Fontes                 47,8%

Ricardo Henry              24,9%

Fernanda Martins          9,2%

NS/NR                         9,2%

Nenhum/branco/nulo     8,9%

 

 

ESTIMULADA 2

Opções                        percentual

Túlio Fontes               47,8%

Ricardo Henry            20,8%

Wilson Kishi               16,0%

NS/NR                        7,8%

Nenhum/branco/nulo    7,5%

 

 

ESTIMULADA 3

Opções                       percentual

Túlio Fontes                47,4%

Ricardo Henry            22,9%

Fernanda Martins         7,8%

Dudea Barros              4,4%

NS/NR                        9,2%

Nenhum/branco/nulo    8,2%

 

 

ESTIMULADA 4

Opções                        percentual

Túlio Fontes                 50,9%

Ricardo Henry              24,6%

Duda Barros                   6,1%

NS/NR                          9,2%

Nenhum/branco/nulo      9,2%

 

 

ESTIMULADA 5

Opções                        percentual

Túlio Fontes                 49,8%

Fernanda Martins         13,7%

Duda Barros                  6,8%

NS/NR                        16,4%

Nenhum/branco/nulo    13,3%

 

 

ESTIMULADA 6

Opções                       percentual

Túlio Fontes                 51,2%

Wilson Kishi                17,1%

Fernanda Martins           8,2%

NS/NR                        14,0%

Nenhum/branco/nulo      9,6%

 

 

ESTIMULADA 7

Opções                     percentual

Túlio Fontes               52,2%

Ricardo Henry            23,5%

NS/NR                       13,7%

Nenhum/branco/nulo   10,6%

 

 

ESTIMULADA 8

Opções                     percentual

Ricardo Henry            31,4%

Duda Barros               16,7%

NS/NR                       16,0%

Nenhum/branco/nulo   35,8%

 

 

ESTIMULADA 9

Opções                     percentual

Ricardo Henry            30%

Fernanda Martins       24,2%

NS/NR                      14,3%

Nenhum/branco/nulo   31,4%

 

 

ESTIMULADA 10

Opções                        percentual

Túlio Fontes                 51,9%

Fernanda Martins         16,4%

NS/NR                        16,7%

Nenhum/branco/nulo    15,0%

 

Fonte: Mark Instituto de Pesquisa e Opinião

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

PGR monitora delação de ex-deputado

jose riva 400 curtinha   Membros do alto escalão da Procuradoria-Geral da República, que rejeitou a proposta de delação de José Riva (foto) na esfera federal por causa de omissão de crimes, estão monitorando os bastidores do acordo de colaboração, agora entre o Ministério...

Fritado no PDT e buscando o Aliança

antonio galvan 400 curtinha   Fritado no PDT, o presidente da Aprosoja, Antonio Galvan (foto), pretende agora procurar espaço em um partido considerado de direita. E está se movimentando para assumir em MT o comando do Aliança pelo Brasil, partido que está sendo criado pelo presidente Bolsonaro. O sojicultor se mostra,...

Lúdio e incógnita sobre quem apoiar

ludio cabral 400 curtinha   Em 2010, com PT rachado, o hoje deputado estadual Lúdio Cabral (foto) não apoiou Carlos Abicalil, do seu partido, para o Senado. Preferiu virar cabo eleitoral de Pedro Taques, que se elegeu. Agora, para este pleito suplementar ao Senado marcado para 26 de abril, para preencher a vacância devido...

Cotado à cadeira de desembargador

francisco faiad 400 curtinha   É forte o movimento nos bastidores entre os juristas, dentro e fora da OAB/MT, pela indicação do nome de Francisco Faiad (foto) pela classe Quinto Constitucional à cadeira de desembargador. Bem articulado e com bom conceito no meio jurídico, Faiad foi presidente da OAB/MT por dois...

Pivetta promete permanecer no PDT

allan kardec 400 curtinha   O empresário Otaviano Pivetta, que se tornou o mais badalado nesta fase de pré-campanha ao Senado por causa da grande logística em torno do seu nome, se encontra numa saia-justa. Para líderes do Podemos com os quais passou a ter afinidade política, como os senadores Álvaro Dias e...

Ao Senado, 2 partidos e apoio para EP

elizeu nascimento 400 curtinha   Elizeu Nascimento (foto), terceiro-sargento PM licenciado, não é nada bobo. Ex-vereador pela Capital e no mandato de deputado estadual, Elizeu hoje controla o DC-MT e ainda levou aliados de confiança para o PSL-MT, partido que ainda está ligado ao presidente Bolsonaro e que só de...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Bolsonaro...

excelente

bom

razoável

ruim

péssimo

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.