Últimas

Terça-Feira, 03 de Abril de 2007, 07h:23 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

CÁCERES

Henry não seria reeleito hoje; Túlio Fontes lidera

  O ex-prefeito Túlio Fontes (DEM) lidera de ponta-a-ponta a sucessão em Cáceres (a 210 km a Oeste de Cuiabá). Se as eleições fossem hoje, o ex-pefelista e agora democrata seria eleito. Em todas as simulações, seu nome aparece com larga vantagem, inclusive sobre o atual prefeito Ricardo Henry (PP). A revelação é da Mark Instituto de Pesquisa e Opinião. A amostragem foi feita no último dia 28, com margem de erro de 3% para mais ou para menos.

    Diante de um quadro de pré-candidatos completamente indefinido, pois ainda restam 17 meses para as eleições, o instituto fez 10 simulações para saber desde já como está a preferência do eleitorado cacerense sobre a corrida sucessória - confira nos quadros abaixos.

     Conforme revela a pesquisa estimula 1, numa disputa entre Fontes, Henry e a peemedebista Fernanda Martins, o ex-prefeito seria eleito com 47,8%. O atual prefeito teria 24,9% das intenções de voto e, Fernanda, 9,2%

    Com o ex-presidente da Câmara Municipal, vereador Wilson Kishi (PDT), no páreo, Túlio Fontes manteria o mesmo percentual, mas Henry cairia para 20,8%, enquanto o pedetista figura em terceiro com 16% (estimulada 2).

    A Mark simulou também uma disputa envolvendo Fontes, Henry, Fernanda e Duda Barros, que trocou o PSDB pelo PP, partido do atual prefeito. Nesse cenário (estimulada 3), Fontes impõe liderança com 47,4%, seguido do prefeito, com 22,9%. Fernanda teria 7,8% e, Duda, filho do ex-prefeito Aloísio de Barros, figura com 4,4%.

    Numa outra situação (estimulada 4), sem a peemedebista Fernanda Martins, que já tentou, sem êxito, cargo de prefeita e de deputada, Túlio Fontes aparece com 50,9%, seguindo de Henry (24,6%) e Duda (6,1%).

   Sem o nome do prefeito Ricardo Henry, irmão do deputado federal Pedro Henry, Túlio Fontes, hoje diretor-administrativo financeiro da Empaer, também lidera. Bateria com folga todos os virtuais concorrentes, como Fernanda e Duda (estimulada 5), Kishi e Fernanda (quadro 6).

    Num confronto Fontes x Henry (estimulada 7), o ex-prefeito democrata conquistaria, de novo, a Prefeitura de Cáceres. "Abocanharia" 52,2% dos votos, contra 23,5% do atual prefeito. Nessa simulação, 13,7% se mostraram indecisos e, 10,6%, preferiram não emitir opinião.

    Ricardo Henry, que já cumpriu metade do mandato, seria reeleito se tivesse como adversários Duda Barros (31,4% a 16,7%) e Fernanda (30% a 24,2%).

     Trabalho de campo

    A Mark entrevistou 293 eleitores cacerenses em 36 bairros. São eles: Cavalhada, centro, São José, Guanabara, Dner, Junco, Vila Mariana, Sadia, Jardim Cidade Nova, Poupex, Santo Ângelo, Jardim Lucélia, Olhos D`Água, Jardim São Luiz, Santa Cruz, Rodeio, Vila Real, Cohab Nova, Jardim Celeste, Jardim Padre Paulo, Vitória, Santo Antônio, Marajoara, N. H. Massa Barro, Paraíso, Panorama, Caramujo, Santa Isabel, Cohab Velha, São Lourenço, São Jorge, São Miguel, JK e Parque Nova Era.

    Dos entrevistados, 90,8% moram na zona urbana e, 9,2%, na rural. Quanto à idade, 5,5% têm entre 16 e 17 anos; 21,8% estão na faixa entre 18 e 24; enquanto 28,7% disseram ter de 25 a 34. Outros 17,4% possuem entre 35 e 44 anos e 19,5% se revelam na faixa de 45 a 59. Dos que opinaram, 7,2% têm mais de 60 anos. A maioria (54,6%) dos entrevistados é do sexo masculino.

   Quanto ao grau de instrução, 30,7% disseram que estão entre o ensino fundamental e o médio incompleto; 24,2% possuem o ensino médio completo e 22,5% são analfabetos e/ou têm o primário incompleto. Possuem ensino superior 4,8%.

   Sobre a renda familiar, 49,1% ganham até cinco salários mínimos; 28% entre 5 e 10 mínimos; 13,7% até um salário; e 7,5% entre 10 e 20. Dos entrevistados, 1,7% revelou que o rendimento mensal da família supera a 20 salários mínimos.

Confira abaixo as 10 simulações sobre a corrida sucessória em Cáceres.

Em quem o sr (a) votaria para

prefeito se as eleições fossem

hoje e os candidatos

fossem estes?

 

ESTIMULADA 01

Opções                        percentual

Túlio Fontes                 47,8%

Ricardo Henry              24,9%

Fernanda Martins          9,2%

NS/NR                         9,2%

Nenhum/branco/nulo     8,9%

 

 

ESTIMULADA 2

Opções                        percentual

Túlio Fontes               47,8%

Ricardo Henry            20,8%

Wilson Kishi               16,0%

NS/NR                        7,8%

Nenhum/branco/nulo    7,5%

 

 

ESTIMULADA 3

Opções                       percentual

Túlio Fontes                47,4%

Ricardo Henry            22,9%

Fernanda Martins         7,8%

Dudea Barros              4,4%

NS/NR                        9,2%

Nenhum/branco/nulo    8,2%

 

 

ESTIMULADA 4

Opções                        percentual

Túlio Fontes                 50,9%

Ricardo Henry              24,6%

Duda Barros                   6,1%

NS/NR                          9,2%

Nenhum/branco/nulo      9,2%

 

 

ESTIMULADA 5

Opções                        percentual

Túlio Fontes                 49,8%

Fernanda Martins         13,7%

Duda Barros                  6,8%

NS/NR                        16,4%

Nenhum/branco/nulo    13,3%

 

 

ESTIMULADA 6

Opções                       percentual

Túlio Fontes                 51,2%

Wilson Kishi                17,1%

Fernanda Martins           8,2%

NS/NR                        14,0%

Nenhum/branco/nulo      9,6%

 

 

ESTIMULADA 7

Opções                     percentual

Túlio Fontes               52,2%

Ricardo Henry            23,5%

NS/NR                       13,7%

Nenhum/branco/nulo   10,6%

 

 

ESTIMULADA 8

Opções                     percentual

Ricardo Henry            31,4%

Duda Barros               16,7%

NS/NR                       16,0%

Nenhum/branco/nulo   35,8%

 

 

ESTIMULADA 9

Opções                     percentual

Ricardo Henry            30%

Fernanda Martins       24,2%

NS/NR                      14,3%

Nenhum/branco/nulo   31,4%

 

 

ESTIMULADA 10

Opções                        percentual

Túlio Fontes                 51,9%

Fernanda Martins         16,4%

NS/NR                        16,7%

Nenhum/branco/nulo    15,0%

 

Fonte: Mark Instituto de Pesquisa e Opinião

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Nezinho, nova derrota e aposentadoria

nezinho 400   Aos 69 anos, o petebista Carlos Roberto da Costa, o Nezinho (foto), considerado da velha guarda política, tentou, mas foi reprovado nas urnas em Nossa Senhora do Livramento. Ele concorreu a prefeito em quatro pleitos. E já exerceu dois mandatos. Nezinho já foi secretário-adjunto de Fazenda do Estado,...

EP cresce 5; Abílio perde 3, diz Ibope

emanuel pinheiro 400 curtinha   Pelos números do Ibope, revelados nesta sexta à noite pela TV Centro América (Globo), Abílio Júnior (Podemos) oscilou negativamente 3 pontos percentuais em menos de uma semana, de 48% para 45% das intenções de voto. Já o emedebista Emanuel Pinheiro (foto)...

Sob arrogância, ataque e desrespeito

abilio junior 400 curtinha   O candidato Abílio Junior (foto), que disputa o segundo turno em Cuiabá com o prefeito Emanuel, chegou bastante nervoso e irritado para o debate nesta sexta, na TV Vila Real (Record). Demonstrando arrogância, ignorou o superintendente do Grupo Gazeta de Comunicação, Dorileo Leal, na...

Candidatos, tensão, debate e bate boca

antoniocarlos   Em debate tenso, na TV Vila Real (do grupo Gazeta) e, após troca de acusações sobre atos de corrupção e servidores fantasmas, os candidatos à Prefeitura de Cuiabá Abílio Júnior (Pode) e Emanuel Pinheiro (MDB) protagonizaram bate boca por mais de uma vez. O clima ficou...

Abílio contrata 400 fiscais para eleição

A campanha do candidato Abílio Júnior (Pode) decidiu contratar 400 fiscais para atuar nesta eleição de domingo. Isso derruba o discurso do candidato do Podemos de que todos atuam de forma voluntária em prol da sua vitória. Aliás, quando questionado sobre a grande estrutura que montou neste segundo turno, inclusive sobre a equipe de marketing, disse que todos são colaboradores. Na sua versão, ninguém recebe pelo trabalho,...

Entrando na briga à AMM muito tarde

maurao curtinha 400   Mauro Rosa, o Maurão (foto), que está encerrando o segundo mandato como prefeito de Água Boa, é o único candidato no duelo com Neurilan Fraga, que busca mais um mandato no comando da AMM, entidade que representa as prefeituras mato-grossenses. O problema é que Maurão entrou...