Últimas

Terça-Feira, 06 de Maio de 2008, 19h:04 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:20

CÁCERES

Henry nega uso de concurso para autopromoção


Ricardo Henry, pré-candidato à reeleição, tenta se justificar

  Uma semana depois do RDNews tornar público a estratégia do prefeito Ricardo Henry, pré-candidato à reeleição, em usar uma das perguntas de um concurso público para propagar o seu nome, o progressista resolveu se pronunciar sobre o assunto. Divulgou nesta terça (6) uma nota de esclarecimento. Ele garante que não foi o autor da idéia de incluir seu nome em umas das questões. Os mais de 11 mil participantes da prova tiveram de responder a seguinte questão: "Nos últimos anos, Cáceres procurou estruturar-se como importante pólo fluvial no contexto mato-grossense, incorporando-se à política de integração Latino-Americana, o atual prefeito de Cáceres é: a) Ricardo Senatore, b) Ricardo Henry, c) Ricardo Crepaldi; d) Ricardo Silva". 

    A pergunta seguida dos prenomes Ricardo como opções de resposta ganhou repercussão nacional. Foi destaque na Folha de S. Paulo, o maior jornal do país. Henry transfere a responsabilidade da elaboração da questão à empresa contratada para formular a prova do concurso. Trata-se da Assessoria Consultoria Planejamento e Informática.

   "A responsabilidade sobre as provas, bem como sobre qualquer outro eventual questionamento relacionado à realização do concurso público, compete exclusivamente à empresa ACPI", diz o prefeito. Henry também afirma que vai pedir explicações à empresa.

   O prefeito cacerense resolveu se manifestar agora depois que o Ministério Público Eleitoral entrou no assunto. Vai instaurar procedimentos investigatórios. Henry corre risco de responder por propaganda extemporânea e por atos de improbidade.  (Simone Alves)

   A nota de esclarecimento é dividida em 5 tópicos. Eis a íntegra abaixo:

 1) A Prefeitura Municipal de Cáceres, com o propósito de garantir a máxima legalidade, lisura e transparência no concurso público destinado a preencher vagas na administração municipal, realizou licitação pública, em 12 de julho de 2007, para a contratação de Empresa Especializada na Prestação de Serviços Técnicos Profissionais Especializados para Elaboração de Concurso Público”.
2)  No referido certame, sagrou-se vencedora a empresa ACPI – ASSESSORIA CONSULTORIA PLANEJAMENTO & INFORMÁTICA LTDA, cujo contrato de prestação do serviço foi assinado com a municipalidade no dia 09 de janeiro de 2008.
3) No referido contrato, a empresa ACPI assumiu TOTAL RESPONSABILIDADE pela PREPARAÇÃO, ORGANIZAÇÃO E REALIZAÇÃO do CONCURSO, inclusive pela ELABORAÇÃO, APLICAÇÃO e CORREÇÃO das PROVAS teóricas a que foram submetidos os candidatos, conforme determinam a Letra E da Cláusula 1 do contrato, bem como os artigos 6.2.3 e 6.2.11 da Cláusula 6, disponíveis a todos os interessados na sede da prefeitura municipal.
4) Portanto, não partiu do prefeito municipal nem de qualquer membro da atual administração qualquer iniciativa referente ao conteúdo das provas, tampouco do seu processamento ou aplicação. A responsabilidade sobre as provas, bem como sobre qualquer outro eventual questionamento relacionado à realização do Concurso Público, compete exclusivamente à empresa ACPI, que deve prestar os esclarecimentos sobre os critérios empregados na definição das provas.
5) Todavia, como Prefeito Municipal de Cáceres, já solicitei à empresa ACPI que apresente imediatamente à Prefeitura Municipal, ao Ministério Público Estadual e ao público em geral todos os procedimentos relativos ao concurso para que a verdade seja restabelecida e, na eventualidade de alguma irregularidade, que as providências corretivas sejam imediatamente tomadas."
Cáceres, 06 de Maio de 2008.
Ricardo Luiz Henry
Prefeito de Cáceres

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • Rinaldo Silva | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Infelizmente trata-se da mesma cupula...henry & acpi são da mesma batotinha...e isso que contratam a empresa pra prestar diversos serviços ao município..mas nenhum prestam...vindo da acpi é isso mesmo..incompetentes..estão sendo patrolados no mercado...estão em decadência..

  • CIDADÃO DESESPERANÇADO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É como dizia um antigo ditado na epoca da ditadura:EXPLICA MAS NÃO JUSTIFICA.

  • Zé Cuiabano | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É brincadeira, junta um prefeito inoperante com uma empresa incompetente e puxa-saco como é a ACPI e cometem um belo crime. Pergunto! Será que uma empresa como a ACPI não conhece a legislação brasileira? Se não conhece passa um tremendo certificado de burrice e incompetência. Se conhece, e entabulou tal questão, também demonstra falta de ética e se coloca como uma empresinha que faz-de-tudo-para-garantir-seus-contratos.
    Que pena que esta empresa detêm cerca de 40 municípios de Mato Grosso em seum portifólio de clientes. Também servindo seus clientes deste modo, vamos saber o que não há nos bastidores de tais contratos...

  • Amadeu Tavares | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Jogar a culpa em outro é fácil, ainda mais quando contrata uma empresa em estrutura e sem experiência em concurso, como é este caso. Eu imagino como é que o povo da cidade de Cáceres esteja sofrendo com a familia Henry. É lamentável. É vergonhoso. É safadeza. É incompetência. É tantas e tantas outras coisas (impublicável)...
    Acorda Cáceres.
    Aproveite o momento eleitoral e MUDE.
    A hora está chegando!

Romoaldo, prescrição e elegibilidade

romoaldo junior 400 curtinha   Assim como Wilson Santos, o deputado Romoaldo Júnior (foto) assegura que hoje também está elegível porque uma condenação de dois anos e três meses de prisão, inclusive com perda do mandato, acabou prescrita. Ele disse que ainda não sabe se disputará...

Juca quer ex-deputado no Gabinete

roberto nunes 400   O presidente do Legislativo cuiabano, vereador Juca do Guaraná, disse que irá convidar o ex-vereador, ex-vice-prefeito e ex-deputado estadual Roberto Nunes (foto) para assumir a Chefia de Gabinete da Presidência. Enfatiza que Roberto é bem articulado politicamente, tem habilidade e experiência e,...

Governo "desmama" senador do Dnit

wellington fagundes 400   O Governo Bolsonaro conseguiu, enfim, "desmamar" Wellington Fagundes (foto) do Dnit. Há décadas, entra e sai governo e o ex-deputado federal por seis mandatos (24 anos) e no cargo de senador desde 2015 vinha indicando apadrinhados no cargo de superintendente regional do Dnit em MT. O último foi Orlando...

Ex-deputado demitido de assessoria

luiz soares 400   O ex-deputado Luiz Soares (foto), hoje com 63 anos, foi exonerado do cargo de assessor parlamentar do contemporâneo Wilson Santos. Ganhava quase R$ 10 mil brutos. Estava lotado no gabinete do deputado tucano havia quase dois anos. Soares é pensionista do extinto Fundo de Assistência Parlamentar, ganhando...

Arsec concede reajuste; prefeito veta

alexandro adriano arsec 400   No último dia 22, a diretoria-executiva colegiada da Agência Municipal de Regulação de Serviços Públicos Delegados de Cuiabá (Arsec), presidida por Alexandro Adriano Lisandro (foto), aprovou índice de reajuste de 2,21% nas tarifas de água e esgoto. E...

Novo ensaio do privilegiado Neurilan

neurilan fraga 400   Neurilan Fraga (foto) transformou mesmo a AMM não apenas num cabide de emprego, mas numa entidade para, em alguns casos, atender a seus interesses pessoais. Ali, investido no cargo de presidente, inclusive já pelo quarto mandato, mesmo não sendo mais prefeito, ele se articula politicamente o tempo todo....

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT optou pela implantação do BRT em Cuiabá-VG em detrimento do VLT. O que você acha disso?

Estou de acordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.