Últimas

Quinta-Feira, 14 de Junho de 2007, 11h:35 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

VARIEDADES

Hino de MT faz referências a cidades de MS

    O Hino de Mato Grosso traz até hoje referência às cidades de Corumbá e Dourados, hoje pertencentes ao vizinho Mato Grosso do Sul. Foi o ex-governador, dom Francisco de Aquino Correa (1918-1922), o autor da letra da "Canção Mato-Grossense "reconhecida em 1983 como hino oficial do Estado. A justificativa para municípios de outros Estados fazerem parte do hino é devido à grande extensão territorial do Estado no início de sua formação, abrangendo Ponta Porã e Guaporé, hoje, respectivamente anexados a MS e a Rondônia. Mesmo desmembrado de MS, em 1979, MT continuou sendo o terceiro maior Estado brasileiro.

     De acordo com os registros históricos, a canção fora executada pela primeira vez em 1919 na cerimônia do bicentenário de Cuiabá. Durante longa data, o hino, mesmo não sendo oficial, foi cantado nas escolas. Sua não-oficialização ocorrera por questões políticas advindas dos sucessores de Aquino Corrêa.

    Com a implantação do “Estado Novo” todos os símbolos oficiais do estado foram abolidos, restabelecendo-se seu uso em todos os Estados. MT só apresentava como símbolo a bandeira e o brasão de armas. O hino só foi oficializado no governo Júlio Campos, por meio do Decreto 38, de 03 de maio de 1983.

Clique no play e ouça o hino.


Hino de Mato Grosso

Letra: Dom Aquino Corrêa
Limitando, qual novo colosso,
O Ocidente do imenso Brasil,
Eis aqui, sempre em flor, Mato Grosso,
Nosso berço glorioso e gentil!

Eis a terra das inas faiscantes,
Eldorado como outros não há,
Que o valor de imortais bandeirantes
Conquistou ao feroz Paiaguá!


Salve, terra de amor,
Terra de ouro,
Que sonhara Moreira Cabral!
Chova o céu
Dos seus dons o tesouro
Sobre ti, bela terra natal!

Terra noiva do Sol, linda terra
A quem lá, do teu céu todo azul,
Beija, ardente, o astro louro na serra,
E abençoa o Cruzeiros do Sul!

No teu verde planalto escampado,
E nos teus pantanais como o mar,
Vive, solto, aos milhões, o teu gado,
Em mimosas pastagens sem par!

Salve, terra de amor,
Terra de ouro,
Que sonhara Moreira Cabral!
Chova o céu
Dos seus dons o tesouro
Sobre ti, bela terra natal!
Hévea fina, erva-mate preciosa,
Palmas mil são teus ricos florões;
E da fauna e da flora o índio goza
A opulência em teus virgens sertões!

O diamante sorri nas grupiaras
Dos teus rios que jorram, a flux.
A hulha branca das águas tão claras,
Em cascatas de força e de luz!


Salve, terra de amor,
Terra de ouro,
Que sonhara Moreira Cabral!
Chova o céu
Dos seus dons o tesouro
Sobre ti, bela terra natal!

Dos teus bravos a glória se expande
De Dourados até Corumbá;
O ouro deu-te renome tão grande,
Porém mais nosso amor te dará!


Ouve, pois, nossas juras solenes
De fazermos, em paz e união,
Teu progresso imortal como a fênix
Que ainda timbra o teu nobre brasão!

Salve, terra de amor,
Terra de ouro,
Que sonhara Moreira Cabral!
Chova o céu
Dos seus dons o tesouro
Sobre ti, bela terra natal!


Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • Ronaldo Figueira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Muito oportuna a observação de que referências de MS estão em nosso hino. Não seria o caso de mudar a letra, afinal o mesmo está defasado e não acrescentará muito a nossas crianças até mesmo em termos de referências geográficas.

  • Salmo silva | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Boa lembraça, colocar o hino de mato grosso no site, apesar de ter essas inrregularidade no Hino, coisa simples de arrumar, mas o interesce por esse simbolo matogrossense e tao grande que ate agora vem passado por despercebido.
    Muito pouca gente conhece a melodia desse hino, tem estudante que nem sabe que existe hino de mato grosso, estudantes e professores ,ate diretor.
    A classe politica nem se fala, vou mandar uma copia dessa materia para o secretario de Educaçao Saguas Moras

  • Antonio Carlos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O hino de Mato Grosso tem hoje a honra de ser um dos mais conhecidos hinos estaduais pela população. É um fator de identidade de nosso estado que deve ser tocado nas televisões, rádios, escolas e praças etc.. pois é a demonstração de respeito, orgulho e amor a essa terra morena.

    O mato-grossense deve aprender o hino. Pois um povo sem cultura é um povo sem identidade.

  • Adriano Souza | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Qual o problema de citar cidades do atual MS ?
    Isto nos faz lembrar que fomos unos um dia e nos recordar que devemos continuar sendo, independente de decisões governamentais.
    Além do mais, há um aspecto histórico que deve ser respeitado. A letra é histórica e composta por um filho histórico desta terra.

  • Fábio Martins Junqueira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O Hino de Mato Grosso, é antes de tudo uma Ode à História de nosso Estado e aos bravos colonizadores. O trecho seguinte da estrofe "Dos teus bravos a glória se expande, De Dourados até Corumbá" não é uma simples citação de cidades de Mato Grosso, que hoje fazem parte de Mato Grosso do Sul, mas fazem sim referência a um episódio importante da história de nosso Estado e porque não dizer da história do Brasil. Faz o trecho, uma alusão às vitórias brasileiras na Guerra do Paraguai, em que a retomada do território, "de Dourados até Corumbá", se valeu do esforços de nossa própria gente, ou sxeja, de nossos bravos matogrossenses, que atuaram naqueles instantes de intensa significância para o povo matogrossense e que inspiraram o Ilustre compositor Dom Aquino Correia.

Covid mata 20º pastor da Assembleia

aparecido domingues pastor cidao 400   Morreu neste sábado mais um pastor da Assembleia de Deus em consequência da Covid-19. Aparecido Francisco Domingues, o Cidão (foto), que era vice-presidente em Paranaíta, é o 20º pastor da Igreja em Mato Grosso a vir a óbito, após ser infectado pelo novo...

Os virtuais candidatos a governador

ygor moura 400   Mesmo que timidamente, alguns começam a externar, em privado, o desejar de disputar o governo estadual por um bloco de oposição, contrapondo o projeto de reeleição de Mauro Mendes. O empresário Ygor Moura (foto), da rede de clínicas de depilação Espaçolaser,...

Nomes "de fora" pra deputado federal

valtenir pereira 400   Enquantos os oito deputados da bancada federal de MT (Barbudo, Medeiros, Leonardo, Rosa Neide, Juarez, Bezerra, Emanuelzinho e Neri) vão em busca da reeleição, na esperança de continuarem em Brasilia por mais quatro anos, outros líderes correm por fora, dispostos a também entrar na...

Todos federais vão tentar a reeleição

carlos bezerra 400   Todos os oito deputados federais mato-grossenses estão trabalhando projeto de reeleição. Mas um resolveu espalhar, em paralelo, a ideia de tentar o Senado: Neri Geller (PP). Sabe-se, porém, que a jogada do deputado de Lucas do Rio Verde e que já foi ministro da Agricultura não passa de...

Mil cestas básicas vão para músicos

alberto machado 400   O secretário estadual de Cultura, Esporte e Lazer, Alberto Machado, o Beto 2 a 1 (foto), está comemorando a decisão do governador Mauro Mendes e da primeira-dama Virginia Mendes, que desenvolve ações sociais de forma voluntária, de disponibilizar mil cestas básicas para...

Assembleia cede espaço pra vacinação

Eduardo Botelho _ 400   O prefeito cuiabano Emanuel Pinheiro procurou e encontrou apoio da Assembleia para ampliar locais de vacinação da população contra Covid-19. Em reunião nesta sexta entre o prefeito e os deputados Eduardo Botelho (foto), Paulo Araújo e João José, que preside a...