Últimas

Sexta-Feira, 23 de Março de 2007, 22h:10 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

EXECUTIVO

Homero confirma a Blairo acusação feita por Jaime

    De Curitiba (PR), onde se encontra desde quinta-feira, o governador licenciado Blairo Maggi telefonou para o deputado federal Homero Pereira, a fim de checar se seriam verdadeiras as acusações feitas pelo senador Jaime Campos, durante espécie de 'comício' num vôo da TAM de Cuiabá a Brasília. Ouviu do parlamentar que, de fato, a reportagem de A Gazeta desta sexta, assinada pelo repórter Auro Ida, retrata a verdade dos fatos.

    Maggi, então, externou sua contrariedade com os ataques do senador pefelista. Ponderou, porém, que não iria respondê-lo. Jaime Campos chegou a dizer que na gestão da 'turma da botina', a 'comissão' subiu de 10%, comum nos governos anteriores' para 50%.

Confira abaixo a reprodução das duas matérias sobre as polêmicas declarações de Jaime publicadas nesta sexta em A Gazeta.

Governo está podre, afirma Jaime

Auro Ida
Da Redação

  "O governo Maggi está podre. Só não sofre impeachment porque segura ele na Assembléia Legislativa". A afirmação foi feita pelo senador Jaime Campos, um dos principais líderes do PFL, ao transformar o vôo JJ-3599 da TAM, que saiu do aeroporto Marechal Rondon às 5h30 da última terça-feira com destino a Brasília, num "comício" contra a administração estadual.

    Ele sinalizou claramente que está caminhando para o rompimento com o governo Maggi. Sem papas na língua, Campos fez inúmeras acusações, entre elas, de que, na gestão da "turma da botina", a "comissão" subiu de 10% comum nos governos anteriores para 50%. "Um absurdo", avaliou.

    De pé no corredor do avião, dirigindo-se ao deputado federal Homero Pereira, que estava ao lado do jornalista e advogado João Pedro Marques, Jaime Campos fez um verdadeiro comício e, em voz alta, bradou que o governo Maggi está uma vergonha e que existem uma enxurrada de dossiês contra a administração estadual.

   "Há uma montanha de dossiê que irá abalar a República". O seu alvo principal foi a secretaria de Infra-Estrutura, cujo secretário é Vilceu Marchetti, indicado pelo PFL. Sentado na poltrona à frente, o secretário de Fazenda, Waldir Teis, fazia de conta que dormia, enquanto, por sua vez, o secretário de Indústria, Comércio e Minas e Energia, Alexandre Furlan, lia uma revista. Fingia que estava alheio ao destempero verbal do senador.

    Enquanto isso, Homero sofria com os impropérios de Jaime, que o acusou de fazer "prospecção" de prefeitos em dificuldades para, depois, o secretário de Educação, Luiz Pagot, vir com "o mangueirão de diesel" para "arrebanhá-los para o PR. Meio sem jeito, Homero tentou se defender, mas o senador pefelista, nas duas horas de vôo, não deixou quase espaço para ele protestar. De bom, o parlamentar republicano ouviu de Jaime que irá se eleger senador da República em 2010, sucedendo o senador Jonas Pinheiro (PFL). "O Jonas não aguenta mais. O Homero será o sucessor dele no meio rural". O Jonas vai para casa depois desse mandato".

JPM sai na defesa da dministração

Auro Ida
Da Redação

   Depois de ouvir as críticas, acusações e as denúncias do senador Jaime Campos, João Pedro Marques tentou defender o governador Blairo Maggi, observando que o chefe doe executivo estadual mandou apurar todas as denúncias que foram feitas contra a sua gestão. "Se tudo que o senhor está dizendo é verdade, tenho certeza que o governador não sabe. Acho que o senhor deveria falar para ele que irá tomar as providências", ponderou.

   "Você está falando isso porque o Teis está aqui", reagiu Jaime Campos. Nesse momento, de acordo com a fonte, Teis acordou momentaneamente e olhou para trás. Sem se importar com o fato, o senador acusou ainda a turma da botina de ser "fominha". Segundo ele, "o povo (membros do governo) quer apanhar tudo. Não deixa nem uma merendinha, nem um cala boca", reclamou. No dia anterior à viagem, Jaime Campos informou a um grupo de pefelista do interior que não indicou ninguém para compor o governo do Estado. "Eu não indiquei. Apenas assinei a indicação do partido", ressaltou. Por isso, segundo ele, não tinha compromisso com o governo Maggi.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Rossato quer "minar" reeleição de Ari

dilceu rossato 400 curtinha   Em Sorriso, a capital nacional do agronegócio, a tendência é da disputa à sucessão no próximo ano ficar polarizada entre o prefeito Ari Lafin, do PSDB, e seu antecessor, Dilceu Rossato (foto), hoje filiado ao PSL. Embora se movimente nos bastidores, o deputado Xuxu Dal Molin...

Misael nem espera janela e sai do PSB

misael partido 400 curtinha   Misael Galvão (foto), presidente da Câmara de Cuiabá, nem esperou chegar a janela partidária de março para oficializar a saída do PSB, onde esteve filiado por três anos. Para não colocar o mandato em risco, o parlamentar consultou a Justiça Eleitoral e obteve...

TCE-MT aprova e elogia gestão Binotti

binotti 400 curtinha   O conselheiro interino do TCE, Isaías Lopes, rasgou elogios ao primeiro ano de mandato do prefeito e empresário Luiz Binotti (foto), de Lucas do Rio Verde. Relator das contas do exercício de 2018 da prefeitura, com aprovação unânime pelo Pleno, Isaías destacou que os resultados...

Primavera fará 4 intervenções na BR

leonardo 400 curtinha   Com recursos próprios, a Prefeitura de Primavera do Leste fará quatro intervenções na BR-070, no perímetro urbano, com readaptação e construção de trevos para ajustar o trânsito a uma nova e moderna realidade do município com quase 100 mil...

Vice do DEM-Cuiabá elogia gestão EP

joao celestino 400 curtinha   O advogado João Celestino (foto), vice-presidente da comissão provisória do DEM de Cuiabá e ligado ao senador Jayme Campos, se mostra simpático à gestão Emanuel Pinheiro, do MDB. Aliás, na segunda, Celestino fez uma visita ao prefeito e elogiou a...

Prefeito Beto faz mistério sobre apoio

beto farias 400 curtinha   O prefeito de Barra do Garças, Beto Farias (foto), que está no segundo mandato e com a popularidade em alta, não revela quem apoiará para a disputa à sucessão, nem para aqueles aliados mais próximos. Quando perguntado, o emedebista costuma dizer que não está...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Como você avalia a decisão do Supremo de suspender prisão imediata após julgamento em segunda instância?

Concordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.