Últimas

Sexta-Feira, 23 de Março de 2007, 22h:10 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

EXECUTIVO

Homero confirma a Blairo acusação feita por Jaime

    De Curitiba (PR), onde se encontra desde quinta-feira, o governador licenciado Blairo Maggi telefonou para o deputado federal Homero Pereira, a fim de checar se seriam verdadeiras as acusações feitas pelo senador Jaime Campos, durante espécie de 'comício' num vôo da TAM de Cuiabá a Brasília. Ouviu do parlamentar que, de fato, a reportagem de A Gazeta desta sexta, assinada pelo repórter Auro Ida, retrata a verdade dos fatos.

    Maggi, então, externou sua contrariedade com os ataques do senador pefelista. Ponderou, porém, que não iria respondê-lo. Jaime Campos chegou a dizer que na gestão da 'turma da botina', a 'comissão' subiu de 10%, comum nos governos anteriores' para 50%.

Confira abaixo a reprodução das duas matérias sobre as polêmicas declarações de Jaime publicadas nesta sexta em A Gazeta.

Governo está podre, afirma Jaime

Auro Ida
Da Redação

  "O governo Maggi está podre. Só não sofre impeachment porque segura ele na Assembléia Legislativa". A afirmação foi feita pelo senador Jaime Campos, um dos principais líderes do PFL, ao transformar o vôo JJ-3599 da TAM, que saiu do aeroporto Marechal Rondon às 5h30 da última terça-feira com destino a Brasília, num "comício" contra a administração estadual.

    Ele sinalizou claramente que está caminhando para o rompimento com o governo Maggi. Sem papas na língua, Campos fez inúmeras acusações, entre elas, de que, na gestão da "turma da botina", a "comissão" subiu de 10% comum nos governos anteriores para 50%. "Um absurdo", avaliou.

    De pé no corredor do avião, dirigindo-se ao deputado federal Homero Pereira, que estava ao lado do jornalista e advogado João Pedro Marques, Jaime Campos fez um verdadeiro comício e, em voz alta, bradou que o governo Maggi está uma vergonha e que existem uma enxurrada de dossiês contra a administração estadual.

   "Há uma montanha de dossiê que irá abalar a República". O seu alvo principal foi a secretaria de Infra-Estrutura, cujo secretário é Vilceu Marchetti, indicado pelo PFL. Sentado na poltrona à frente, o secretário de Fazenda, Waldir Teis, fazia de conta que dormia, enquanto, por sua vez, o secretário de Indústria, Comércio e Minas e Energia, Alexandre Furlan, lia uma revista. Fingia que estava alheio ao destempero verbal do senador.

    Enquanto isso, Homero sofria com os impropérios de Jaime, que o acusou de fazer "prospecção" de prefeitos em dificuldades para, depois, o secretário de Educação, Luiz Pagot, vir com "o mangueirão de diesel" para "arrebanhá-los para o PR. Meio sem jeito, Homero tentou se defender, mas o senador pefelista, nas duas horas de vôo, não deixou quase espaço para ele protestar. De bom, o parlamentar republicano ouviu de Jaime que irá se eleger senador da República em 2010, sucedendo o senador Jonas Pinheiro (PFL). "O Jonas não aguenta mais. O Homero será o sucessor dele no meio rural". O Jonas vai para casa depois desse mandato".

JPM sai na defesa da dministração

Auro Ida
Da Redação

   Depois de ouvir as críticas, acusações e as denúncias do senador Jaime Campos, João Pedro Marques tentou defender o governador Blairo Maggi, observando que o chefe doe executivo estadual mandou apurar todas as denúncias que foram feitas contra a sua gestão. "Se tudo que o senhor está dizendo é verdade, tenho certeza que o governador não sabe. Acho que o senhor deveria falar para ele que irá tomar as providências", ponderou.

   "Você está falando isso porque o Teis está aqui", reagiu Jaime Campos. Nesse momento, de acordo com a fonte, Teis acordou momentaneamente e olhou para trás. Sem se importar com o fato, o senador acusou ainda a turma da botina de ser "fominha". Segundo ele, "o povo (membros do governo) quer apanhar tudo. Não deixa nem uma merendinha, nem um cala boca", reclamou. No dia anterior à viagem, Jaime Campos informou a um grupo de pefelista do interior que não indicou ninguém para compor o governo do Estado. "Eu não indiquei. Apenas assinei a indicação do partido", ressaltou. Por isso, segundo ele, não tinha compromisso com o governo Maggi.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Novo ensaio do privilegiado Neurilan

neurilan fraga 400   Neurilan Fraga (foto) transformou mesmo a AMM não apenas num cabide de emprego, mas numa entidade para, em alguns casos, atender a seus interesses pessoais. Ali, investido no cargo de presidente, inclusive já pelo quarto mandato, mesmo não sendo mais prefeito, ele se articula politicamente o tempo todo....

Dobradinha no Podemos pela reeleição

claudinei 400 curtinha   Eleito deputado na onda Bolsonaro, o delegado de Polícia Claudinei de Souza Lopes (foto) resolveu deixar o PSL e vai se abrigar no Podemos. Sonha com a reeleição. Sua estratégia é trabalhar o que se chama de dobradinha eleitoral com o deputado federal José Medeiros, especialmente em...

Valtenir atrai lideranças para o MDB

valtenir pereira 400   Mesmo sem mandato eletivo, o ex-vereador pela Capital e ex-deputado federal Valtenir Pereira (foto) continua se articulando nos bastidores, agora pelo fortalecimento do seu partido, o MDB. Ele está convencendo algumas lideranças a se filiar na legenda emedebista. Dois líderes são prefeitos...

Chefe do Escritório de ROO em Cuiabá

mario marques 400 curtinha   O prefeito de Rondonópolis, Zé do Pátio, que iniciou neste mês o 3º mandato, mantém como parte da estrutura da administração um cargo de chefe do Escritório de Representação do município na Capital. E Pátio nomeou para esta...

Prefeito cria comitê pra debater modal

emanuel pinheiro 400 curtinha   Mesmo o governador Mauro Mendes já tendo anunciado que vai implantar o BRT na Região Metropolitana, em detrimento do VLT, o prefeito cuiabano Emanuel Pinheiro (foto) criou um comitê de análise técnica para, segundo ele, definir o modal de transporte para a região. Emanuel...

Desembargadores recebem 6 auxílios

maria helena povoas 400   O Tribunal de Justiça de MT, presidido pela desembargadora Maria Helena Póvoas (foto), vai pagar uma série de direitos e vantagens que "engordam" substancialmente o subsídio de seus magistrados e que foram programados pelo ex-presidente Carlos Alberto para liberá-los no orçamento...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT optou pela implantação do BRT em Cuiabá-VG em detrimento do VLT. O que você acha disso?

Estou de acordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.