Últimas

Sábado, 19 de Abril de 2008, 13h:27 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:20

MEIO AMBIENTE

Homero volta a defender MT fora da Amazônia

  O deputado Homero Pereira (PR) disse que já conversou com o senador Heráclito Fortes (DEM-PI), relator do projeto do ex-senador Jonas Pinheiro (já falecido), que propõe excluir Mato Grosso da Amazônia Legal. Homero pediu ao democrata para não engavetar  a polêmica proposta. Ele reforça a tese em plena fase de turbulência na área ambiental por causa dos números do Inpe que apontam MT como um dos campeões em desmatamento na região, levando mais de 80 dos 141 municípios a conviverem com restrições impostas por portarias e decretos do governo federal.

   Segundo Homero, Fortes disse que logo vai apresentar o relatório favorável à retirada do território mato-grossense da Amazônia Legal, como espécie de homenagem ao ex-senador Jonas. Integrante da bancada ruralista, Homero prestigia nesta sábado o megaleilão da Estância Bahia, em Água Boa. Ele destaca que, apesar de algumas resistências, principalmente de ONGs, "é necessário se pensar no desenvolvimento socioeconômico de Mato Grosso" e garante que a exclusão da Amazônia não representa desrepeito ao meio ambiente.

   O deputado entende que a retirada de MT da Amazônia Legal não resultaria em maior abertura de áreas para o desmate. Garante que o Estado não ficaria  vulnerável à destruição do meio ambiente em meio à exploração econômica ambiental (in)sustentável. Como integra a Amazônia, todos os 141 municípios mato-grossenses precisam manter área preservada em 80%. Pela proposta do ex-senador Jonas, MT deve ser inserido no bioma cerrado. Nesse caso, a exigência de preservação das áreas de reserva cairia para apenas 35%.

    Para Homero, é injusto o fato de todo o MT estar na região da Amazônia Legal. "Hoje, temos 42 milhões de hectares de cerrado e, no entanto, a imagem que se criou é que MT está vinculado só à Amazônia. Precisamos continuar tendo potencial de produção de alimentos, com respeito ao meio ambiente. O Brasil não pode prescindir do potencial de MT, maior produtor de carne e grãos do país". Na avaliação do deputado e presidente licenciado da Federação da Agricultura do Estado (Famato), "o Brasil está sendo injusto para com MT ao restringir de investimentos 86 dos seus municípios". (Romilson Dourado)

Postar um novo comentário

Comentários (6)

  • Márcio Gattiboni | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Estou a menos de dois meses nesta cidade e já pude perceber o quanto o conhecimento sobre desenvolvimento sustentável faz falta para os agricultores desta região.

    O pensamento deles é mais ou menos assim: floresta boa é floresta derrubada.

    Não há um planejamento para se fazer derrubadas, não há projeto que lhes explique como melhorar a criação de gado sem agredir tanto a natureza. Nunca houve um forum de discuções sobre os problemas ambientais, onde se reunissem à mesa governo, ambientalistas e agricultores, para discutirem soluções que beneficiaria ambas as partes.

    Assim como esses colonos chegaram nessa região não tiveram apoio de ninguém, muito menos de orientação de como deveriam agir.

    Imaginem voces, se Mato Grosso for retirado da amazônia legal. Sem orientação esses colonos devastariam a floresta em pouco tempo e talvez, e é quase que certeza, não obteriam lucro com isso.

    É preciso que todas as pessoas com juízo no lugar, se manifeste contra tal brutalidade com a natureza. primeiro precisamos discutir com os principais interessados nessa causa, e que estão na linha de fogo da justiça, os colonos.
    São pessoas humildes e muitos sem escolaridade que estão recebendo punições injustas.

    Existe muitos latifundiários que manobram essas pessoas, eles fazem com haja desmatamento e quando as multas são aplicadas e os colonos não conseguem pagá-las, compram suas terras a preços desvalorizados.

    vamos olhar a natureza com olhos de seres integrantes desse grande ecossistema chamado planeta terra.

  • Rodrigo Marques | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Quem votar a favor da saída de Mato Grosso da Amazônia legal deve responder por crime de responsabilidade.... Além do mais, é só o governo lançar algum tipo de incentivo para os membros da Amazônia legal que a bancada ruralista vai querer que ver MT de volta a Amazônia legal. Não há menor preocupação com a natureza, só com lucro!!!

  • carlos alberto eilert | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    enquanto vemos deputados preocupados com o territorio mato grossense, será que ele sabe que se mato grosso sair da amazonia a saude mato-grossense é quem mais vai perder, pois deixaria de receber do governo federal repasses da ordem de ate 50% nos valores a maior em relacao aos outros estados, no meu entender é um absurdo o mato grosso sair da amazonia legal, somente jogos de interesses muitofortes e que querem esta situacao

  • Paulo Salem | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Penso que este assunto ainda nao está ao todo claro para a sociedade. Precisamos discutir mais profundamente a retirada de Mt da Amazônia Legal, até porque o cidadão não tem o conhecimento pelo deste projeto e daí vejo uma precipitação nesta discução e uma perda grande para o Estado, para o Brasil e para a natureza de maneira geral.
    Por favor, Nobre Deputado Homero Pereira pense um pouco no meio ambiente, pense na vida no futuro. Não podemos só pensar em desenvolvimento, crescer desordenadamente é comprometer o futuro da nação.
    Paulo Salem - Pertido Verde, a favor da vida.

  • Milton Ribeiro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Deputado Homero, com todo respeito que o Sr.tem merecido de nossa gente, DEIXA ISSO DE LADO! nossos filhos, nossos netos tem direito à vida!parem de ganancia, nossos heróis produtores rurais merecem sim às vezes mais incentivos, não precisam de mais terras para plantarem!

    Não queira ser criminoso!, esse será um crime que a Sociedade e a natureza não te perdoará!

    Não seja míope, olhe o que já fizeram com nossa flora e nossa fauna!, olhe os nossos rios, já chega de poluirem, já chega de agrotoxico! queremos respirar, nadar nas águas cristalinas, o que já é uma raridade!

    Não te dói na consciência Deputado? Ou o Verde do Dolar é mais bonito que o Verde da Amazônia?

    Chega de ganância! ou será preciso, instalarmos bancas para colhermos o numero necessário de assinatura para impedirmos tal ato covarde, através de um projeto de lei de iniciativa popular?

    Vocês deveriam não só sacar o dinheiro do Brasil, além de paga-los é claro, deveriam sim buscar repor o que vocês destruíram...a vegetação, a mata... tentar conter o assoreamento dos nossos rios.

    Ou Vocês estão querendo dar motivos para que usem esse pretexto com o intuíto de internacionalizarem a Amazônia?

  • ALBUCASSIS RAMIRES | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É UMA TRISTEZA CONSTATAR QUE ELEGEMOS UM PAÚ RODADORECEBIDO EM NOSSA TERRA COM TODO O CARINHO DO MUNDO, COMO SE FILHO DA TERRA FOSSE, E HOJE ESSE CIDADÃO QUER ACABAR COM O NOSSO ESTADO, PARA ATENDER INTERESSES DOS SEUS PATRÕES.

    TIRAR MATO GROSSO DA AMAZÔNIA LEGAL É PERMITIR MAIS DERRUBADA,INCENDIO NA NOSSA SELVA, E DERRUBAR AS NOSSAS ARVORES PARA PLANTAR SOJA.

    E MAIS AINDA,PERDERMOS OS INCENTIVOS FISCAIS DA SUDAM,ONDE TEMOS UM REPRESENTANTE (PEPEU).SERÁ QUE A GANANACIA NÃO TEM LIMITES,CHEGAR AO CUMULO DE QUERER SACRIFICAR A GERAÇÃO PRESENTE E A FUTURA.

    TENHA PACIÊNCIA SR.HOMERO , VÁ CANTAR NOUTRA FREGUEZIA.

Juca e os 7 secretários da Câmara

andre pozetti 400 curtinha   O presidente Juca do Guaraná definiu sete dos nove secretários que vão ajudá-lo a administrar a Câmara de Cuiabá. O secretário de Administração é Bolanger José de Almeida. O coronel PM da reserva Edson Leite conduz o Patrimônio e...

Morre mais um pastor da Assembleia

pastor jose alves de jesus 400   A Covid-19 transforma mais um pastor da Igreja Assembleia de Deus em vítima fatal. Morreu nesta terça José Alves de Jesus (foto), que presidia há vários anos o Campo Eclesiástico Autônomo da Igreja de Primavera do Leste e região. Ele estava hospitalizado com o...

Mauro e os "cabeças chatas" do CE

mauro mendes 400   O governador Mauro Mendes está disposto a conhecer a experiência da  educação pública  do Ceará, que há anos apresenta os melhores índices no Ideb e é orgulho dos irmãos Ciro e Cid Gomes, ex-prefeitos de Sobral e ex-governadores. Até pretende...

Seduc e microônibus para municípios

alan porto 400 curtinha   A secretaria estadual de Educação, sob Alan Porto (foto), tem buscado parcerias com prefeituras para construir quadras poliesportivas, laboratórios de informática e escolas, além de ampliar salas de aula, adquirir ares condicionados e microônibus escolares, de modo a atender...

Emanuel é quem mais realizou obras

emanuel pinheiro 400 curtinha   Um levantamento da empresa Percent Pesquisa & Consultoria, feita em Cuiabá entre os últimos dias 13 e 14, destaca que, na percepção de 49% dos cuiabanos, o prefeito reeleito Emanuel Pinheiro (foto) foi o que mais fez obras e serviços. Em segundo lugar, com 19,8%, é citado...

Emendas ajudam Unemat de ROO

thiago silva 400 curtinha   Em reunião com o reitor da Unemat, Rodrigo Zanin, e com o pró-reitor Alexandre Porto, o deputado estadual Thiago Silva (foto) tratou da emenda de R$ 1 milhão para manter o curso de direito e abertura do de jornalismo em Rondonópolis neste ano. E, juntos, definiram o modelo de...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT optou pela implantação do BRT em Cuiabá-VG em detrimento do VLT. O que você acha disso?

Estou de acordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.