Últimas

Segunda-Feira, 16 de Abril de 2007, 07h:24 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

PESQUISA

IBGE inicia censo para corrigir distorções no FPM

    Após registrar cerca de duas mil reclamações de prefeitos, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) inicia nesta segunda (16) a contagem da população. O governador Blairo Maggi será o primeiro a participar da entrevista. Recebe logo pela manhã o pesquisador-chefe do IBGE em Mato Grosso, Teovaldo Souza.

    A pesquisa será feita nos municípios com menos de 170 mil habitantes. No caso de Mato Grosso, dos 141, ficarão de fora Cuiabá, Várzea Grande e Rondonópolis. Das 4.562 cidades do país, só as 129 maiores não serão contadas. O levantamento custará R$ 560 milhões, valor que inclui o Censo Agropecuário, a ser realizado pela mesma equipe da contagem populacional.

   Teovaldo prevê divulgar o resultado oficial já em 31 de agosto. O processo será mais rápido porque os recenseadores vão utilizar computadores de mão (palm top), acoplados com GPS para georreferenciamento, ferramenta útil especialmente no Centro Agropecuário.

   Todas os levantamentos domiciliares, como a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios, a Pesquisa Mensal de Emprego e o Censo Demográfico 2010, usarão o computador de mão, que evita erros e indica imprecisões no preenchimento das respostas.

    No Censo Agropecuário, serão pesquisados o tamanho das propriedades, as lavouras ou pastos nelas implantadas e o rendimento dos proprietários.

   O pesquisador-chefe em Mato Grosso, Teovaldo Souza, revela que vem registrando cerca de duas mil reclamações de prefeitos, que reivindicam atualização do índice populacional. Agora, com a contagem populacional será possível buscar uma distribuição mais justa do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), cujos percentuais de repasse variam conforme o tamanho da população nas cidades até 170 mil habitantes. Acima dessa faixa, os valores são fixos.
Sem o Censo e a contagem da população, que deveria ter sido feita em 2005, o IBGE faz estimativas populacionais, que podem ficar distorcidas devido aos movimentos migratórios.

   A Associação Mato-Grossense dos Municípios (AMM) afirma que cidades muito pequenas poderiam estar numa faixa de maior arrecadação se tivessem apenas mais alguns habitantes. Em 2006, o fundo distribuiu R$ 29,7 bilhões. Neste ano, o Orçamento da União prevê R$ 36 bilhões.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Deucimar vence Covid-19 após 20 dias

deucimar silva 400 curtinha   Após 13 dias numa unidade intensiva e mais sete se recuperando no leito de hospital, o empresário e ex-vereador pela Capital, Deucimar Silva (foto), recebeu alta médica nesta terça. Ele está curado da Covid-19. Ex-presidente da Câmara Municipal, Deucimar ficou emocionado, fez...

Estudo sobre 13º a vereadores de VG

jaqueline jacobsen curtinha 400   A conselheira-substituta Jaqueline Jacobsen (foto) estabeleceu prazo de 120 dias, em sessão de julgamento do TCE por videoconferência no último dia 2, para que o presidente da Câmara de Várzea Grande, Fábio Tardin, realize estudo prévio de impacto...

2 deputados empurrados pra oposição

allan kardec 400   Por causa da bandeira que têm carregado de defensores dos servidores públicos, dois deputados do núcleo do governo começam a caminhar para oposição. Um deles é o pedetista Allan Kardec (foto) que, de tanto ser pressionado pelas chamadas bases para reagir contra a PEC da...

Elogios à gestão proba Mauro Mendes

marcelo oliveira 400 curtinha   O secretário de Estado Marcelo de Oliveira (Infraestrutura e Logística), Marcelo de Oliveira (foto), fez questão de destacar nesta quarta, em entrevista ao vivo ao RDTV, tv web do portal Rdnews, que o governador Mauro Mendes tem se empenhado ao máximo para fazer uma boa gestão,...

2 frentes do MDB e apostas em Cuiabá

gustavo padilha 400 curtinha   O MDB vive uma situação curiosa em Cuiabá. Embora no comando da prefeitura, com Emanuel Pinheiro, o partido só conseguiu reconquistar cadeira na Câmara há três meses, com a filiação de Juca do Guaraná, aproveitando a janela partidária. Em 2016,...

Opositores ganham força em Barra

adilson gon�alves 400 curtinha   Grupos de oposição estão ganhando "musculatura" em Barra do Garças, numa expectativa otimista de derrotar o candidato apoiado pelo prefeito Beto Farias (MDB), o atual vice Wellington Marcos, que está filiado ao DEM. Wellington é considerado nome "pesado"...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Em Cuiabá, o prefeito suspendeu a decisão de implantar rodízio de veículos entre placas pares e ímpares devido à Covid-19. Mas quer debater a ideia. Você concorda com rodízio?

concordo

discordo

tanto faz

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.