Últimas

Segunda-Feira, 16 de Abril de 2007, 07h:24 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

PESQUISA

IBGE inicia censo para corrigir distorções no FPM

    Após registrar cerca de duas mil reclamações de prefeitos, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) inicia nesta segunda (16) a contagem da população. O governador Blairo Maggi será o primeiro a participar da entrevista. Recebe logo pela manhã o pesquisador-chefe do IBGE em Mato Grosso, Teovaldo Souza.

    A pesquisa será feita nos municípios com menos de 170 mil habitantes. No caso de Mato Grosso, dos 141, ficarão de fora Cuiabá, Várzea Grande e Rondonópolis. Das 4.562 cidades do país, só as 129 maiores não serão contadas. O levantamento custará R$ 560 milhões, valor que inclui o Censo Agropecuário, a ser realizado pela mesma equipe da contagem populacional.

   Teovaldo prevê divulgar o resultado oficial já em 31 de agosto. O processo será mais rápido porque os recenseadores vão utilizar computadores de mão (palm top), acoplados com GPS para georreferenciamento, ferramenta útil especialmente no Centro Agropecuário.

   Todas os levantamentos domiciliares, como a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios, a Pesquisa Mensal de Emprego e o Censo Demográfico 2010, usarão o computador de mão, que evita erros e indica imprecisões no preenchimento das respostas.

    No Censo Agropecuário, serão pesquisados o tamanho das propriedades, as lavouras ou pastos nelas implantadas e o rendimento dos proprietários.

   O pesquisador-chefe em Mato Grosso, Teovaldo Souza, revela que vem registrando cerca de duas mil reclamações de prefeitos, que reivindicam atualização do índice populacional. Agora, com a contagem populacional será possível buscar uma distribuição mais justa do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), cujos percentuais de repasse variam conforme o tamanho da população nas cidades até 170 mil habitantes. Acima dessa faixa, os valores são fixos.
Sem o Censo e a contagem da população, que deveria ter sido feita em 2005, o IBGE faz estimativas populacionais, que podem ficar distorcidas devido aos movimentos migratórios.

   A Associação Mato-Grossense dos Municípios (AMM) afirma que cidades muito pequenas poderiam estar numa faixa de maior arrecadação se tivessem apenas mais alguns habitantes. Em 2006, o fundo distribuiu R$ 29,7 bilhões. Neste ano, o Orçamento da União prevê R$ 36 bilhões.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Contrato para tocar eventos do TCE

O presidente do Tribunal de Contas do Estado, conselheiro Guilherme Maluf, fechou um contrato anual com a Infortouch Agência e Comunicação, Eventos e Produtos Alimentícios, aproveitando ata de registro de preços  do Tribunal de Justiça de MT, com adesão-carona num processo de 2019. A empresa vai faturar R$ 376,9 mil para atender demandas do TCE em toda logística de eventos, envolvendo as etapas de planejamento,...

Ação de promotor e volta de restrições

Adalberto Ferreira   O promotor de Justiça Adalberto Ferreira garante que prefeito de Juscimeira Moisés dos Santos não havia editado nenhum decreto endurecendo as regras de restrições à pandemia do coronavírus antes do MPE propor ação na Justiça. Ao falar sobre nota publicada...

Oséas agora está nas mãos de Abílio

oseas machado 400 curtinha   Oséas Machado (foto) conseguiu derrubar Abílio Júnior, a quem denunciou por quebra de decoro parlamentar, e assumiu a cadeira deste na Câmara da Capital. Agora, o cassado se articula para dar o troco. O problema é que ambos estão no PSC. Oséas quer buscar a...

Decreto "anula" o MPE em Juscimeira

moises 400 juscimeira curtinha   Em Juscimeira, o promotor de Justiça Adalberto Ferreira recorreu à Justiça de forma desnecessária. Pleiteou e conseguiu uma liminar para suspender um decreto do prefeito Moisés dos Santos que, segundo a ação, havia reduzido as medidas de isolamento social, permitindo...

Kero-Kero quer levar Abílio para Pode

wilson kero kero 400 curtinha   Na contagam regressiva do prazo para o troca-troca partidário - vence em 3 de abril para quem pretende ser candidato em outubro deste ano -, o vereador Wilson Kero-Kero (foto), do PSL e um dos opositores à gestão Emanuel Pinheiro em Cuiabá, está fortalecendo o Podemos. E se...

ECSP explica confusão com Marcrean

marcrean 400 curtinha   A Empresa Cuiabana de Saúde Pública (ECSP) emitiu nota sobre a suposta “carteirada” do vereador Marcrean Santos (foto) no HMC. Ele foi pivô de confusão e um vídeo viralizou nas redes sociais. Segundo a ECSP, o parlamentar foi até o local pedir informações...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.