Últimas

Quarta-Feira, 19 de Setembro de 2007, 08h:40 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:16

Artigo

Inadvertidos

     Aprendi com o amigo Benedito Zacarias, ou simplesmente Professor Zacarias, dia desses, um conceito filosófico sobre inadvertência. O inadvertido seria aquele sujeito que, muito embora todas as evidências de um processo estejam colocadas bem diante de seu nariz, ainda assim ele não consegue racionalizar o processo.
     Os inadvertidos são acríticos, mesmo que o óbvio ululante os esmague. Não refletem. Não abstraem. Não ampliam seu foco. Não problematizam nada. Decerto são daqueles que pensam: “O que não tem solução, solucionado está”. Mas se esquecem da conclusão dessa frase de Plutarco: “É preciso viver, não apenas existir”.
     Eu me lembrei da conversa que tive com o Professor Zacarias, em minha casa, na companhia do amigo advogado Diogo Sachs, há cerca de duas semanas, ao ler o noticiário do final de semana, informando que os vereadores de Cuiabá aprovaram um projeto de lei restringindo o uso do passe livre pelos estudantes somente ao período escolar. E em seguida, a reação do prefeito Wilson Santos, que anuncia que não irá sancionar tal projeto por uma razão muito simples: a medida geraria muito desgaste num setor em que ele já está deveras desgastado.
     E o que tem isso a ver com inadvertência?, deve estar se preocupando aquele que se deu ao trabalho de acompanhar o texto até aqui. Explico.
     A maioria dos vereadores de Cuiabá recebeu, pelo menos uma semana antes de tal votação, uma pesquisa da KGM intitulada “Percepção dos Cuiabanos sobre os Vereadores de Cuiabá”.
     Entre outros dados relevantes sobre como são percebidos pela população, os nobres edis (ao menos os que leram o estudo) descobriram que uma das poucas positividades da Câmara Municipal é a aprovação do Passe-Livre para os estudantes.
     Para a pergunta “você se lembra de alguma ação ou medida importante que um vereador tenha feito por Cuiabá”, 80,4% disseram que não se lembravam. Entretanto, dos 19,6% que responderam afirmativamente, 43,9% apontaram espontaneamente “o passe livre para estudantes” como a medida ou ação mais importante que os vereadores fizeram por Cuiabá.
     Ora, no meio de tantas negatividades, ignorar o fato de o passe livre corresponder à metade dos inputs positivos de memória da população sobre seu trabalho, segundo a amostra pesquisada, faz dos 15 vereadores que aprovaram o tal projeto de lei exemplos insofismáveis de inadvertência política.
     Inadvertência, apenas para nos lembrarmos do que nos ensina o Professor Zacarias, é o ato de ignorar os fatos, preferindo agarrar-se à fantasia. O dicionário nos dá definições mais simples, tais como “distração” e “irreflexão”.
     E essa inadvertência pode custar ainda mais caro aos vereadores, na medida em que o prefeito anuncia que não sancionará o projeto restringindo o passe livre (que Wilson Santos tem vendido aos quatro cantos como o “maior programa de transferência de renda do Brasil”).
     O que fazer agora? Enfrentar o prefeito, derrubar seu veto e promulgá-lo assim mesmo? Isso não aumentaria sua inadvertência? E consequentemente isso não aumentaria a insatisfação da sociedade com a medida? Ou vai retratar-se perante o público, admitindo, simplesmente, que votou inadvertidamente o projeto? Creio que esta última seria a melhor opção. Quer dizer, a segunda melhor. Porque a melhor mesmo é ficar mais advertido doravante, e entender que embora o microcosmo do Plenário da Câmara possa se parecer com o mundo, não o é. O mundo é grande, como dizia Drummond.


Kleber Lima é jornalista pós-graduado em marketing e consultor político filiado à ABCOP (kleberlima@terra.com.br. www.kgmcomunicacao.com.br)

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Reeleição consagradora e base forte

leonardo bortolini leo 400 curtinha   Em Primavera do Leste, o prefeito Léo Bortolin (foto) mostrou nas urnas ser mesmo um líder político emergente da região. Ele assumiu o Executivo, após vencer a eleição suplementar em novembro de 2017, com 69% dos votos válidos. Agora foi à...

Vereador eleito diz não apoiar Abílio

eduardo magalhaes 400 curtinha   Release produzido pela campanha de Abílio Júnior anuncia que 13 dos 25 vereadores eleitos e/ou reeleitos estão apoiando o candidato do Podemos neste segundo turno em Cuiabá. E incluiu na lista Eduardo Magalhães (foto), do Republicanos. Mas o próprio Magalhães,...

Ibope mostra acirramento Abílio x EP

abilio junior 400 curtinha   O primeiro resultado da pesquisa Ibope deste segundo turno, revelado hoje pela TVCA, apontando Abílio (foto) com 48% e Emanuel com 40% das intenções de voto, empatados tecnicamente dentro da margem de erro de 4 pontos percentuais para mais ou para menos, é uma mostra do quanto está...

Ricardo atuando pela reeleição de EP

ricardo adriane 400 curtinha   O ex-vereador Ricardo Adriane (foto), um dos dirigentes do Republicanos da Capital e do quadro de assessores do presidente da Assembleia, deputado Eduardo Botelho, está fazendo campanha pela reeleição do prefeito cuiabano Emanuel Pinheiro. Numa reunião ampliada, Ricardo deixou claro que...

Única petista eleita define apoio a EP

edna sampaio 400 curtinha   Única vereadora eleita pelo PT na Capital, a professora Edna Sampaio (foto) resolveu declarar apoio à reeleição do prefeito Emanuel Pinheiro (MDB). E mandou mensagens aos servidores públicos, que passarão a ter a petista como espécie de porta-voz na Câmara Municipal....

Batista agora aparece pra pedir voto

joao batista 400 curtinha   Único deputado do Pros com assento na Assembleia e presidente estadual do partido, João Batista (foto) resolveu aparecer nestas eleições em Cuiabá, mas no segundo turno. No primeiro, foi escondido pela candidata do Pros, Gisela Simona, que ficou em terceiro lugar. Nos bastidores,...