Últimas

Terça-Feira, 03 de Março de 2009, 12h:39 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:22

FISCALIZAÇÃO

Indea multa e depois perdoa mais de 200 pecuaristas

  O Instituto de Defesa Agropecuária do Estado (Indea/MT) resolveu perdoar nada menos que 228 infrações envolvendo empresas e pessoas físicas. Elas foram autuadas por irregularidades, como não-vacinação do rebanho bovino em tempo determinado pela legislação, uma forma do Indea tentar manter o controle de doenças, como, por exemplo, febre aftosa; por transporte de animais ao arrepio da lei, e por uso de agrotóxicos em propriedades. Décio Coutinho, que preside o Indea desde 2003, quando o governador Blairo Maggi assumiu o comando do Estado, alega que os acusados apresentaram defesas que convenceram a assessoria jurídica do órgão.

   Com o perdão das infrações, com valores entre R$ 8 a R$ 88, o Estado deixa de recolher aos cofres públicos pelo menos R$ 30 mil. São multas que foram aplicadas desde 2005. "O conselho técnico administrativo tomou essa decisão junto com outros órgãos e, dessa forma, acatamos a decisão", diz Coutinho. Entre os pecuaristas que se livraram das infrações estão Celso Gomes dos Santos, de Alta Floresta, que tinha sido multado em três processos; Valtino da Silva, de Vila Rica; e Fernando Batista da Silva, de Canabrava do Norte. (Musmê Pecini)

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • PECUARISTA DE MT | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    OLÁ AMIGO VC PAREÇE QUE NÃO É INFORMADO AOS AMIGOS DA BUTINA OS BENEFICIOS DA LEI AOS INIMIGOS OS RIGORES VC É PAREÇE CRIANÇA TE GARANTO QUE TODAS AS MULTAS FORAM MUITO BEM APLICADA ACORDA AMIGÃO!!!!

  • João Epifanio | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Orgão e Diretores sem vergonha, perdoar porque?????? e o POVO que come carne sem procedencia????????

    MP, POL FEDERAL por favor atenda o nosso pedido, investigue e prenda por prevaricação

  • Amado Amador | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Provavelmente essas multas seriam facilmente derrubadas judicialmente, sendo assim, o Estado teria mais prejuízos em mantê-las. Agora, isso aponta o principal problema do estado brasileiro que é a sua finalização, a punição. No Brasil não faltam leis e muito menos servidores públicos, no Brasil falta apenas a ocorrência de punições.

Juca e os 7 secretários da Câmara

andre pozetti 400 curtinha   O presidente Juca do Guaraná definiu sete dos nove secretários que vão ajudá-lo a administrar a Câmara de Cuiabá. O secretário de Administração é Bolanger José de Almeida. O coronel PM da reserva Edson Leite conduz o Patrimônio e...

Morre mais um pastor da Assembleia

pastor jose alves de jesus 400   A Covid-19 transforma mais um pastor da Igreja Assembleia de Deus em vítima fatal. Morreu nesta terça José Alves de Jesus (foto), que presidia há vários anos o Campo Eclesiástico Autônomo da Igreja de Primavera do Leste e região. Ele estava hospitalizado com o...

Mauro e os "cabeças chatas" do CE

mauro mendes 400   O governador Mauro Mendes está disposto a conhecer a experiência da  educação pública  do Ceará, que há anos apresenta os melhores índices no Ideb e é orgulho dos irmãos Ciro e Cid Gomes, ex-prefeitos de Sobral e ex-governadores. Até pretende...

Seduc e microônibus para municípios

alan porto 400 curtinha   A secretaria estadual de Educação, sob Alan Porto (foto), tem buscado parcerias com prefeituras para construir quadras poliesportivas, laboratórios de informática e escolas, além de ampliar salas de aula, adquirir ares condicionados e microônibus escolares, de modo a atender...

Emanuel é quem mais realizou obras

emanuel pinheiro 400 curtinha   Um levantamento da empresa Percent Pesquisa & Consultoria, feita em Cuiabá entre os últimos dias 13 e 14, destaca que, na percepção de 49% dos cuiabanos, o prefeito reeleito Emanuel Pinheiro (foto) foi o que mais fez obras e serviços. Em segundo lugar, com 19,8%, é citado...

Emendas ajudam Unemat de ROO

thiago silva 400 curtinha   Em reunião com o reitor da Unemat, Rodrigo Zanin, e com o pró-reitor Alexandre Porto, o deputado estadual Thiago Silva (foto) tratou da emenda de R$ 1 milhão para manter o curso de direito e abertura do de jornalismo em Rondonópolis neste ano. E, juntos, definiram o modelo de...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT optou pela implantação do BRT em Cuiabá-VG em detrimento do VLT. O que você acha disso?

Estou de acordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.