Últimas

Sexta-Feira, 07 de Setembro de 2007, 07h:10 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:16

Artigo

Independência ou morte

     A independência do Brasil é um dos fatos históricos mais importantes de nosso pais, próximo ao Riacho Ipiranga, em 7 de Setembro de 1882 D. Pedro levantou a espada e gritou “Independência ou Morte”, os primeiros países a reconhecerem a independência do Brasil foi Estados Unidos e o México.
     A descoberta do Brasil ocorreu no período das grandes navegações, quando Portugal e Espanha exploravam o oceano em busca de novas terras, foi quando em 22 de Abril de 1500 chegaram ao Brasil, primeiro fora chamado de Ilha de Vera Cruz, após explorações realizadas por  outras expedições Portuguesas descobriu-se tratar realmente de um continente, daí passou a se chamar terra de Santa Cruz, somente depois da descoberta do pau-brasil ocorrido no ano de 1511, nosso país passou a se chamar Brasil.
     Os colonizadores europeus tinham como premissa básica a exploração das riquezas como o pau-brasil, o ouro , a cana- de- açúcar, depois o ciclo da borracha e assim por diante, mais esse processo era altamente expoliatório, e só favorecia a coroa portuguesa, a exploração acontecia de forma exacerbada, levando-nos a exaurir grande parte de nossas riquezas.
     A maior herança deixada a nós brasileiros pelos colonizadores, foi extremamente negativa uma vez que vieram para cá, bandidos, presos degredados, gente da pior espécie possível, isso é sentido de forma contundente nos dias atuais, haja vista o grande número de pessoas envolvidas em esquemas de corrupção desvio de verbas públicas, peculato, sonegação fiscal. Senador envolvido em falcatruas, recebimento de dinheiro de lobistas, enfim uma farra que não acaba mais, enquanto isso os expropriados do capital, pessoas humildes são obrigados a sobreviverem na sua grande maioria com um salário mínimo de R$ 380,00 (Trezentos e Oitenta Reais).
     Essa tão propalada independência na realidade só se deu da coroa Portuguesa, mais nos dia atuais continuamos subjugados ao capital estrangeiro e aos Estados Unidos, de quem temos uma dependência econômica, e acabamos assim quintal dos Norte Americanos. Como se não bastasse isso estamos também ligado a um acordo bi lateral entre Brasil e Bolívia, onde as conversações tiveram inicio em 1938, e em Agosto de 1992 a Petróleo Brasileiro S/A - Petrobras e a Yaciamientos Petrolíferos Fiscales Bolivianos Firmaram um contrato preliminar se tornando definitivo em fevereiro do mesmo ano.
     O todo poderoso Evo Morales de forma uni lateral resolve, nacionalizar o Gás e o Petróleo e esta não foi à primeira vez, a primeira ocorreu em 1937 e a segunda em 1969, mais nenhuma delas foi tão traumática como a do Governo Morales, face ao grande capital investido pela Petrobrás. No bojo da proposta atual de nacionalização anunciada pelo Presidente Morales, determina que o Estado detenha o controle e a direção da produção, transporte, distribuição e comercialização e industrialização dos hidrocarbonetos, a apatia e quase inércia do Governo Brasileiro na condução desses pseudo acordo, foi algo estarrecedor por parte do Presidente Lula e seus ministros.
     O nosso país ainda não conheceu a verdadeira independência, pois só a teremos no momento em que o Congresso Nacional, deixar de ser fisiologista, pois é inadmissível que o seu Presidente Renan Calheiros que esta sendo acusado de envolvimento em uma série de irregularidades, como recebimento de dinheiro de lobista, e acusações como, falsificação de documentos entre outros. Esse fato ocorrido com o senhor Presidente do Congresso, parece muito com aquele dito popular chulo, que o mesmo está tentando de todas as formas explicar mancha de batom na cueca, e cada vez mais acaba entrando em contradição, e se pôr ventura ocorrer a absolvição, será uma  vergonha Nacional.
     Pôr muito menos, pessoas foram presas e execradas de forma vil, por serem simples mortais e não dispor de cargos eletivos, foro privilegiado ou muito menos imunidade parlamentar, como o caso da empregada doméstica que se apropriou de um pote de manteiga para matar a fome de sua filha, foi presa algemada e exposta de forma acintosa a toda imprensa brasileira, como um troféu de rigor da lei, só teremos a verdadeira independência quando acabarem essas desigualdades  sociais, políticas e econômicas, caminhamos sim rumo a independência plena.

Lício Antonio Malheiros é geógrafo e pós graduado em didática do ensino superior (liciomalheiros@yahoo.com.br)

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Covid mata 20º pastor da Assembleia

aparecido domingues pastor cidao 400   Morreu neste sábado mais um pastor da Assembleia de Deus em consequência da Covid-19. Aparecido Francisco Domingues, o Cidão (foto), que era vice-presidente em Paranaíta, é o 20º pastor da Igreja em Mato Grosso a vir a óbito, após ser infectado pelo novo...

Os virtuais candidatos a governador

ygor moura 400   Mesmo que timidamente, alguns começam a externar, em privado, o desejar de disputar o governo estadual por um bloco de oposição, contrapondo o projeto de reeleição de Mauro Mendes. O empresário Ygor Moura (foto), da rede de clínicas de depilação Espaçolaser,...

Nomes "de fora" pra deputado federal

valtenir pereira 400   Enquantos os oito deputados da bancada federal de MT (Barbudo, Medeiros, Leonardo, Rosa Neide, Juarez, Bezerra, Emanuelzinho e Neri) vão em busca da reeleição, na esperança de continuarem em Brasilia por mais quatro anos, outros líderes correm por fora, dispostos a também entrar na...

Todos federais vão tentar a reeleição

carlos bezerra 400   Todos os oito deputados federais mato-grossenses estão trabalhando projeto de reeleição. Mas um resolveu espalhar, em paralelo, a ideia de tentar o Senado: Neri Geller (PP). Sabe-se, porém, que a jogada do deputado de Lucas do Rio Verde e que já foi ministro da Agricultura não passa de...

Mil cestas básicas vão para músicos

alberto machado 400   O secretário estadual de Cultura, Esporte e Lazer, Alberto Machado, o Beto 2 a 1 (foto), está comemorando a decisão do governador Mauro Mendes e da primeira-dama Virginia Mendes, que desenvolve ações sociais de forma voluntária, de disponibilizar mil cestas básicas para...

Assembleia cede espaço pra vacinação

Eduardo Botelho _ 400   O prefeito cuiabano Emanuel Pinheiro procurou e encontrou apoio da Assembleia para ampliar locais de vacinação da população contra Covid-19. Em reunião nesta sexta entre o prefeito e os deputados Eduardo Botelho (foto), Paulo Araújo e João José, que preside a...