Últimas

Sábado, 05 de Maio de 2007, 21h:07 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

JUDICIÁRIO

Indiciamento de Malta traz preocupação a Serys

  O indiciamento do senador Magno Malta (PR-ES) pela Polícia Federal por suposto envolvimento com a máfia das sanguessugas não representa um bom sinal para a senadora mato-grossense Serys Marly (PT). A exemplo de Malta, a parlamentar petista foi investigada e inocentada por unanimidade pelo Conselho de Ética do Senado por falta de provas. Mesmo assim, a PF indiciou Malta por suposta formação de quadrilha, corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Serys foi absolvida no julgamento político. Resta saber se ela enfrentará agora complicações no campo jurídico.

   O esquema liderado por Darci e Luiz Trevisan Vedoin, pai e filho, donos da Planam, que funcionava em Cuiabá, consistia em destinar recursos de emendas parlamentares junto ao orçamento da União para compra superfaturada de ambulâncias. Já foram indiciados 33 ex-parlamentares por envolvimento na chamada máfia das sanguessugas. O escândalo estourou há um ano.

   Além dos congressistas, a PF abriu inquéritos para investigar a eventual participação de 26 prefeitos com a quadrilha. As investigações são presididas pelo delegado Diógenes Curado. A previsão é conclui-los no próximo mês.
O senador Magno Malta (PR-ES) e os deputados federais Benedito de Lira (PP-AL), Eduardo Gomes (PSDB-GO), João Magalhães (PMDB-MG), Marcondes Gadelha (PSB-PB), Nélio Dias (PP-RN), Ribamar Alves (PSB-MA), Wellington Fagundes (PR-MT) e Wellington Roberto (PR-PB) são investigados sobretudo por formação de quadrilha e corrupção passiva, mas em alguns casos também por lavagem de dinheiro.

   Os dois casos

   Sobre Malta, ouvido na quinta (3) na sede da PF em Brasília, de onde saiu indiciado, pesa a acusação feita pela família Vedoin de que teria dado a ele um automóvel Fiat Ducato como propina para a apresentação de emendas, no valor de R$ 1 milhão.

   Quanto à Serys, que acabou tendo sua campanha a governadora prejudicada no ano passado devido ao envolvimento do seu nome na máfia dos sanguessugas, a acusação feita por Luiz Vedoin era de que pagara R$ 35 mil de propina ao genro da senadora, Paulo Ribeiro, na expectativa de destinação de emendas. Serys não só negou envolvimento no esquema como, ao final do processo no Senado, ingressou com ação na Justiça contra Vedoin.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • voz do povo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A família Vedoin foi vítima de extorsão por parte desses parlamentares. Sua parte era a venda das ambulancias e a Planan cumpriu a entregas dos bens. Como não tem imunidade parlamentar, agora são os culpados mais fáceis de apresentar à sociedade. O direito a ampla defesa se manifestará de forma quase sigilosa, no ambito policial/judicial e o povo matogrossense e brasileiro jamais saberá o desfecho. A senadora e os deputados sempre negaram veementemente e com muita agressividade, o que reforça o pressuposto de seus envolvimentos. Somos temerosos, inclusive os profissionais da notícia são temerosos, pois a cúpula é quem tem o poder, nomeia quem prende, quem investiga, e talvez até quem julgue. Se não dançar conforme a música, dançou!

Covid mata 20º pastor da Assembleia

aparecido domingues pastor cidao 400   Morreu neste sábado mais um pastor da Assembleia de Deus em consequência da Covid-19. Aparecido Francisco Domingues, o Cidão (foto), que era vice-presidente em Paranaíta, é o 20º pastor da Igreja em Mato Grosso a vir a óbito, após ser infectado pelo novo...

Os virtuais candidatos a governador

ygor moura 400   Mesmo que timidamente, alguns começam a externar, em privado, o desejar de disputar o governo estadual por um bloco de oposição, contrapondo o projeto de reeleição de Mauro Mendes. O empresário Ygor Moura (foto), da rede de clínicas de depilação Espaçolaser,...

Nomes "de fora" pra deputado federal

valtenir pereira 400   Enquantos os oito deputados da bancada federal de MT (Barbudo, Medeiros, Leonardo, Rosa Neide, Juarez, Bezerra, Emanuelzinho e Neri) vão em busca da reeleição, na esperança de continuarem em Brasilia por mais quatro anos, outros líderes correm por fora, dispostos a também entrar na...

Todos federais vão tentar a reeleição

carlos bezerra 400   Todos os oito deputados federais mato-grossenses estão trabalhando projeto de reeleição. Mas um resolveu espalhar, em paralelo, a ideia de tentar o Senado: Neri Geller (PP). Sabe-se, porém, que a jogada do deputado de Lucas do Rio Verde e que já foi ministro da Agricultura não passa de...

Mil cestas básicas vão para músicos

alberto machado 400   O secretário estadual de Cultura, Esporte e Lazer, Alberto Machado, o Beto 2 a 1 (foto), está comemorando a decisão do governador Mauro Mendes e da primeira-dama Virginia Mendes, que desenvolve ações sociais de forma voluntária, de disponibilizar mil cestas básicas para...

Assembleia cede espaço pra vacinação

Eduardo Botelho _ 400   O prefeito cuiabano Emanuel Pinheiro procurou e encontrou apoio da Assembleia para ampliar locais de vacinação da população contra Covid-19. Em reunião nesta sexta entre o prefeito e os deputados Eduardo Botelho (foto), Paulo Araújo e João José, que preside a...