Últimas

Segunda-Feira, 28 de Janeiro de 2008, 20h:50 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

MEIO AMBIENTE

Inpe admite erro e Maggi pede revisão de dados

  O governador Blairo Maggi está afoito por tentar ao menos amenizar a repercussão negativa causada  pela divulgação de uma pesquisa do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, cujo dados apontaram que Mato Grosso continua a desmatar sem limites. Segundo o jornal O Estado de S. Paulo, o diretor do Inpe, Gilberto Câmara, reconheceu que os números divulgados em outubro estavam errados. Segundo o diretor, houve uma dupla contagem de áreas desmatadas que já tinham sido detectadas pelo sistema Prodes e foram novamente computadas pelo sistema Deter, os dois programas de monitoramento por satélite da floresta. “Erramos e corrigimos. Os números (divulgados em outubro) não têm mais validade.”

    Câmara admitiu falha, mas defendeu que a pesquisa, divulgada na última quarta (23), está correta, ou seja, os dados anteriores não alteram os novos resultados negativos para o Estado - leia mais aqui. Mesmo assim, Maggi vai sugerir uma revisão dos números sobre o desmatamento na Amazônia. Ele acredita que, como o Inpe admitiu erro nos números referentes a outubro, pode ter havido uma diferença também em anos anteriores.

   "Será que os números que nós divulgamos até hoje são corretos? Temos mesmo 17% da Amazônia ocupados?", questiona o governador, em entrevista ao Estadão.

  • Clique aqui e veja a reportagem na íntegra.

Postar um novo comentário

Comentários (8)

  • jeremias mendes magela | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Algo de muito estranho, e ainda não revelado para a sociedade (e muito menos a imprensa)está acontecendo nos bastidores da área ambiental, com participação de parlamentares ruralistas e setores da agropecuária, e talvez envolvendo inclusive o ministério público (que está caladinho). sabe porquê? por muito menos escândalos e desgastes, o governador demitiu outros personagens do seu governo, e então perguntamos porquê tolera dirigentes comprovadamente incompetentes como os atuais gestores da sema? A solução para toda essa situação seria simples, demissão dessa gente, aceitar os indices apresentados pela INPE (que é uma das instituições mais sérias deste país)e nomear pessoas altamente comprometidas com o meio ambiente para essa pasta ambiental. No entanto, ele prefere o caminho de mais desgastes, e ainda, manter a incompetência numa área que é estratégica até para a sua reputação como politico, que já está em jogo.

  • eliana | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Os Governantes e seus colaboradores estão agindo de maneira irresponsável com o planeta. É hora de mudar... Será que estes políticos acham que suas fortunas (acumuladas de maneira diferente da maioria do restante da população ), são capazes de comprar um nicho imune às respostas da natureza?

  • Jaqueline Andrade | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Governador, mesmo que o Inpe faça a correção o povo ainda vai saber que medidas efetivas e eficazes não estão sendo tomadas.

  • Jaqueline Andrade | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Seus projetos parecem ser a longo prazo. Melhorias na questão ambiental tem que ser para ontem. Precisam ser medidas rígidas e rápidas

  • Roberto Souza | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Isso só demonstra que o governo patina em um gelo rachado. O povo não é trouxa.

  • Eduardo De lamonica Freire | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Para finalizar essa discussão estéril e constrangedora,que coloca Mato Grosso,mais uma vez,no index das notícias ruins,o governador, que já ganhou a "moto-serra de ouro" do Green Peace,pelo descompromisso com o Meio Ambiente, deveria liderar uma campanha mundial pelo reflorestamento da Amazônia,com uma grande contribuição financeira pessoal(ele tem muito dinheiro para o sucesso desta campanha).E,na minha opinião está passando da hora dele rever TUDO-administração e política-na área da SEMA.

  • marcela | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • Pedro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Não se junta leite derramado, os dados comprovam o descompromisso do atual governo com o meio ambiente, engraçado que tudo isso ocorreu dem meio a CPI da SEMA, enquanto deputados e depoentes se degladiavam na CPI o agronegócio derrubava nossas matas pra ampliar seu negócio, será que o povo ainda acredita nesse governo?. Precisamos urgentemente povo e sociedade organizada adotar uma política de presevação ambiental, sob pena da extinção da raça humana, antes que seja tarde, saiba escolher os futuros mandatários, não é possível que o império financeiro sobreponha a lucidez de um povo, acordem...

Efeito-Covid adia vinda de Michelle

michelle bolsonaro A primeira-dama de Cuiabá, Márcia Pinheiro, e a secretária da Mulher, Luciana Zamproni, resolveram transferir para abril a agenda de 11 de março que teria como convidada a secretária nacional de Mulheres, do Ministério dos Direitos Humanos, Cristiane Britto e a primeira-dama do Brasil Michelle...

Governador entre a cruz e a espada

mauro mendes curtinha   Às vésperas da pandemia completar 1 ano em MT, o Estado vive o seu pior momento e o governador Mauro Mendes (foto) enfrenta uma verdadeira prova de fogo: liderar ações coordenadas em todo o território mato-grossense para evitar que o Estado viva cenas parecidas com as de Manaus e de Estados...

Câmara volta a realizar 2 sessões

juca 400 curtinha   A Câmara de Cuiabá, sob a presidência do vereador Juca do Guaraná Filho (foto), volta a realizar duas sessões semanais, nas terças e quintas. Por conta da pandemia, as sessões serão remotas. A resolução foi aprovada por unanimidade pelos parlamentares que vinham...

Coronel linha dura morre ao 91 anos

Coronel Abid 400   Morreu   em Campo Grande (MS), aos 91 anos,  o coronel da PM aposentado Adib Massad (foto), considerado  um dos principais nomes  da Segurança Pública de Mato Grosso na década de 1970. À época, ainda com a patente de  tenente, foi comandante regional...

Mauro e vitórias na briga de decretos

orlando perri 400 curtinha   A estratégia do governador Mauro Mendes de articular com os Poderes a edição do decreto de toque de recolher vem dando frutos. O governo publicou decreto impondo toque de recolher das 21h às 5h, com fechamento do comércio às 19h. O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro,...

Prefeito é intubado e pode ir para SP

Prefeito de Tapurah Carlos Alberto Capeletti   É grave o quadro de saúde do prefeito de Tapurah (432 km de Cuiabá), Carlos Alberto Capeletti (PSD). Após piora, ele precisou ser intubado nesta quinta (4). Foi internado na terça (2), após testar positivo para Covid-19, em uma UTI no Hospital 13 de Maio, em...