Últimas

Terça-Feira, 28 de Outubro de 2008, 14h:07 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:21

GREVE

Insatisfeita, Polícia Civil entra em greve nesta 5ª

   Os agentes investigadores da Polícia Civil de todo o Estado ameaçam entrar em greve a partir de quinta (30). A categoria alega baixos salários e reivindica melhores condições de trabalho. Por toda a cidade é possível ver em outdoors a manifestação dos policiais civis, com citação do número de pessoas que "já perderam a vida no Estado desde o início do ano por falta de investimentos do governo do Estado e devido ao baixo efetivo da polícia".

   O presidente do sindicato dos Investigadores e Agentes Prisionais de Mato Grosso (Siagespoc), Clédson Gonçalves, disse nesta terça (28) ao RDNews que a categoria está "lutando pelo aumento salarial desde 2004". "A carreira passou de nível médio para nível superior, mas o governador não quer aumentar o salário. Ele quer que nós continuemos a receber como nível médio", diz o sindicalista. "Ele (Blairo) sempre diz a mesma ladainha: que não tem caixa. Não tem caixa para nós trabalhadores, mas para as farras do governo têm", critica. 

   A categoria luta para elevar o piso salarial para R$ 2,6 mil, enquanto o Executivo propõe R$ 1,6 mil. O estudo anual que "mapeia" a violência em todos os municípios do país realizado pelo Fórum Brasileiro de Segurança aponta uma redução de investimentos no setor por parte do governo do Estado. Nos anos de 2006 e 2007 Mato Grosso teve queda de 11,9% nos investimentos em segurança pública.  (Andressa Boa Sorte)

Postar um novo comentário

Comentários (10)

  • Vanuzia Araujo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0


    Não restou outra saida essa paralisação por parte dos investigadores de polícia civil, que são policiais 24 horas por dia, para atender a população.
    Há quatro anos essa luta se arrasta e até o momento o Governo não se mostrou sensível.
    MT paga o pior subsidio para os policiais civis no que tange aos demais Estados brasileiros.
    Além do salário, o efetivo é reduzido o que acarreta sobrecarga de trabalho, ou ainda, pilhas e pilhas de boletins de ocorrência ficam sem investigação, o que acaba afetando o psicológico do policial (que não tem assistência psicológica).
    Sem embargo algum, há violação do principio da dignidade da pessoa humana no que tange aos problemas enfrentados pelos policiais civis de MT.
    Espero que essa paralisação seja feita dentro do que a lei preconiza e que a população compreenda que os policiais civis também são pessoas humanas, portadoras de direitos e deveres e merecem respeito. A dignidade humana não tem preço. Falta reconhecimento para os policiais civis de nosso Estado.

  • Paulo André | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0


    Estamos solidários com a paralisação, quem sabe o Governador sensibilize a nossa causa e invista no policial enquanto ser humano, que merece ganhar um salário para dar condições mais dignidas a sua familia.

    Cledison, estamos solidários com você! Vamos a luta!

  • José Antônio | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0


    É um absurdo MT reduzir em 12% o investimento em segurança pública e ainda ser destaque nacional.
    Isso reflete na qualidade de serviço prestado, que tem deixado muito a desejar.
    A sociedade deve se solidarizar com os policiais civis de MT.

  • Maria Antônia | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0


    Caros eleitores,
    O problema que a Policia Civil vem enfrentando é sério. Infelizmente a Secretaria de Segurança Pública não é prioridade desse Governo.
    Basta olharmos o aumento cada vez mais dos indices de violência e criminalidade.

  • Karla Cristina | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0


    No interior é que sofremos mais, somos esquecidos.
    Avante com a greve.

  • Angela Aparecida | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Existe realmente uma troca de valores, o bandido tem seus benefícios na lei, e a polícia civil, não tem direito nem de sustentar sua família decentemente. Politicos tem verbas para tudo, auto escalão tem Verba Indenizatória, ganha a custo dos do baixo escalão. Até onde a polícia civil vai aguentar.

  • Dimelo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Infelizmente a politica de segurança pública no Estado de Mato Grosso esta um caos desde quando o atual Governador Blairo Maggi tomou posse, isso significa que estamos desde 2003 retardando investimentos necessários em todos os setores da segurança pública.

    Os Investigadores de Policia estão corretos na sua luta, e o Sindicato o qual os representa, tem feito de tudo para indicar ao Governo, os pontos a ser sanado, sendo sempre parceiro, não só resolvendo os problemas de salarios baixos, mas como de estrutura de trabalho, de combate a criminalidade, de investimento no setor para aprimoramento de uma instituição forte. Correspondendo com a Sociedade.

    Infelizmente, o caos esta no Setor da Policia Judiciaria, esta no Sistema Prisional, na Policia Preventiva.

    O caos aumentou assustadoramente em todas as planilhas de dados de segurança em todo o Estado.

    Precisamos de uma politica eficaz emergencial no setor da Segurança Pública no Estado de Mato Grosso.

  • Paulo Correa | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Sr. Governador, isso é o reflexo da falta de uma pessoa capaz de ocupar essa pasta da segurança. Não vi nada de novo com a entrada desse Delegado Federal. A estatistica está aí para provar. Na verdade, ele é fraco e nao possui pulso para administrar. Realmente, estou com saudades do ex-secretário do Dante que em muito revolucionou a pasta, com a criação da policia comunitaria.... acorda blairo!!!!

  • paulo roberto de oliveira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Isso que o governador Blairo, está fazendo com a Polícia
    Cívil, é um vergonha, aliás, com todo o funcionarismo,
    os mais previliagiados são duas categorias: A PM(mais os
    Oficiais) e o professores, o resto uma migalha de aumento.
    Prometeu antes de ser eleito, abaixar o ICMS da energia,
    telefonia e da cesta básica. Ficou só na promessa, e tem
    mané que acredita que ele faz um bom governo. Acorda Povão....Gostei de ver o bugre do Evo Morales fez todo
    governo de palhaço, fizeram até propaganda alardeando
    que consegui a liberação do famigerado gás. Gás mesmo só
    se for de Pum do Evo......kakakakak...Bem feito Blairo....
    Gosta de emblomar o povo com falsas promessas, agora está
    tendo retorno do que plantou.......Um abraço Romilson

  • leonardo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É uma vergonha um policial receber pouco mais de três salarios mínimos, não é atoa que a segurança da população está assim.

    Poderíamos descobrir quando (e quantos) ganha e ganhará os seguranças que o Blairo tem direito, com certeza não é esse mesmo valor.

    Ou seja, quem pode pagar pela sua segurança, terá seguranças bem pagos pelo Estado. Enquanto quem não pode pagar...

Leverger e ex em palanque separado

francieli magalhaes 400 curtinha   Dois candidatos em chapas majoritárias em Santo Antonio de Leverger, hoje em palanques diferentes, já estiveram juntinhos na vida particular. O empresário Ademilson Dantas de Matos (PV), vice da chapa de Franklin Luis Carvalho (PSDB), foi casado com a petebista Francieli Magalhães...

Prefeito cuiabano vira saco de pancada

emanuel pinheiro 400 curtinha   O prefeito cuiabano Emanuel Pinheiro (foto), que busca a reeleição e havia iniciado a campanha como grande favorito, inclusive com expectativa de ganhar no primeiro turno, se transformou em saco de pancada. Além de Abílio Júnior que o critica e ataca o tempo todo, o que acabou o...

Dal Bosco com 3 na disputa em Sinop

dilceu dal bosco 400 curtinha   Neste pleito eleitoral, a família Dal Bosco se dividiu em três grupos de apoio em Sinop, a chamada capital do Nortão. O ex-deputado estadual Dilceu Dal Bosco (foto) coordena no município e região a campanha à reeleição do senador Carlos Fávaro (PSD). O...

Tentativa de ser 1ª prefeita de Barão

margareth munil 400 curtinha   A candidata à prefeita de Barão de Melgaço, Margareth Gonçalves da Silva (foto), é tão conhecida nas ações conjuntas com o marido nas áreas da saúde e assistência social que está levando para as urnas a combinação do seu...

Froner segue com o vice de Gilberto

osmar froner 400   Osmar Froner de Mello (foto), escalado de última hora para a disputa em Chapada dos Guimarães, manteve de vice o mesmo que estava na chapa de Gilberto Mello (PL), o vereador Carlos Eduardo, que era conhecido como Carlinhos do PT e agora é do PDT. Froner e Carlinhos não têm afinidades...

Ministro Tarcísio rasga elogios a Fávaro

tarcisio 400 curtinha   O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas (foto), em vídeo de congratulações, só faltou pedir voto para Carlos Fávaro, senador interino que busca à reeleição e que completou 51 anos nesta segunda. Disse que Fávaro, com quem possui bom...