Últimas

Sexta-Feira, 25 de Setembro de 2009, 16h:14 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:24

Caso Lutero

Iran, Henrique e empresários serão os próximos a depor

   Os ex-secretários de Administração e Finanças da gestão Lutero Ponce (PMDB), Iran Monteiro e Luiz Henrique, serão os próximos interrogados pela Comissão Processante, que investiga o ex-presidente da Câmara (2007/2008) por atos de improbidade administrativa, corrupção e quebra de decoro parlamentar. Ele é apontado pela Delegacia Fazendária como o chefe de uma quadrilha que fraudava licitações, principalmente na modalidade carta-convite, e causou um rombo superior a R$ 7,5 mi ao erário.
 
   A expectativa é que a oitiva ocorra no início de outubro porque a Comissão aguarda a chegada das cópias dos processos licitatórios realizados em 2007 e 2008. A documentação faz parte de uma lista de documentos solicitados pela defesa de Lutero. A Mesa Diretora já providenciou cópias das atas de posses do período e dos gastos com verba indenizatória. A documentação representa quase 15 mil páginas. Já os processos licitatórios estão com o Ministério Público, que prepara denúncias contra o peemedebista. O presidente do Legislativo Deucimar Silva requisitou uma cópia da documentação, mas como são quase 20 mil cópias, os papéis serão entregues nesta segunda (29). “Na terça (30) vamos entregar tudo para a defesa de Lutero e conceder um prazo de cinco dias para que analisem a documentação e anexem aos autos se acharem necessário”, explica o presidente da Comissão Processante, Francisco Vuolo.

   Segundo ele, nesta sexta (25), durante reunião dos outros membros da comissão, Lueci Ramos (PSDB) e Lúdio Cabral (PT), ficou definido que a oitiva ocorrerá somente após este prazo. “O mês de outubro será bastante movimentado. Assim que este prazo de análise terminar, retomaremos as investigações”, frisou Lutero. 

    O depoimento de Henrique é o mais esperado porque Lutero creditou a ele a responsabilidade pelo planejamento, organização e realização dos processos licitatórios. O parlamentar chegou a afirmar que desconhecia até mesmo os funcionários que atuavam como assessores financeiros e que, por isso, nunca teve conhecimento de qualquer irregularidade, se é que elas ocorreram. Henrique é apontado por alguns empresários que prestaram depoimento à Delegacia Fazendária como o interlocutor de Lutero.

  Ele supostamente era o responsável por negociar o percentual dos valores pagos aos empresários que seriam devolvidos para a “quadrilha”. Os empresários declararam que ele avisava que o dinheiro seria para Lutero. O peemedebista negou a existência de qualquer esquema fraudulento e declarou ter confiança em Henrique. “Ele foi indicação minha. Não o contrataria se não confiasse nele”, declarou Lutero, durante depoimento nesta segunda (21) – saiba mais aqui.

  Além de Iran e Luiz, serão ouvidos os empresários Auge Cardoso, Gustavo Salgueiro e Sirlene dos Santos. Lutero tem ainda o direito de arrolar mais cinco testemunhas durante as investigações. Depois que os cinco passarem pelo crivo da Comissão, a delegada titular da Delegacia Fazendária, Luzia de Fátima, deve ser convocada. Ela foi acusada por Lutero de criar factóides e ameaçar empresários para que eles o incriminassem. A delegada reagiu e, por meio de nota, reforçou que as provas contra o peemedebista são contundentes. (Patrícia Sanches)

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • Rodrigo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vereadores acordem,deichem de envestigar o lutero e a chica e os outros presidentes que passaram pela casa,eles ja estão sendo envestigados pela justiça.Envestiquem este presidente Deucimar enquanto a tempo ele é rior que todos os outros juntos,se voces não acordarem ele vai destruir com todos voces desta legislatura.Peçam para o pres.Deucimar apresentar os gastos da sua gestão de janeiro até agora,esta é a funções dos senhores,depois não adianta chorar sobre o leite derramado.

  • Elaine | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • Luiz Carlos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Esse rodrigo quer desviar a atenção? Deve ser o próprio lutero! kkkkkk Não adianta garoto, o Lutero e a Chica serão investigados; devem perder os mandatos e devolver todo o dinheiro, se comprovado o esquema surrupiador. O eleitor está mais atento. Tudo está mudando, mas tem gente que acha que ainda engana todo mundo, mesmo com toda a carga de informação que temos diariamente e com uma imprensa ativa e atenta. Então, paga pra ver!!!!!

  • Antonio Carlos Cuiabano | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O Lutero tem muito a explicar ao povo cuiabano.
    O cidadão Chamado Helio Hudson é amigo pessoal de Zé Rosa e Chico Daltro, ja foi até coordenador da campanha do mesmo.

Luizão e 10 promessas em cartório

luizao 400   O empresário Luizão (foto), candidato a prefeito de Rondonópolis pelo Republicanos, registrou em cartório 10 comprimissos de gestão, garantindo, em caso de eleito, executá-los logo no primeiro mês de mandato. O primeiro deles é de zerar a fila de consultas, exames e cirurgias. E...

Ex-secretários de França sem mácula

roberto franca 400 curtinha   A assessoria jurídica da coligação de Roberto França (foto), que concorre à Prefeitura de Cuiabá pelo Patriota, classifica de mentirosa e irresponsável a notícia de que ex-secretários de França, da época em que comandou a Capital, de 1997 a...

Líderes de Lucas e apoios ao Senado

otaviano pivetta curtinha 400   As principais lideranças políticas da "República" de Lucas do Rio Verde estão divididas nos apoios sobre candidaturas ao Senado. O vice-governador Otaviano Pivetta (foto), recém-desfiliado do PDT, faz campanha pela coronel Rúbia Fernanda (Patriota), propagada como a candidata...

Reeleição difícil em Barra do Bugres

raimundo nonato 400   Aos 81 anos, o piauiense de Campo Maior, Raimundo Nonato (foto), busca renovar o mandato de prefeito de Barra do Bugres pelo DEM. Embora considerado carismático e populista, pioneiro no município e ajudado pela força da máquina pública, Nonato, que já foi prefeito nos anos 82 e 90,...

4 com as maiores chances ao Senado

carlos favaro 400 curtinha   Todos os principais candidatos ao Senado, na suplementar de 15 de novembro, para eleger quem ocupará a cadeira da cassada Selma Arruda, estão trabalhando com tracking eleitoral, metodologia que consiste, basicamente, em realizar pesquisas de intenção de voto por telefone de forma...

Polarização entre Gustavo e os Maia

gustavo mello 400 curtinha   Em Alto Araguaia, três disputam a prefeitura, mas a briga eleitoral está mesmo polarizada entre o prefeito Gustavo Melo (foto), do PSB, e Martha Maia (PP), irmã do ex-prefeito por quatro vezes Maia Neto. Júnior da Farmácia (PSL) corre por fora, mas sem chance de êxito nas urnas....