Últimas

Sexta-Feira, 21 de Dezembro de 2007, 10h:47 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

RONDONÓPOLIS

Jaime e Muniz ficam empatados para governador

   Percival Muniz (PPS) e Jaime Campos (DEM) estão empatados em Rondonópolis na corrida sucessória a governador. De acordo com a pesquisa Mark realizada nos últimos dias 16 e 17, Muniz é preferido por 21,5%, enquanto Jaime detém 19,5%. Nesse caso, ambos estão empatados tecnicamente, já que a margem de erro da pesquisa estimulada é de 3% para mais ou para menos.

   Muniz é ex-prefeito de Rondonópolis por dois mandatos, ocupa hoje a cadeira de deputado estadual e, nos bastidores, fomenta a expectativa de vir a concorrer a governador no próximo pleito. Jaime já foi governador (91/94), prefeito de três mandatos de Várzea Grande e desde janeiro deste ano exerce mandato de senador.

  • Enquanto em Rondonópolis, Jaime figura empatado com Muniz, em Cuiabá seu nome aparece na liderança para governador - clique aqui e confira. 

   Nesta amostragem feita em Rondonópolis, a Mark pesquisou o nome de cinco virtuais concorrentes ao Palácio Paiaguás. São eles: Jaime, Muniz, Luiz Antonio Pagot, Wilson Santos e Carlos Abicalil. O terceiro colocado no município é Pagot, nomeado há cerca de três meses como diretor-geral do Departamento Nacional do Infra-Estrutura de Transportes (Dnit). Afilhado político do governador Blairo Maggi, Pagot aparece com 8,8%. Ele é um dos preferidos do governador para concorrer à sucessão estadual, assim como o prefeito rondonopolitano Adilton Sachetti.

    Os pesquisadores fizeram a seguinte pergunta: "Em quem o sr. (a) votaria para governador se as eleições fossem hoje e os candidatos fossem estes?". Dos entrevistados, 5,3% disseram que votariam no prefeito cuiabano Wilson Santos (PSDB). O tucano pretende concorrer à reeleição e, se sair vitorioso, já tem planos para entrar na corrida ao Paiaguás.

   O petista Carlos Abicalil é lembrado por 3,7% do eleitorado rondopolitano. Apesar de desconversar sobre o assunto, o nome do deputado federal é cogitado entre a militância como candidato natural do PT a governador. Ele já disputou a cadeira em 98. Ficou em terceiro lugar.

  O percentual de indecisos chega a 26,1%, enquanto 15,1% adiantam que votariam hoje nulo ou em branco se os candidatos a governador fossem Muniz, Jaime, Pagot, Santos e Abicalil.

   Rejeição

   Sachetti (PR) é o mais rejeitado pelos rondonopolitanos como virtual candidato a governador. Mesmo em seu município, ele enfrenta rejeição de 16,7%. Jaime Campos é rejeitado por 13,5%, seguido de Pagot (6,3%). Já o nome de Muniz é reprovado por 6%, ao passo que Santos, por 5,8%. Por fim, Abicalil surge como o nome com a menor rejeição: 3,2%. Nesse caso, 36,9% estão indecisos e 11,6% disseram que votariam em branco ou anulariam o voto. (Pollyana Araújo)

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • JOSE MARQUES BRAGA | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    CADA GOVERNO CUMPRE SUA MISSÃO EM DETERMINADO TEMPO DA HISTORIA DE UMA NAÇAO. EM NOSSA CONTEPORANEIDADE, ESTIVEMOS COM OS GOVERNOS FEDERAIS DO MILAGRE ECONOMICO, NA LUTA PELA ABERTURA POLITICA, NO PROCESSO DE REDEMOCRATIZAÇÃO, NA ESTABILIDADE DA MOEDA E PARECE QUE VOLTAMOS NO CRESCIMENTO ECONOMICO SEM HIPER-INFLAÇÃO. NO ESTADO DE MATO GROSSO E TAMBEM NOS OUTROS ESTADOS, CUJA GRANDEZA GEOGRAFICA E DIVERSIDADE CULTURAL E PARECEM MAIS UMA NAÇÃO, OS GOVERNOS ESTADUAIS CUMPRIRAM SUAS MISSÕES DE FAZER ESTRADA (JULIO CAMPOS), CUIDAR BEM DOS SERVIDORES PUBLICOS (CARLOS BEZERRA) BUSCAR O EQUILIBRIO FISCAL E TRAZER ENERGIA (DANTE DE OLIVEIRA - DOIS MANDATOS) E FORTALER O AGRONEGOCIO COMO EIXO DA ECONOMIA DE MATO GROSSO (BLARIO MAGGI). OS PROXIMOS GOVERNANTES TERÃO DESAFIOS DE CRESCER COM SUSTENTABILIDADE AMBIENTAL E AVANÇAR NA TECNOLOGIA COMO AGREGADOR DE VALOR À ECONOMIA. ASSIM NÃO VEJO NOS EX-GOVERNADORES AS VOCAÇÕES PARA ESTA MISSÃO INOVADORA DA ECONOMIA E SOCIEDADE BRASILEIRA E SUAS DIVERSAS NAÇÕES. MEIO AMBIENTE E TECNOLOGIA SÃO PROJETOS DA SOCIEDADE DA INFORMAÇÃO E ESTES POLITICOS COM PRATICAS DE OUTRAS DÉCADAS PASSADAS E ASSIM PERDE MATO GROSSO. ACHO QUE TODO CIDADÃO CONSCIENTE E SOLIDÁRIO DEVE SE POSICIONAR DE FORMA RESPONSAVEL PARA SUPERAR DISCURSOS DEMAGOGOS E ENGANADORES, PRINCIPALMENTE PAR O PODER EXECUTIVO.

  • Luis Inácio Campos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A turma do Jaime nós já conhecemos. Seus companheiros e secretários serão os mesmos de sempre. Não sei até hoje elencar as realizações do Governo dele, sei apenas que o funcionalismo sofreu bastante o atraso salarial.
    Como senador, o que é que esta fazendo por Mato Grosso. Sei o que faz por ele e seus amigos, haja vista os empregos conseguidos para o Osvaldo Sobrinho, Yuri, e outros no DNIT.

  • JOSÉ CAMPOS | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    NA VERDADE, DAR PARA PERCEBER QUE O MOMENTO ATUAL QUE VIVEMOS NA POLITICA É DE RENOVAÇÃO. O POVO MÃO QUER O PASSADO JAMAIS: DE FOLHA DE PAGAMENTO ATRASADO, BANANA PARA PROFESSORES ETC, ETC,. A RIGOR, ELES QUEREM RENOVAÇÃO!!! E PERCIVAL MUNIZ HOJE PASSA SEGURANÇA PARA O MATOGROSSENSE, COMO ÓTIMO PREFEITO QUE FOI E, SEM SOMBRA DE DUVIDA, O MELHOR PARLAMENTAR DA ASSEBLÉIA. PORTANTO É O CARA!!!...

  • Thiago Pereira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O Percival Muniz tem um boa avaliação por nós do nortão. É conhecido pelos seus bons feitos frente a prefeitura de Rondonópolis e pelas suas polemicas atitudes na assembléia que também nos soam bem. Creio que ainda tem muito para contrubuir por mato grosso e que seria um bom governador.

Rei do Gado entra numa difícil disputa

mauricao 400 curtinha   O leiloeiro Maurição Tonhá (foto), chamado por muitos de "Rei do Gado", está de volta à disputa eleitoral. O pecuarista com bens avaliados em R$ 19 milhões é candidato pelo DEM a prefeito de Água Boa, muncípio já administrado por ele por dois mandatos. Em...

Ajudando a enterrar CPI do Paletó

luciana zamproni 400 curtinha   O Palácio Alencastro está convicto de que, assim como na primeira votação, o relatório da CPI do Paletó que propõe punição ao prefeito Emanuel e vai ser votado nesta terça, será arquivado pela maioria dos vereadores cuiabanos. O desfalque do...

8 candidaturas e Thelma com chances

thelma de oliveira 400 curtinha   Mesmo sem apoio de nenhum outro partido, a não ser do seu PSDB, enfrentando forte desgaste político e rejeição popular e ainda problemas de saúde, se recuperando de tratamento de câncer de mama, a prefeita Thelma de Oliveira (foto) ainda tem chances de...

Niuan de fora da suplência ao Senado

niuan ribeiro 400 curtinha   O deputado federal José Medeiros não conseguiu segurar o vice-prefeito de Cuiabá, Niuan Ribeiro (foto), como primeiro-suplente de sua chapa ao Senado. Há alguns dias, o filho do ex-vice-governador e ex-deputado Osvaldo Sobrinho vinha demonstrando desejo de pular fora, em meio a...

Jayme incomodado com Flávio em VG

jayme campos 400 curtinha   A candidatura a prefeito de Várzea Grande do empresário Flávio Frical (PSB), principal aposta da oposição, passou a incomodar a família Campos, que apoia o ex-vereador Kalil Baracat, concorrente ao Executivo pelo MDB. Em uma noite que seria de festa, em comemoração...

Acordo com Euclides partiu de Allan

allan kardec 400   Otaviano Pivetta, vice-governador licenciado por 30 dias para cuidar de problemas de saúde, disse que nada tem a ver com o tal acordo "costurado" pelo presidente regional do PDT, deputado Allan Kardec (foto), com Euclides Ribeiro, candidato a senador pelo Avante. Explica que só apresentou Euclides para Allan e...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.