Últimas

Segunda-Feira, 09 de Julho de 2007, 12h:29 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:16

NEGÓCIOS

Jaime não declara os bois ao TRE

CRUZAMENTO
 
Senador informa à Receita possuir mais de 50 mil cabeças de gado, mas, nos dados junto à Justiça Eleitoral, esse rebanho não consta

Téo Meneses
Da Redação

O senador Jaime Campos (DEM) teria omitido da Justiça Eleitoral o fato de possuir 50.129 cabeças de boi. Apesar do rebanho constar na declaração de Imposto de Renda do parlamentar, o eleitor que procurar informações sobre o patrimônio de Jaime não vai saber que ele é também um dos maiores pe cuaristas de Mato Grosso - ver quadro à direita.
Conforme A Gazeta apurou, Jaime apresentou na campanha do ano passado a declaração do Imposto de Renda de forma detalhada em 15 páginas. A relação de bens que é obrigatória aos candidatos em forma impressa e em meio eletrônico é bem mais resumida: contém apenas duas páginas, segundo o Tribunal Regional Eleitoral (TRE).
Além de não declarar os bois, Jaime possui também 123 cavalos que aparecem no IR, porém, não constam na declaração de bens que o democrata apresentou à Justiça Eleitoral, que mostram ainda a abastança de Jaime: além de fazendas e propriedades em diversas regiões do Estado, ele tem um avião modelo EMB-121AL, que custa R$ 381,4 mil.
Ao todo, os bens declarados por Jaime à Justiça Eleitoral somam R$ 11,8 milhões. Esse montante foi obtido com os rendimentos de empresário e também de político, como a aposentadoria vitalícia que tem direito por ter comandado o Palácio Paiaguás e que soma no ano R$ 124,3 mil, incluindo 13º salário no valor de R$ 8,5 mil.
O diretor-geral do TRE, Mauro Sérgio Diogo, explica que Jaime cumpriu com as exigências ao declarar os bens. Se houve omissão de informações patrimoniais,isso deveria ser investigado pela Receita Federal. Como Jaime informou tudo ao Imposto de Renda, na prática ele não cometeu crime.
A omissão de dados prejudica a intenção da Justiça Eleitoral em levar ao eleitor todas as informações sobre os candidatos, principalmente porque o cidadão só tem acesso pela internet à declaração de bens publicada no site do TRE e que omite parte do patrimônio do senador. Os bois já levaram à derrocada política de dois senadores: Joaquim Roriz (DF) e Renan Calheiros (AL), que forjaram aquisição de bois para justificar gastos.

Pode ter havia erro, destaca senador

Da Redação

O senador Jaime Campos afirma que a omissão pode ter ocorrido por erro. Diz que repassou todas as informações ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE) e não teria motivo para omitir parte dos seus bens, já que, declarou tudo no seu Imposto de Renda.
"Acredito que houve uma falha em alguma parte, mas não foi minha culpa. Não haveria motivo para não dizer nada se os meus contadores declararam tudo para à Receita Federal. Além do mais, grave seria e seria até crime se omitisse informação do Imposto", pondera Jaime Campos.
O senador ressalta ainda que teve a prestação de contas da campanha aprovada pela Coordenadoria de Controle Interno (Cocin) e pelo pleno do TRE, que tiveram acesso à relação de bens e também à declaração do IR. "Já fui prefeito por Várzea Grande três vezes, governador e agora sou senador. Nunca precisei omitir nada da Justiça. Por que faria isso agora?", completa.(TM)

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Sessão, voto e namoro com cantora

ulysses moraes 400   Na sessão virtual da Assembleia desta segunda, o deputado Ulysses Moraes (foto), do PSL, estava demorando para computar o voto na apreciação de um veto do governador. O presidente Max Russi (PSB), então, cobrou agilidade do colega e brincou, dizendo que agora ele só tem olhos para a Maraisa....

Misal é reeleito para o 10º mandato

misael galv�o 400 curtinha   Após dois anos fora do comando do Shopping Popular, período em que respondeu pela presidência da Câmara da Capital, o ex-vereador Misael Galvão (foto) voltou à direção do empreendimento, que abriga 500 lojas. E, sob forte...

Oscarlino, Pros e "nocaute" em Gisela

oscarlino 400   Na queda-de-braço dentro do Pros por espaço político, o ex-sindicalista Oscarlino Alves (foto) nocauteou a ex-superintendente do Procon-MT, Gisela Simona. Ele foi um dos filiados que não aceitaram apoio a Abílio na disputa de segundo turno para prefeito de Cuiabá, se aliou ao projeto de...

Promotor recebe medalha do Exército

Mauro Zaque curtinha   O promotor de Justiça Mauro Zaque (foto) foi condecorado com a medalha do Exército Brasileiro na manhã desta segunda (19), no dia da instituição. A solenidade é considerada a segunda maior do Exército Brasileiro, foi reservada por conta da pandemia e contou com a...

Sema reabre os parques em Cuiabá

mauren lazzaretti sema 400   Fechados desde 1º de abril, em obediência às regras de decreto municipal, que suspendiam as atividades coletivas, os parques estaduais urbanos de Cuiabá reabrem nesta segunda (19) para utilização pelo público. Será possível acessar as tradicionais trilhas...

Pilha em Jayme pra disputar o Governo

jayme campos 400   Mesmo sabendo que Jayme Campos (foto) não entra em disputa onde percebe dificuldades para vencê-la e militando no mesmo partido de Mauro Mendes, o DEM, algumas lideranças políticas têm instigado o senador a se lançar ao governo estadual. Para tentar convencer Jayme, lançam...