Últimas

Sexta-Feira, 14 de Agosto de 2009, 18h:50 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:23

INFRAESTRUTURA

Jayme confirma que deve se afastar do Senado dia 26

   O senador Jayme Campos (DEM) confirmou nesta sexta (14) que se afastará do cargo a partir de 26 de agosto. Ele disse que procurou o diretor-presidente do Dnit, Luiz Antonio Pagot, primeiro suplente da coligação que o elegeu, para comunicar o pedido de licença de 121 dias. O republicano não teria demonstrado empolgação. “Em princípio, ele afirmou que teria dificuldades em deixar o cargo, mas disse que precisava conversar com o governador (Blairo Maggi) primeiro”.

   Jayme afirmou que também conversou com o segundo suplente, Osvaldo Sobrinho (PTB), secretário de Governo da Prefeitura de Cuiabá, que deverá assumir como senador. No período em que ficará afastado, Jayme pretende fazer um tratamento odontológico e visitar os diretórios do DEM no interior. “Vou tratar da minha saúde, preciso fazer implantes. Também quero rever as bases e conversar com as lideranças”.

   Ex-governador e ex-prefeito de Várzea Grande em três ocasiões, Jayme admitiu que poderá declinar da pré-candidatura ao governo do Estado se sentir que não tem o apoio das lideranças. Ele disse não ver problema algum em recuar na intenção de concorrer ao pleito. “Se eu sentir que há resistência, não teria problema algum em abandonar a candidatura”.

   Questionado sobre a polêmica envolvendo Pagot, que insiste em ignorar o nome de Jayme na corrida ao Palácio Paiaguás, o senador disse que, ao contrário da maioria dos políticos mato-grossenses, tem autonomia para falar o que pensa. Devido à briga com a turma da botina, Jayme já chegou a afirmar que Maggi administra Mato Grosso como se o Estado fosse um “fazendão”, sem diálogo com os aliados. “Lamentavelmente, muita gente não pode dizer o que pensar por não ter independência ou não ter coragem de falar. Eu sou tranquilo, não dependo dos outros”, sustentou. Jayme disse não ter nada pessoal contra Pagot. "Tanto é que nesta quarta conversamos por quase duas horas. Ele até disse que fui muito cavalheiro em ter comunicado meu afastamento, pois o regimento não determina isso”. (Andréa Haddad)

Postar um novo comentário

Comentários (9)

  • evandro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    senador eu admiro o sr e voto, mas se o senador é oposição ao governo tem que colocar os cargos do DEM a disposição os DAs.
    e a justiça tem que ficar de olho nesse concurso do estado pq mtos querem do governo entrar pela janela...

  • ze maria lojão do queima | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Esse Grande Senador tenho respeito e admiro, pela sua forma de fazer politica, e o proximo gov. de Mato Grosso, vamos estar junto nobre Senador, Ze Maria lojão do queima Rondonopolis,

  • JOTA DE SÁ | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Totalmente sem discurso e sem moral, esses campos tem de entender que agora eles fazem parte do passado, onde o povo era ignorante por iso mantiveram eles tanto tempo no poder , MT so nao esta caminhando graças aos campos que ate hoje estao metendo o dedo errado , se observamos a questao ambiental MT foi devastado estamos tentando juntar os cacos a questao social nem vamos falar vem dar uma volta no arredores da cidade que eles falam que sao filho de VG iso aqui é um lixo , jaime ta na hora de vcs descansarem chega ne ........

  • becao | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    é isso ai senador, primeiro a saude, depois chicote no lombo de gente que nao quer enquadrar no sistema, vamos sacudir esse dDEM, e ser governador do nosso estado.

  • joão | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Senador Jayme o cavalo está passando arreado.
    Voce não vai ter concorrente.
    Não faça coligação com o PR, a não ser que voce seja o candidato a governador.
    Jayme dentro do PR só fala seu nome e eles não querem que voce coliga com o Wilson Santos, porque sabe que o ferro é maior.
    Tem candidato a senador do PR que já está pensando desistir e sair candidato a dep. federal.
    Mais Jayme não desista de ser governador de MT. No PR ninguém entende é uma bagunça total.

  • CARLOS ALBERTO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    E BÉCAO!!!QUEM TE VIU...QUEM TE VE!!!!VC JA TA APOSENTADO COM DEFICIENCIAS MENTAL,PELO TRIBUNAL DE CONTAS!!!!COM ÓTIMO SALARIO...NAO PRECISA FICAR BABANDO TANTO.....OU ENTAO VC ESCOLHE O SACO...DO JULIO......OU DO JAIME!!!!!OS DOIS NAO TEM COMO...OU VOCE TEM DUAS BOCAS

  • lucinha do centro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    nao tem essa nao o SENADOR JAIME tem que devolver o dinheiro do HOSPITAL CENTRAL DE CUIABA....nos sofremos o pao que o diabo amassou..agora vem com essa...de DEUS salvador...assim nao da...o MINISTERIO PUBLICO FEDERAL ta ai...VIVA....VIVA..nao dar moleza pra essa turma..VIVA...VIVA...

  • Marcos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0


    Ao que tudo indica Jayme será o próximo governador!

    PR sem nome.
    PT com medo.
    PSDB um terço da executiva presa.
    PP é mais sujo que pau de galinheiro.

    Se tem alguém que tem sorte é o senador Jayme Campos.

  • FRANCISCA MIRANDA | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    CERTISSIMO....O JAYME... TRATAR DA S~UDE...SE FORTALECER E DEPOIS, FURAR AS BOTINAS DOS PAUS RODADOS... DEIXAR OS PES SANGRANDO DE QUEM ASSIM DEIXOU OS CORAçOES DOS CUIABANOS.

Esforço e a contemplação no IFMT

adriano breunig 400   Quem está comemorando exaustivamente e feliz da vida com a vitória de Júlio Cesar para reitor do IFMT é o professor Adriano Breunig (foto), atual diretor de Políticas, Projetos e Avaliação Institucional. Adriano mergulhou na campanha de Júlio. Fez visitas, pediu voto, se...

2 da AL em chapas distintas à AMM

nininho 400   Dois deputados estaduais estão divididos em chapas de honra da eleição da AMM, que acontece no próximo dia 15. O curioso é que Ondanir Bortolini, o Nininho (foto), filiado ao PSD e hoje presidente de honra da entidade comandada pelo segundo mandato consecutivo por Neurilan Fraga (PL), caiu fora da...

Trentini perde de novo para Pitucha

roland trentini 400 curtinha   Na queda-de-braço nos bastidores, o ex-prefeito por três mandatos de Alto Garças, Roland Trentini (foto), perdeu de novo para o rival político histórico, o também ex-prefeito Júnior Pitucha. Ambos, que já protagonizaram disputas acirradas, tensas e...

2 maiores líderes sob crise partidária

mauro mendes 400 curtinha   Os dois maiores chefes de Executivos em MT hoje enfrentam problemas partidários internamente. O governador Mauro Mendes (foto), mesmo sendo a principal estrela do DEM no Estado, não está confortável dentro do partido por causa de conflitos com os irmãos Júlio e Jayme Campos....

MM e deputados derrotados do MDB

carlos bezerra 400 curtinha   Por coincidência, deputados do MDB que tiveram seus candidatos derrotados nas urnas estão de afagos com o governador Mauro. E até convidaram-no para deixar o DEM e migrar para o MDB, numa articulação do cacicão do partido, o federal Carlos Bezerra (foto), que puxou a corda da...

Os Maia fincam força no Legislativo

silvio maia 400   O ex-prefeito por quatro vezes de Alto Araguaia, Maia Neto, perdeu nas urnas na majoritária, mas ganhou na proporcional. De um lado, a irmã Martha Maia, seu braço-direito durante todos os mandatos, foi derrotada à prefeita por Gustavo Melo, que se reelegeu. Por outro, Maia Neto viu dois dos seus...