Últimas

Sábado, 31 de Janeiro de 2009, 12h:20 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:22

RUMO A 2010

Jayme fica "em cima do muro" sobre alianças


Jayme diz que nunca viu uma eleição da AMM tão agitada
Foto: Lisânea Ghisi

   Com a desistência do virtual candidato ao governo estadual Luís Antônio Pagot (PR), o cacique democrata Jayme Campos está em dúvida se abandona ou não a base do governador Blairo Maggi (PR). Ele não demonstra não saber quais os rumos que deve tomar nos próximos meses e se mantém "em cima do muro". Ao mesmo tempo em que defende a permanência da aliança com Maggi, Jayme garante que também possui simpatia pelo PSDB e pelo suposto candidato ao governo pela sigla, prefeito Wilson Santos.

   Em uma resposta às críticas que vem recebendo sobre sua postura dúbia , o cacique argumenta que ainda é muito cedo para o DEM decidir se abandona ou não a base governista. "Ninguém pode cobrar nada. Ainda está muito cedo. Vamos esperar e ver quais candidados são aclamados pelo povo. Aí sim teremos candidaturas válidas", analisa.

   As afirmações foram feitas durante a eleição do novo presidente da AMM. Na oportunidade, Campos desconversou sobre o racha dentro do DEM, gerado a partir de sua decisão de não apoiar seu colega de partido Dênio Peixoto, prefeito de Planalto da Serra. Além disso, para piorar a situação, Jayme teria articulado a eleição de Pedro Ferreira (PP), novo presidente da AMM. "Vim aqui como mero espectador. Não apoio ninguém, mas gostaria que tivesse havido uma candidatura conscensual", confessa o democrata pouco antes da vitória de Pedro, que obteve 83 dos 95 votos.

   Sobre uma possível candidatura ao governo, o senador disse que respeita a opinião de seu irmão e ex-governador Júlio Campos (DEM), que já declarou a vontade de ver Jayme no Palácio Paiaguás, mas adianta que ele não pode mandar em sua vida política. "Tudo ainda está muito cru. Precisamos esperar a reforma eleitoral que deve decidir pela verticalização ou não das coligações. Ainda não sei o que farei". (Patrícia Sanches) 

Postar um novo comentário

Comentários (14)

  • Edi | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Quando o milagre fica exarcebado o beneficiado até desconfia.
    Veja Bem, querem dividir o Estdo de Mato Grosso mais uma vez. PAGOT suplente vira SENADOR. MAGGI tem muita chance em se eleger. Dois Senadores de Peso a Nivel Nacional e Politicamente Falando a nivel de Brasilia. Falta a Terceira Peça. Quem vai ficar no lugar do JONAS PINHEIRO ( falecido recentemente e quase já esquecido, brincadeira!, querem até demetir a esposa dele da Sec. PMCBA)
    MORAL DA HISTORIA - JVC pode até ser governador , projeto pessoal, massagem do EGO e coisal e TAL. E o estado divido?
    È bom para a regiao CENTROOESTE?, fica ai para os analistas politicos.
    Grato
    Edi

  • cleuci | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    quem dera outros politicos tivessem assessores do quilate do leonardo,inteligente, sensato,sagaz,conhece muito de politica,amigo, leal e companheiro.

  • Pedrinho | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Jayme éssa é a hora meu jovem dos nomes que estou vendo ai você é o melhor nome e olha que eu nem simpatizo com o DEM vai em frete!

  • Maria José de Oliveira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O problema maior dos políticos é que não podem de maneira nenhuma ficarem fora da mídia, nem que estejam falando mau dos mesmo, mas seu nome tá lá.

  • laila do centro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Romilson o primeiro sinal ja foi dado pelo DEM retirada de seu nome a qualquer cargo na mesa do sendo o SANGUESSUGA aqui na VG a midia ja noticiou outra a MINISTRA ELEN GREICI do STF vai colocar na pauta para julgamento o processo o SENADOR LACRAIA vai agurdar...pois 20l0 sera outa coisa pos julgamento...viver pra ver.

  • Berinho Donato | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O Jayme está plenamente identificado, na dele.
    É sua especialização ficar em cima do muro.

  • clayton | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    fé em DEUS e siga em frente senador JAIME rumo ao nosso GOVERNO não fique em duvidas e não importe com essas pedradas que ai estão lhe jogando pois junte uma por uma e construa seu castelo e
    moste a esses seu trabalho futuroo pOr nosso MT

  • moacir mendes | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    julinho como sempre quer pegar uma beira, lançando o irmão como governador, ele se candidata a deputado estadual, ai até eu quero..r.s..

  • baco de Várea Grande | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    jayme tem criar vengonha na cara.Nada fez por Várzea Grande, pensa que povoo é bobo- sai dizendo por quatro cantos do mundo que toda sua fortuna é de balcão venda do Mercadinho, rerereere, so bobo pra acreditar.

  • Magalhães | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Mato Grosso não é mais cobaia de ninguem, foi eleito para Senador e pronto, nessa desputa era o melhor que tinha para pedir para nos, agora vem igual a Serys, nos experimenta, vem que vai levar chumbo. Individou o Estado e agora que esta sanado quer o bolo de volta, toma vergonha e trabaia trazendu emenda para o Estado o Sr foi elito para isso, estão porque não esperou e candidatou a Governador???? Coloca lá um suplente quem nem o que ficou no lugar do Senador Jonas, que não traz nada para o Estado, principalmente Cuiabá. Uma vergonha desviou as nossas Emenda não se sabe pra onde. Cumpra seu mandato cumpanheiro e larga de ser metido a besta, o povo não é mais bobo, vai jogar dindin fora. Queremos o Sr ai os 8 anos, sua carta e essa e pronto faça por merecer o que nois confiou no Senhor.

AL realiza lockdown de faz de contas

Funcionários da AL se mostram revoltados com o lockdown de “faz de contas” promovido por deputados. Isso porque, apesar de estar com as portas fechadas, funcionários estariam sendo obrigados a ir trabalhar e entrando por outras portas. Atendem parlamentares que preferem trabalhar presencialmente. Pelo menos 36 funcionários estariam infectados e os servidores temem que mais pessoas sejam contaminadas pelo coronavírus. O pânico ficou ainda maior...

EP na batalha por vacinas e insumos

emanuel pinheiro 400 O prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro (foto) entrega nesta segunda (8) PL para a aquisição de vacinas para combate à Covid-19, medicamentos, insumos e equipamentos. O documento foi elaborado pela Frente Nacional dos Prefeitos (FNP) e será votado na Câmara. Esse é mais um movimento...

Fúrio volta à carga contra secretário

celio furio 400 curtinha Depois de se enganar ao abrir investigação contra o secretário de Saúde Gilberto Figueiredo e ter de pedir desculpas, o promotor Célio Fúrio (foto) voltou à carga. Fúrio entrou na Justiça para que Gilberto seja condenado à perda da função...

TJ e posse em cartórios após 7 anos

maria helena _ curtinha O Tribunal de Justiça, sob Maria Helena (foto), marcou para 31 de março a posse coletiva dos aprovados no concurso para os cartórios extrajudiciais de Mato Grosso. O certame vem se arrastando desde 2013 e foi interrompido diversas vezes por causa de recursos judiciais de concorrentes inconformados com os...

Setores vivem tensão e são castigados

Gilberto Figueiredo Artigo O governo acerta ao estender o horários de funcionamento dos supermercados. Afinal, desde que o decreto entrou em vigor, as filas se multiplicaram pela Capital, aumentando o risco de transmissão do novo coronavírus. Há a expectativa de que novas medidas possam ser tomadas diante do evidente colapso da...

Limpeza e obras no entorno da Arena 

Beto 2x1 400 curtinha   Apesar da Arena Pantanal ser um cartão postal do Estado, o entorno do estádio vive situação crítica com lixo nas ruas, episódios de esgoto à céu aberto e matagal. O secretário estadual de Esporte e Cultura, Beto 2 a 1 (foto), em visita ao Rdnews, assegura que os...