Últimas

Sábado, 01 de Agosto de 2009, 19h:58 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:23

JUDICIÁRIO

JN destaca mutirão em MT para reconhecer paternidade

  Uma iniciativa fantástica do Judiciário em Cuiabá e Várzea Grande ganhou destaque no Jornal Nacional, da Rede Globo, deste sábado, 1º de agosto. Vinte e seis juízes fizeram mutirão para o trabalho de registro de paternidade. Com ajuda de professores e da equipe pedagógica das escolas, que fizeram levantamento das situações de filhos matriculados sem o nome do pai, os juízes entraram em ação. Convocaram até detento para audiência.

   Cerca de 80% dos pais intimados acabaram por reconhecer oficialmente a paternidade. Assim, regularizaram a situação dos filhos. O juiz Francisco Mendes lembrou na reportagem que teve um caso em que o pai reconheceu paternidade de 9 filhos. "Ao ter o pai do seu lado e reconhecido como filho legítimo, a criança terá maior rendimento na escola e vai melhorar a sua auto-estima", enfatiza o juiz Jonas Gattas Dias. Foi montado até um mini-laboratório para coleta de sangue e exame de DNA naqueles casos em que há resistência e os casais não chegaram a um acordo. De todo modo, o mutirão proporcionou celeridade na conclusão dos processos na Justiça.

----------------------------------------------------------------
Clique no play e confira a reportagem no JN deste sábado à noite

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • ana maria | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    BELA INICIATIVA, ESTA DE PARABENS O JUDICIARIO DE MT E TODOS QUE PARTICIPARAM , M0STRANDO QUE EM MT TAMBEM HA NOTICIAS DE RESPONSABILIDADES E RESPEITO AO POVO HUMILDE....

  • Mario Hermes Viegas Ferreira Mendes | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Ao Meu Prezado Irmão:
    Doutor Francisco Alexandre Ferreira Mendes Neto - Eu, a Irene; acompanhamos a reportagem a respeito de seu trabalho relacionado ao reconhecimento de paternidade junto à Vara de Infância e Adlescência de Várzea Grande-mt. Belissímo empenho de brio e responsabilidadeÉra como o nosso Querido Pai: Desembargador Milton Figueiredo Ferreira Mendes....todos nós seres humanos temos que ter OMBRIDADE; sinônimo de respeito e lealdade para com as pessoas. E você, meu IRMÃO: continue assim! E que DEUS te comtemplará em todas as vontades de vitórias nesta vida. Nós te admiramos/Abraços- Mário Hermes e Irene Aparecida.

  • RICARDO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O JUDICIÁRIO É O PODER MENOS VIGIADO DOS TRÊS...É O MAIS ARROGANTE E PREPOTENTE...NA ÉPOCA DA MORTE DO JUIZ AMARAL O TJ FICOU FAMOSO COM AS VENDAS DE SENTENÇA DO SR JOSINO...O JUIZ MORREU E FICOU POR ISSO. ACHO ATÉ Q AQUELA BEATRIZ ARIAS DEVE ATÉ TÁ SOLTA...O MENTOR DESTA IDEIA ESTÁ DE PARABÉNS, É ESTE JUDICIÁRIO QUE A CIDADANIA PAGA E DESEJA RESPEITAR!

  • MOSSUETO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0



    Parabéns as escolas e o judiciario pela iniciativa, quando se quer faz, é o minimo que o judiciario poderia ter feito e que deve fazer sempre, este assunto merece celeridade sempre, pois o mal que um pai faz a seu filho não reconhecendo a paternidade, deixa marcas profundas, pois se ele não reconhece, logo não sustenta e o menor tem que carregar desde cedo, nos seus primeiros circulos sociais a ausencia do nome do pai, mesmo antes da escola ele ja sofre a dor fisica de não poder indicar aos coleguinhas o nome do seu genitor, e só quem sofre na pele, é que sabe o que é ser um filho sem pai, sem carinho, sem atenção, sem sustento, sem o seu idolo maior que sempre é o seu pai, como educador, convivo com adolescentes com o problema, e sei bem como é complicado para o jovem, quando inocentemente nas rodinhas, alguem pergunta quem é o seu pai? Portanto, essa campanha não pode ficar restrita á capital, mas para todo o interior do estado.

  • Amado Amador | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Concordo totalmente com essa iniciativa de registrar as crianças sem pai. Aliás, se a Dona Terezinha considera a família tão importante a ponto de facilitar o casamento de casais humildes, muito mais importante para os mais humildes, para a sociedade e o estado seriam estes reconhecimentos de paternidade.

Produtores e a unificação de eleições

antonio galvan 400 curtinha   Mato Grosso pode ter três eleições no mesmo dia, 15 de novembro. Isso porque, além das municipais e a suplementar ao Senado, alguns produtores rurais se movimentam para que a escolha do novo presidente da Aprosoja também seja na mesma data das eleitorais. Inicialmente, o pleito da...

Euclides, ideia do "calote" e frustração

euclides ribeiro 400 curtinha   O advogado Euclides Ribeiro (foto), que enriqueceu atuando na área de recuperação judicial e hoje detém um patrimônio declarado de R$ 23 milhões, não "decolou" com a candidatura ao Senado. Acreditava-se que sua principal proposta, aquela de recuperar o nome e o...

Empresários revoltados com candidato

vinicius nazario 400 curtinha   Os candidatos a prefeito de Alta Floresta, cidade pólo do Nortão, participaram de uma live nesta terça, organizada pela Universidade do Estado (Unemat). E chamou atenção, vindo a repercutir de forma negativa e provocar certa revolta no comércio local, o comentário do...

Olhar Dados mantém EP na liderança

emanuel pinheiro 400 curtinha   A sexta pesquisa do Olhar Dados sobre intenções de voto para prefeito de Cuiabá, divulgada nesta terça pelo site Olhar Direto, traz o prefeito Emanuel Pinheiro (foto) estável, em primeiro, com 31,2%. Em segundo, com 7 pontos atrás, figura Abílio Júnior, com...

Meraldo disputa e contra próprio irmão

meraldo sa 400 curtinha   Meraldo Figueiredo Sá (foto), ex-prefeito de Acorizal por dois mandatos, está rindo à toa. Mesmo com parecer contrário do Ministério Público Eleitoral, por considerá-lo ficha-suja, Meraldo conseguiu deferimento do registro de sua candidatura. E entra no embate eleitoral com...

Gamba e efeito-vice em Alta Floresta

chico gamba 400 curtinha   O agricultor Chico Gamba (foto), que concorre a prefeito de Alta Floresta pelo PSDB, estaria disposto a substituir a vice da chapa, a empresária Roseli Gomes, a Rose da Tradição (PSC), por esta enfrentar forte desgaste político, rejeição popular e até denúncia. Mas,...