Últimas

Sexta-Feira, 10 de Agosto de 2007, 01h:31 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:16

SABATINA NO SENADO

Jonas e Jaime ignoram a ética e protegem Pagot

Senadores democratas Jaime e Jonas Pinheiro respaldam Pagot

   Dois senadores, vários interesses e um problema: a falta de ética. Jonas Pinheiro e Jaime Campos (ambos DEM) se envolveram diretamente na polêmica em torno de Luiz Antônio Pagot, cujo nome foi aprovado na última terça (7) pela Comissão de Serviços de Infra-Estrutura para assumir a direção do Dnit. Pagot é o primeiro suplente de Jaime. Sem a mínima preocupação de vir a ter a função questionada, Jaime assumiu a relatoria do processo de Pagot.

     De Jonas, Pagot foi assessor parlamentar no Senado por oito anos e, ao mesmo tempo, diretor da Hermasa Navegação da Amazônia. Em tese, a dupla função seria ilegal, a considerar o que diz o Artigo 117 da Lei 8.112 de 1990, sobre o regime jurídico dos servidores públicos e civis da União. Essa lei proíbe ao servidor “participar de gerência ou administração de sociedade privada, personificada ou não personificada” (...). Também veda “exercer quaisquer atividades que sejam incompatíveis com o exercício do cargo ou função e com o horário de trabalho”.

    Foi tudo um faz de conta. Um senador apresentou relatório relâmpago e nem citou que Pagot foi servidor do Senado. O outro o empregou como fantasma. Os dois se juntaram a uma terceira força, a da também parlamentar mato-grossense Serys Marly (PT), que ignorou o passado de críticas ao então trator do governo Blairo Maggi e virou defensora ferrenha da indicação de Pagot para o Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes. Jonas e Jaime levaram Pagot para uma reunião com os demais senadores democratas. Serys pediu voto para ele junto aos colegas petistas.

     Eles não admitem que tomaram posição antiética e nem corporativa. Sustentam a tese de que estão defendendo os interesses de Mato Grosso por entender que Pagot, no Dnit, voltará às atenções para a malha viária federal no Estado. Recorrem também ao argumento de que o ex-secretário de Estado apresentou um parecer da assesoria jurídica do Senado, que o isenta de dolo.

    Pagot está prestes a assumir o segundo cargo mais importante da área de transporte do país. Basta o aval do plenário do Senado, algo que deve acontecer na próxima semana.

Postar um novo comentário

Comentários (16)

  • RODRIGO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    NINGUEM GOSTA DE SER PAI DE FILHO FEIO

  • Klever Mor | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Os senadores Jonas Pinheiro, Jaime Campos e Serys têm a obrigação e o dever de ajudar um representante de Mato Grosso a assumir um cargo de grande importância ao estado. Mas infelizmente eu ainda não entendo porque políticos frustrados como Antero e a imprensa local torcem tanto contra o nosso estado.
    Nós, matogrossenses não precisamos amar nem idolotrar o senhor Pagot, mas sim, torcer para que ele assuma um cargo que nos dará projeção nacional e cobra-lo para trazer maiores recursos ao Estado de Mato Grosso.
    A inveja é inerente ao ser humando ,mas saber controla-la é sabedoria. Vamos alimentar nossa sabedoria!

  • Klever Mor | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Os senadores Jonas Pinheiro, Jaime Campos e Serys têm a obrigação e o dever de ajudar um representante de Mato Grosso a assumir um cargo de grande importância ao estado. Mas infelizmente eu ainda não entendo porque políticos frustrados como Antero e a imprensa local torcem tanto contra o nosso estado.
    Nós, matogrossenses não precisamos amar nem idolotrar o senhor Pagot, mas sim, torcer para que ele assuma um cargo que nos dará projeção nacional e cobra-lo para trazer maiores recursos ao Estado de Mato Grosso.
    A inveja é inerente ao ser humando ,mas saber controla-la é sabedoria. Vamos alimentar nossa sabedoria!

  • Fernando Silva dos Santos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Eu não sou contra de forma alguma a indicação de um MATOGROSSENSE a diretoria do DNIT, o fato que nao aceito de forma alguma é o fato do PAGOT ter recebido salário do governo como suplente do Jonas. Eu sei que existe muitos atos irregulares que todos os politicos fazem e que nem todos sao divulgados. Agora o pior de tudo é ver que auela DESGRAÇA que aconteceu na década de 80 e 90, quando do mandato de governador do Sr. Bezerra, Jaime e Júlio Campos estar querendo retornar, Júlio quer ser prefeito de VG e Jaime governador do Estado, Bezerra anda bravo pq nao aumentaram seu salário de ex governador. Ja nao basta as desgraças que estes políticos fizeram quando governaram o estado.
    Eu sinto saudades do DANTE e do PSDB que mesmo com seus erros (que todos nós cometemos) deixou o estado bem melhor do que pegou.
    Agora o Blairo ta dando a bagatela de R$ 260 milhoes (EU NEM SEI QUANTOS ZEROS DA AQUI.DESCULPE MINHA IGNORANCIA).
    NAO VOU NEM DIZER NADA SOBRE OLULA QUE AQUI NAO CABERIA.

    SAUDADES DO DANTE........

    FERNANDO SILVA

  • José Carlos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A nomeação de Pagot para o DNIT Representa a força política que Mato Grosso está vivenciando.

    Queira ou não, o apoio de Blairo Maggi ao Presidente Lula nas últimas eleições, foi a maior vitória política que o Estado vivenciou nas últimas décadas.

    Independente de qualquer coisa, a nomeação de Pagot para uma Órgão Federal, que tem um dos maiores orçamento do Governo Federal,coloca o Estado no ápice político.

    Geralmente os principais cargos do Governo Federal ficam nas mãos das maiores bancadas federais, que têm mais de 60 Deputados Federais, que representam os maiores colégios eleitorais do Brasil.

    Assim sendo, Graças a jogada de mestre do nosso Governador, Mato Grosso consegue com apenas 08 Deputados e com um dos menores colégio eleitoral do país, a vitória sonhada por muitos políticos brasileiros.

    A atitude dos nossos Senadores foi a comum de qualquer pessoa com sanidade mental poderia fazer. Imagine que os três representantes de Mato Grosso no Senado Federal fossem contra a indicação de um matogrossense para o DNIT?

    Portanto, em situação como esta, devemos colocar o nosso Estado acima das questões partidárias, pessoais e de qualquer outro motivo que vem de encontro com interesse geral. Temo que ser grandes para criticar, mas, maiores ainda para elogiamos quando for preciso. Parabéns Blairo Maggi e a nossa bancada Federal por esta grande vitória!!!!

  • Rodrigo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Ora RD, mudou a linha? Até ontem a aprovação do nome do Sr. Pagot era comemorado em verso e prosa por V. Sa., com referências ao empenho dos citados Senadores da República. Inclusive, no dia da "sabotina", a cobertura deste sítio foi tal e qual jogo de futebol: minuto a minuto.

    Que houve?



  • Carlos Augusto | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    brincadeira!!! esses dois representantes nosso o jonas a unica coisa que faz é defende que o setor produtivo nao deve paga suas divida o jaime nunca trabalhou na vida foi sempre politico e possui hj 25 fazendas, oq espera desses dois?? tomara que o povo se informe mais e nao coloque mais pessoas desse nipe no senado, a imprensa é muito parcial ta faltando informação pro povo. CANSEI

  • jose carlos de almeida | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Sr. Romilson o sr e do Mato Grosso, pois nao parece, acho que o Sr e mineiro ou paulista, para jogar tanto contra, ja nao basta o Antero. pois eu como matogrossense quero e rezo para que possamos ter alguem em Brasilia para nos ajudar. NAO SEJAS CONTRA O MATO GROSSO.

  • Neto | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Pois é, o ser humano é o animal mais surpreendente que existe, e quando ele entra em partido político então? Nem sei no que ele consegue se transformar, mas no mínimo um ser cômico com uma pitada de trágico!
    Bem, O Lula era oposição a CPMF, hoje não é mais. Dante queria colocar Antero para ser seu sucessor, agora para Antero Blairo não pode colocar o seu. Ser oposição político, até entendo, mas ser oposição do Estado é que minha pobre razão não pode conceber. Não gosto do Pagot, acho-o careca, barrigudo, narigudo, mas na conjuntura atual do Estado, num pós crise que estamos sofrendo, principalmente Mato Grosso, que precisa melhorar sua malha viária, para o escoamento de grãos, e melhorar sua logística, em um Estado tão dependente do Setor agrícola, acho que não temos outro nome melhor.
    Não deixemos que a hipocrisia nos cegue, somos todos brasileiros, quem nunca furou um sinal vermelho, ou estacionou em lugar proibido, ou passou a lábia se quiçá subornou um guarda de trânsito? Quem nunca contou uma mentirinha para a esposa, para os filhos para o chefe? Quem algum dia recebeu o troco a mais, e não saiu satisfeito do caixa? Nós brasileiros sofremos de uma séria crise de inversão de valores, por isso devemos ter cuidado ao julgarmos alguém.
    Não estou aqui para defender o Sr. Pagot, volto a repetir, não gosto dele, mas dos males o menor.

  • inhana | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Sr. romilson,
    Estou cada dia mais perplexa com a cara de pau de nossos representantes; É Presidente do Senado Pinóquio,e os cuecões de dindim é super faturamento em tudo e Propaganda do Governo digo da Terezinha Magi em livro de Luxo que custou uma fortuna aos cofres públicos. Não quero aqui generalizar mas vamos filosofar a nossa van Historia somos considerados o rastoinho da sociedade Europeia, tudo que não prestava vinha para o Brasil e a Historia não mente, por isso está no sangue, o jeitinho brasileiro de levar vantagem seja na politica ou em outros campos. Nosso exemplos esta sendo seguido a risca pelos ermanos Argentinos que teve saco de dinheiro no banheiro da Ministra ou na Mala, e aqui serve até reduto de Mega Traficante os meganas do Congresso so legislam em causas proprias como sempre e receber de + de uma fonte e pouco para quem sempre delapidou o as receitas publicas e até misturando-se o publico como se estivesse a seu serviço e não ao bem comum.Vale lembrar a futurista era um bulicho e balconista era jaime o mano era rescem formado e montou uma TV; Radio apropriou-se em milhares de hectares de terras públicas,e o maninho apenas deu sequencia no saque. Hoje é considerado o homem mais rico com fortuna individual,mas tevem um excelente professor o Professor de falcatruas doutor Paulo Maluf vá você cidadão Honesto trabalhar e ver se vc consegue amelhar tanta riqueza em menos de 20 anos.
    Como Aqui não adianta falar,não adianta ter Pedro Taques,Não adianta ter Julier e PF para prender o Judiciario esta podre e o STF dá legitimidade para os ex-per e tudo Supremo Perdoa queque tem eles foram perseguidos e a Mida a imprensa querem derruba-los; eles só foram vitimas do sistema.Maluf foi perdoado o proximo deve ser jaime e assim o Pobre Pago e só mais uma Vítima.
    Viva o BRASIL! só ladrão de galinha vai para cadeia.

Várzea Grande paga a folha já na 6ª

lucimar campos 400   A prefeita várzea-grandense Lucimar Campos, prestes a concluir o segundo mandato, anunciou que na sexta, a três dias de fechar o mês, conclui o pagamento da folha de novembro. E, nesta quarta (25), já libera a diferença da correção do piso federal para os professores. No total...

Críticas à busca do poder pelo poder

marcia pinheiro 400   Em um ato realizado na praça Alencastro, nesta segunda à noite, a primeira-dama de Cuiabá Marcia Pinheiro disparou críticas aos adversários do prefeito Emanuel, que busca a reeleição. Segundo ela, as alianças formadas por Abílio neste segundo turno são...

Reeleição consagradora e base forte

leonardo bortolini leo 400 curtinha   Em Primavera do Leste, o prefeito Léo Bortolin (foto) mostrou nas urnas ser mesmo um líder político emergente da região. Ele assumiu o Executivo, após vencer a eleição suplementar em novembro de 2017, com 69% dos votos válidos. Agora foi à...

Vereador eleito diz não apoiar Abílio

eduardo magalhaes 400 curtinha   Release produzido pela campanha de Abílio Júnior anuncia que 13 dos 25 vereadores eleitos e/ou reeleitos estão apoiando o candidato do Podemos neste segundo turno em Cuiabá. E incluiu na lista Eduardo Magalhães (foto), do Republicanos. Mas o próprio Magalhães,...

Ibope mostra acirramento Abílio x EP

abilio junior 400 curtinha   O primeiro resultado da pesquisa Ibope deste segundo turno, revelado hoje pela TVCA, apontando Abílio (foto) com 48% e Emanuel com 40% das intenções de voto, empatados tecnicamente dentro da margem de erro de 4 pontos percentuais para mais ou para menos, é uma mostra do quanto está...

Ricardo atuando pela reeleição de EP

ricardo adriane 400 curtinha   O ex-vereador Ricardo Adriane (foto), um dos dirigentes do Republicanos da Capital e do quadro de assessores do presidente da Assembleia, deputado Eduardo Botelho, está fazendo campanha pela reeleição do prefeito cuiabano Emanuel Pinheiro. Numa reunião ampliada, Ricardo deixou claro que...