Últimas

Sábado, 14 de Julho de 2007, 10h:00 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:16

Artigo

Jornalista afirma que ex-senador alimenta fuxico

     Em artigo, o jornalista cuiabano Ivaldo Lúcio comenta a indicação do nome de Luiz Pagot para o cargo de diretor-geral do Dnit e acusa o ex-senador Antero de Barros de prestar desserviço ao se opor ao pleito do ex-secretário do governo Blairo Maggi. Ivaldo relembra a história da família Paes de Barros e dispara contra o presidente do PSDB de Mato Grosso. "Agora sem mandato, o senhor Antero alimenta uma central de fuxico distribuindo dossiês tentando impedir a nomeação de Pagot para a presidência do Denit.
Com isso perdem Mato Grosso, o povo, e ele próprio".

    Clique aqui ou leia logo acima à esquerda, na seção Artigos, os comentários do jornalista Ivaldo Lúcio.

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • Antonio Luiz de Souza | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Essa história do pagot já está enchendo o saco. O pior são aqueles que acobertando certos interesses vivem repetindo de que quem ganha com a nomeação do pagot é mato grosso. Será? têm gente que pensa que ele vai poder investir toda a grana do dnit somente aqui em mato grosso. É aquele velho ditado "uma mentira sendo dita várias vezes por algumas pessoas acaba virando verdade". Não sou contra a nomeação de quem esteja apto a exercer qualquer cargo. todavia, temos que refletir sobre as acusações sobre o Pagot, de acumular dois empregos, o que para os servidores públicos é proibido. Agora, se para ele não é crime, então, pode liberar para todos os servidores estaduais exercerem também duas atividades ao mesmo tempo. A justiça não é para todos???

  • ELIFAS JOSE RIBEIRO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    ESTE CIDADÃO IVALDO LUCIO QUE SE DIZ JORNALISTA ELE DEVE ESTAR NA CONTRA-MÃO DA HISTORIA, ELE DEVERIA "IMITAR" ARNALDO JABOR,MERVAL PEREIRA, LUCIA HIPOLITO,SÃO JORNALISTA QUE FALAM O QUE O POVO SENTE NÃO TEM COMPROMISSO POLITICO COM NINGUEM, SE SENHOR QUER DEFENDER O PAGOT TUDO BEM,AGORA COMO JORNALISTA DEFENDA A LEI QUE PROIBE O FUNCIONARIO PUBLICO DE EXERCER DUAS ATIVIDASES AO MESMO TEMPO, SE BEM QUE O SENHOR DEVE ESTA FALANDO PELA BOCA DE ALGUEM, MAS O JORNALISMO É OU ÉRA O QUARTO PODER DA DEMOCRACIA? EM TEMPO: EU Ñ SOU ELEITOR DO EX-SENADOR.

  • Antonio Carlos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Tudo isso aconteceu por um acordo feito a epoca que o senhor Carlos Brito era secretario da casa civil do governo Blairo Maggi e decidiu ajudar antero e dante, riva e bosaipo que estavam elamiados pela corrupção nos oito anos de dante. deu no que deu.... pouparam os "homens" agora estão levando "ferro" deles. E bom pro Blairo, pagot e Carlos Brito aprender. em politica nao se dve poupar nimguem... mais dias menos dias os viloes viram mocinhos e vice versa.

  • Marcelo Alves | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    EU NÃO TENHO AFINIDADE COM O SR ANTERO, O PSDB, NEM POR POLÍTICA PRA DIZER A VERDADE.
    MAS GENTE, O TAL DO PAGOT FOI PEGO COM A MÃO NA MASSA. ERA NOMEADO NO SENADO GANHANDO 10 MIL POR MÊS, SENDO QUE NA VERDADE TRABALHAVA NA HERMASA A MAIS DE MIL QUILÔMETROS DE DISTÂNCIA.
    FUNCIONÁRIO FANTASMA É POUCO. QUERIA VER SE FOSSE AO CONTRÁRIO, ELE RECEBECE DA HERMASA E DESSE EXPEDIENTE NO SENADO.
    MAS PARECE QUE O DINHEIRO DO POVO Ñ TEM DONO.
    AÍ VEM ESSE JORNALISTA E ESCREVE ESSE ARTIGO PRA PUXAR SACO DESCARADAMENTE.
    POXA, POR FAVOR, NOS POUPE DESSE PUXASAQUISMO.

  • Clovis Epaminondas dos Santos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Não vejo o Ivaldo Lúcio na contra mão da história, nem tão pouco como puxa saco, acontece que Mato Grosso carece de pessoas exercendo cargos importantes do Governo Federal, coisa que não tem acontecido por incompetência dos seus representantes no Congresso Nacional.
    E, quando alguém é indicado pelo Governador, ficam enciumados, especialmente aqueles que são oposição, foram executores e legisladores como é o caso do ex-senador Antero Paes de Barros, que ficou alguns anos no senado e não produziu nada.
    Ivaldo, parabens pelo artigo, você analisou o ex-senador com propriedade.
    Quanto ao indicado para o DENIT, Luiz Antônio Pagot, tenho certeza que é competente e irá desenvolver um trabalho em nível nacional que irá suprir a deficiência do governo Lula no setor.

    Clovis Epaminondas

Despesas e o uso eleitoreiro de CPI

marcelo bussiki 400 curtinha   Buscando visibilidade pela reeleição em ano eleitoral, alguns vereadores da Capital, vergonhosamente, usaram e abusaram de dinheiro público para promoção pessoal na esteira da CPI do Paletó. A tendência é do relatório paralelo que pede afastamento do...

Sorriso incentiva 40 projetos culturais

ari lafin 400 curtinha   A seis meses de concluir o mandato, o prefeito de Sorriso, Ari Lafin (foto), estabeleceu, dentro do Plano Municipal de Cultura, o "PROMIC - Festival da Cultura 2020" para contemplar 40 projetos cujos valores somam R$ 340 mil, envolvendo artes visuais, artes cênicas, cultura popular, música, audiovisual,...

Quase R$ 2 mi para o Lucas Protegida

binotti 400 curtinha   A Prefeitura de Lucas do Rio Verde, sob Luiz Binotti (foto), contratou, por R$ 1,9 milhão, um consórcio formado pela Rocha Comércio de Equipamentos, que ficará com a maior "fatia" de R$ 1,4 milhão, e a Airplates Tecnologia da Comunicação, com R$ 521,7 mil, para desevolver o...

Silêncio sobre operação e elo com MBL

ulysses moraes 400 curtinha   O deputado de primeiro mandato Ulysses Moraes (foto), que deixou o DC e se filiou ao PSL, coordenador em Mato Grosso do Movimento Brasil Livre (MBL) e chamado por muitos de paladino da moralidade, mesmo sendo bastante ativo nas redes sociais, não usou a internet para comentar a operação da...

Nomes do DEM para vereador de VG

pablo 400 curtinha   O DEM do casal Jayme-Lucimar, senador e prefeita, respectivamente, é dono da maior bancada na Câmara de Várzea Grande, com sete dos 21 vereadores. Destes, cinco já estão trabalhando projeto de reeleição, sendo eles Gisa Barros, que era do PSB; Valdemir Bernadino, o Nana; Pedro...

Flerte com candidato de outro partido

selma arruda 400 curtinha   Apesar de estar filiada ao Podemos, a ex-senadora Selma Arruda, que teve o mandato cassado por crimes eleitorais e deixou a cadeira neste ano, continua flertando com o pedetista, empresário e vice-governador Otaviano Pivetta, que não demonstra mais tanto ânimo para continuar com o projeto de disputa...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Em Cuiabá, o prefeito suspendeu a decisão de implantar rodízio de veículos entre placas pares e ímpares devido à Covid-19. Mas quer debater a ideia. Você concorda com rodízio?

concordo

discordo

tanto faz

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.