Últimas

Terça-Feira, 10 de Abril de 2007, 00h:00 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

JUDICIÁRIO

Juiz condena banco por não cumprir "lei da fila"

   Numa decisão inédita em Mato Grosso, o juiz  Yale Sabo Mendes, titular do Juizado Especial do Planalto de Cuiabá,  condenou o banco HSBC S/A a pagar R$ 4 mil, a título de indenização por danos morais ao advogado Leonardo Reis Bregunci. A instituição não cumpriiu  a Lei Municipal 4.069, de 2001, que estipula prazo máximo de 15 minutos para atendimento aos clientes, que geralmente aguardam na fila o momento de serem atendidos.

    Trata-se da primeira sentença proferida nesse sentido no Estado e a quinta do país. Magistrados já condenaram instituições bancárias por não cumprirem a chamada lei da fila em Minas, Rondônia, Rio Grande do Norte, São Paulo e Brasília e, agora, em MT.

  "Agora, ou os bancos se enquadram ou vão sofrer enxurradas de processos", alerta o juiz Yale Mendes. O advogado Leonardo Reis, que obteve êxito na Justiça, pediu R$ 14 mil por danos morais. O juiz fixou a sentença em R$ 4 mil. O cliente comprovou que chegou ao banco por volta das 15h31 e só foi atendido às 16h17, cerca de 46 minutos após ter entrado na fila. O advogado afirmou ainda que devido à demora do caixa do HSBC para atendê-lo acabou comprometendo a sua agenda junto a um cliente.

   O magistrado escreveu, em seu despacho, que foi acertada a decisão da Câmara Municipal de Cuiabá em fixar o tempo máximo em que o cidadão tem que ficar em uma fila de espera. “Reconheço nesta Lei Municipal a preocupação de ver os munícipes tratados com um mínimo de respeito."

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Governista 2 e o desafio da reeleição

wilson santos 400 curtinha   Wilson Santos (foto), que conseguiu retornar à Assembleia "sangrando" nas urnas de 2018, impactado pelo desgaste pela defesa intransigente do Governo Pedro Taques, se prepara para atravessar outro purgatório no próximo ano, em busca de mais um mandato. O deputado tucano carrega desgaste...

Nobres chora a morte de ex-prefeito

flavio dalmolin 400   A pequena e turística Nobres, de 16 mil habitantes, parou neste Feriado de Tiradentes em comoção pela morte, por Covid-19, do ex-prefeito Flávio Dalmolin (foto). Um cortejo percorreu ruas e avenidas, parou em frente ao estádio municipal Balizão e à prefeitura, onde...

Derrotado ensaia disputa ao Governo

reinaldo morais 400 curtinha   O empresário Reinaldo Morais (foto), o rei dos porcos, está disposto a gastar mais uns milhões com nova candidatura majoritária, agora para governador. No ano passado, concorreu ao Senado e obteve votação decepcionante. Foi o penúltimo colocado numa corrida com 11...

Sicredi recua de comprar praça pública

enilson rios 400 prefeito araputanga   A diretoria do Sicredi nem esperou ser votado na Câmara Municipal o polêmico projeto sobre negociação de uma praça pública no centro de Araputanga para cancelar o negócio. A cooperativa havia "amarrado" entendimento com o prefeito Enilson de Araújo...

Sessão, voto e namoro com cantora

ulysses moraes 400   Na sessão virtual da Assembleia desta segunda, o deputado Ulysses Moraes (foto), do PSL, estava demorando para computar o voto na apreciação de um veto do governador. O presidente Max Russi (PSB), então, cobrou agilidade do colega e brincou, dizendo que agora ele só tem olhos para a Maraisa....

Misael é reeleito para o 10º mandato

misael galv�o 400 curtinha   Após dois anos fora do comando do Shopping Popular, período em que respondeu pela presidência da Câmara da Capital, o ex-vereador Misael Galvão (foto) voltou à direção do empreendimento, que abriga 500 lojas. E, sob forte...

MAIS LIDAS