Últimas

Quarta-Feira, 18 de Abril de 2007, 11h:00 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

JUDICIÁRIO

Juiz condena operadora e agência de turismo

  Em mais uma decisão inédita, o juiz Yale Sabo Mendes, titular do Juizado Especial do Planalto em Cuiabá, condenou a operadora e a agência de viagens CVC TUR Ltda e a Tuiutur Viagens e Turismo Ltda. Ambas terão de pagar R$ 13,7 mil por danos morais a uma família que comprou um pacote para cruzeiro marítimo. O pacote foi adquirido por quatro pessoas (U.F.R, T.E.Y.R, M.Y.R e N.Y) ao preço de R$ 3,9 mil para período de 14 a 18 de novembro do ano passado.

    Segundo o processo, ao chegar no navio, os membros da família se viram obrigados a se instalar numa cabine inferior, diferente do que constava no contrato. Ao invés da cabine A-428 da embarcação Pacifc, as quatro pessoas foram acomodadas, na primeira noite, na cabine inferior F-429 e, somente depois, na cabine contratada.

   O magistrado entendeu que a agência e a operadora são responsáveis solidárias e, portanto,  estão legitimadas a responderem pela falha na prestação de serviço. Yale também determinou que ambas paguem R$ 227,90 a título de indenização por danos materiais, o que representa o dobro do que a família pagou em excesso.

   Outro lado

   Na ação, a agência e a operadora alegam que não existiu vício na prestação de serviço, considerando que todos os serviços contratados foram colocados à disposição da família, mesmo na noite em que foi acomodada em cabine inferior.

   O juiz Yale Mendes enfatizou, porém, que "trata-se de relação de consumo stricto sensu, ficando bastante caracterizado o defeito do serviço e o dano decorrente desse defeito, cuidando-se, portanto, de responsabilidade objetiva pelo fato do serviço, previsto no artigo 14 do Código de Defesa do Consumidor, respondendo o fornecedor por esse serviço defeituoso".

Clique aqui e leia a íntegra da decisão do magistrado.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Erros estratégicos e fim de mandato

niuan ribeiro 400   Niuan Ribeiro (foto) termina melancolicamente o mandato de vice-prefeito da Capital, marcado pela ambiguidade, erros estratégicos e vacilações. Logo no início da gestão, resolveu romper politicamente com o prefeito Emanuel, a quem passou a criticar, achando que se consolidaria como...

Retorno ao TCE ou cargo no governo

marcelo bussiki 400 curtinha   A partir de 1º de janeiro, com o fim do mandato de vereador pela Capital, Marcelo Bussiki (foto) retorna ao cargo efetivo de auditor do TCE-MT. Mas é possível que ele seja convidado por Mauro Mendes para compor o quadro de principais assessores do chefe do Executivo estadual. Bussiki foi...

DEM, bate-cabeça e plano B frustrado

fabinho garcia 400 curtinha   O ex-deputado federal e empresário Fábio Garcia (foto) acabou deixando o DEM órfão de candidatura a prefeito da Capital. Numa conversa com o governador Mauro, seu padrinho político, Fabinho o assegurou que iria sim disputar o Palácio Alencastro, mesmo pedindo trégua por...

Mauro sofre 2 derrotas para Emanuel

mauro mendes 400 curtinha   Mauro Mendes (foto), principal estrela do DEM em MT, acabou amargando duas derrotas em Cuiabá para o prefeito Emanuel, neste ano, embora não tenha sido candidato nas urnas. Em princípio, buscou candidatura própria com o seu partido, mas todos os nomes possíveis, como de Gilberto, Gallo,...

Três derrotas do marqueteiro Antero

antero de barros curtinha 400   O ex-senador, jornalista e marqueteiro Antero de Barros (foto) não levou sorte nas campanhas eleitorais as quais coordenou nestas eleições. Em Lucas do Rio Verde, empurrou à reeleição o prefeito Luiz Binotti que, mesmo com o poder da máquina, perdeu para o...

Lideranças jogaram duro contra EP

carlos favaro 400 curtinha   Emanuel Pinheiro teve uma reeleição sofrida em Cuiabá. Lutou contra os principais líderes políticos, que se juntaram em torno da candidatura de Abílio, uns publicamente, outros nos bastidores. O governador Mauro Mendes, por exemplo, jogou pesado para tentar derrotá-lo....

MAIS LIDAS