Últimas

Terça-Feira, 26 de Fevereiro de 2008, 18h:40 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

JUDICIÁRIO

Juiz manda BB fornecer dados da conta de Riva

   O juiz federal Julier Sebastião da Silva deferiu o pedido de liminar do Ministério Público Federal e determinou que a superintendência do Banco do Brasil S/A forneça dados referentes à conta única da campanha eleitoral do deputado José Geraldo Riva (PP), reeleito em 2006 para o quarto mandato. Ocorre que o banco havia negado a apresentar as informações requeridas pelo MPF. Segundo o magistrado, os dados de conta única de campanha não se encontram sujeitos às regras do sigilo bancário. Riva está sob investigação. É acusado de cometer crime eleitoral.

   Julier se fundamenta na Lei 11.300, de2006, que determina a divulgação na internet de um relatório discriminando os recursos em dinheiro ou estimáveis em dinheiro que tenham recebido para financiamento da campanha eleitoral, assim como os gastos realizados. Exige-se ainda a indicação dos nomes dos doadores e os respectivos valores doados na prestação de contas final. (Pollyana Araújo)

  • Confira aqui a decisão na íntegra

(Às 21h50) - Conta está à disposição,  reage deputado

   O deputado José Riva diz, por meio de sua assessoria de imprensa, que não vê nenhum problema na decisão do Ministério Público Federal. "A conta de campanha deve ser transparente e está à disposição para qualquer cidadão que tenha interesse. Ela está aberta à sociedade, independente de decisão judicial", afirma o parlamentar.

Postar um novo comentário

Comentários (12)

  • jane | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    o seu juiz deixa o homen trabalha tem tabta coisa para o senhor ir atras

  • EDVALDO CUNHA | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    IHHHHH. AGORA O JULIER SÓ QUER PALANQUE MESMO... TO FORA!!!

  • Adriane Martins | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Parabêns Excelentíssimo juiz pela suas ivestigação.
    Tem mesmo que investigar essa compra de voto isso que acontece nas eleições e uma falta de respeito com o povo.Por isso que os politicos não tem compromisso com a cidadania.

  • CASTELINHO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    ATÉ QUE DEMOROU, POIS O ESCANDALO DAS LANGERIE AINDA ESTA NA MÍDIA E OUTRA QUEM É MUITO AMIGO DE CONSELHEIRO TCE COM MAIS DE CINQUENTA PROCESSO NAS COSTA, TEM QUE MOSTRAR TRASPARENCIA MESMO. POIS "PASSARINHO QUE ACOMPANHA MORCEGO, AMANHECE DE CABEÇA PARA BAIXO"

  • Leonardo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Apenas uma esclarecimento. Não é o juiz Julier que fará a investigação. Ele apenas deferiu o pedido do MPF, que investigará a conta de José Riva.

    Engraçado é ver o comentário falando que "deixa o homem trabalhar". Será que essa pessoa não tem vergonha de dizer isso? Deve ser do gabinete dele, só pode.

  • RUTH | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    ACREDITO QUE O DEPUTADO SERÁ SEMPRE MIRA DE PESSOAS QUE O INVEJAM.
    INFELIZMENTE, AINDA EXISTEM PESSOAS QUE PRECISAM APARECER DE QUALQUER FORMA, MESMO QUE SEJA A SOMBRA DE PESSOAS QUE FAZEM NOTÍCIAS E QUE FAZ ACONTECER.

  • ROSE | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    OLHO GORDO É RUIM, HEM?!

  • Julio C. Pereira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Esses dados são públicos e o deputado já colocou os detalhes à disposição, pq tanto oba-oba?

  • João Carlos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Esse pessoal do ministério publico, só faz pressão, pois se quisessem pegar algo, dariam uma olhada nos bens do Dep. e de sua familia em Juara, não esquecendo que antes de ele ganhar a vaga na assembléia, ele era professor.

  • ALBUCASSIS RAMIRES | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    ESSES PUXA SACOS DO RIVA,QUE É UM CELERADO,CORRUPTO,QUE ENVERGONHA A NOSSA POLITICA,DEVERIAM TER UM POUQUINHO DE DIGNIDADE ,QUE CERTAMENTE LHES FARIAM BEM, E MUITO MAIS PARA MATO GROSSO,QUE PRECISA SE LIVRAR DESSA TURMA DA LINGERIE.

Sicredi recua de comprar praça pública

enilson rios 400 prefeito araputanga   A diretoria do Sicredi nem esperou ser votado na Câmara Municipal o polêmico projeto sobre negociação de uma praça pública no centro de Araputanga para cancelar o negócio. A cooperativa havia "amarrado" entendimento com o prefeito Enilson de Araújo...

Sessão, voto e namoro com cantora

ulysses moraes 400   Na sessão virtual da Assembleia desta segunda, o deputado Ulysses Moraes (foto), do PSL, estava demorando para computar o voto na apreciação de um veto do governador. O presidente Max Russi (PSB), então, cobrou agilidade do colega e brincou, dizendo que agora ele só tem olhos para a Maraisa....

Misal é reeleito para o 10º mandato

misael galv�o 400 curtinha   Após dois anos fora do comando do Shopping Popular, período em que respondeu pela presidência da Câmara da Capital, o ex-vereador Misael Galvão (foto) voltou à direção do empreendimento, que abriga 500 lojas. E, sob forte...

Oscarlino, Pros e "nocaute" em Gisela

oscarlino 400   Na queda-de-braço dentro do Pros por espaço político, o ex-sindicalista Oscarlino Alves (foto) nocauteou a ex-superintendente do Procon-MT, Gisela Simona. Ele foi um dos filiados que não aceitaram apoio a Abílio na disputa de segundo turno para prefeito de Cuiabá, se aliou ao projeto de...

Promotor recebe medalha do Exército

Mauro Zaque curtinha   O promotor de Justiça Mauro Zaque (foto) foi condecorado com a medalha do Exército Brasileiro na manhã desta segunda (19), no dia da instituição. A solenidade é considerada a segunda maior do Exército Brasileiro, foi reservada por conta da pandemia e contou com a...

Sema reabre os parques em Cuiabá

mauren lazzaretti sema 400   Fechados desde 1º de abril, em obediência às regras de decreto municipal, que suspendiam as atividades coletivas, os parques estaduais urbanos de Cuiabá reabrem nesta segunda (19) para utilização pelo público. Será possível acessar as tradicionais trilhas...