Últimas

Terça-Feira, 30 de Outubro de 2007, 22h:00 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

SAÚDE PÚBLICA

Juiz manda Cuiabá ou Estado pagar despesas

 Caso não atenda paciente em 24 horas, Prefeitura ou o governo estadual deve ser multados em R$ 50 mil por dia

  O município de Cuiabá ou o Estado deve assumir as despesas médicas de uma contribuinte que não encontrou vaga em uma Unidade de Tratamento Intensivo do Sistema Único de Saúde (SUS). Julia Moura precisou ser internada com urgência e, ao não encontrar assistência médica necessária em um hospital público, recorreu a um hospital privado. Todas as despesas sobre tratamento da paciente devem ser pagas em 24 horas.

   Caso o pagamento não seja efetuado, a Prefeitura de Cuiabá e o governo do Estado podem enfrentar sanções penais ou cíveis, além de uma multa diária de R$ 50 mil. A decisão, proferida nesta terça à noite pelo juiz Yale Sabo Mendes, titular do Juizado Especial do Planalto, em Cuiabá, é inédita no Estado. Para o magistrado, trata-se de assegurar o direito à saúde.

    Fila de espera

    A falta de leitos na UTI do Hospital e Pronto-Socorro Municipal de Cuiabá, setor mantido pelo Estado, acaba levando pacientes e parentes ao desespero. Há casos em que doentes ficam aguardando uma vaga por até duas semanas no pronto atendimento. Nos hospitais de Cuiabá há 115 leitos de UTI. O governo mantém 290 leitos, inclusive os 40 do Pronto Socorro em que só funcionam 30 por falta de manutenção e até de médicos. Mas a quantidade ainda não é o suficiente para acabar ou ao menos reduzir a fila de espera. (Simone Alves)

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • edson | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O juiz Yale pelo jeito é daqueles que adoram holofotes. Primo de ministro do STF, ele tem se destacado na magistratura local graças a decisões midiáticas amplamente repercutidas nos meios de comunicação. RDnews principalmente. Acontece, meu bem, que até o inferno está cheio de gente bem intencionada.
    Por conta das decisões exaradas pelo juiz Yale, todos os advogados espertos decidem protocolar ação no juizado de pequenas causas do bairro planalto, onde o magistrado despacha. O JPC do planalto está abarrotado, enquanto nos demais a situação é normal.
    Por conta do midiático juiz o Tribunal de Justiça terá que modificar todo o sistema de distribuição de ações para os JPCs. Quanto isso vai custar eu não sei dizer, mas a situação foi provocada pelo excesso de propaganda feita pelo magistrado. Que coisa, não?

  • Roberto Cyriaco | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0


    Bom dia, não tenho nenhum tipo de procuração para defender ninguém, mas esse coitado do Edson, que acredito ser nome falso, não sabe o que está dizendo, aliás deveria lavar a boca com sabão para falar do Dr. Yale, o JEC do Planalto pode estar abarrotado, mas é o único que funciona aqui em Cuiabá, aonde não só o Juiz trabalha, mas todos os funcionários com o maior afinco faz a coisa funcionar, ou seja caro "Edson", o vc é algum Juiz frustado, ou alguma parte que não conseguiu o que queria naquele excelente Juizado !!! Rapaz, se esse é seu nome realmente...vá se catar !!!

  • Raimundo Pereira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Se todos os juizes fossem como o Yale...Cuiabá seria mais justa

  • Maristela Andreani Schneider | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É uma vergonha termos que ler isso no jornal!A saude do povo brasileiro ter que parar na mão da justiça para poderem ser atendidos para tratar de de sua saude!Dá uma tristeza imensa no coração em saber que existe CPMF para a saude e ela está nesta decadência! O povo brasileiro precisa e tem o direito de serem atendidos com dignidade quando sentem dor e mais, dinheiro nenhum nesse mundo compra a saude do ser humano!

Para presidente, BRT é ultrapassado

juca 400 curtinha   Numa sintonia política com o prefeito Emanuel, o novo presidente da Câmara de Cuiabá, vereador Juca do Guaraná (foto), disse ser contra a decisão do governo estadual de "enterrar" o projeto do VLT, cujas obras estão paralisadas desde 2014, para implantar o modal BRT na Região...

Prefeito vai homenagear 2 ex-aliados

ze do patio 400 curtinha   O ex-vereador, ex-deputado estadual e hoje prefeito de Rondonópolis, Zé do Pátio (foto), que está no terceiro mandato, vai homenagear dois aliados que faleceram recentemente, sendo eles o ex-vereador de três mandatos Juary Miranda, que foi líder do Executivo na Câmara...

Maluf deve consultar STF sobre Teis

guilherme maluf 400 curtinha   Assim que retornar de férias, o presidente do Tribunal de Contas do Estado, Guilherme Maluf (foto), dará prosseguimento à análise do pedido de aposentadoria de Waldir Teis, que está afastado do Pleno há três anos e cinco meses, assim como outros três conselheiros...

Novo líder de Pátio na Câmara de ROO

reginaldo santos 400 curtinha   Reginaldo dos Santos (foto), que assume vaga na Câmara de Rondonópolis pela quarta vez, é o novo líder do prefeito Zé do Pátio, com a missão de fazer o trabalho de articulação e defesa do Executivo junto aos colegas do Legislativo. Na legislatura passada,...

Agro sugere Daniella de volta no Indea

daniella bueno 400 indea   Representantes do setor produtivo e um grupo de servidores sugeriram ao governador Mauro o nome da médica-veterinária e servidora de carreira Daniella Bueno (foto) para reassumir a presidência do Indea-MT. Aproveitaram a vulnerabilidade no cargo do presidente Marcos Catão Dornelas, denunciado...

Aumento para vereador só em 2022

Alguns vereadores em Cuiabá, tanto novatos quanto aqueles reeleitos, ficaram surpresos quando informados pela Mesa Diretora de que o aumento salarial de R$ 15,1 mil para R$ 18,9 mil, aprovado agora no final de dezembro, só começa a valer a partir de janeiro de 2022. Não entra em vigor de imediato, mesmo se tratando de nova legislatura, por causa da pandemia, que levou o governo federal a estabelecer, em lei, veto a qualquer tipo de reajuste para servidores até...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT optou pela implantação do BRT em Cuiabá-VG em detrimento do VLT. O que você acha disso?

Estou de acordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.