Últimas

Quarta-Feira, 15 de Agosto de 2007, 17h:31 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:16

EMBATE JURÍDICO

Juiz suspende uma licitação do PAC em Cuiabá

José Rosa, presidente da Sanecap e procurador-geral de Cuiabá   A Prefeitura de Cuiabá enfrenta o primeiro embaraço jurídico sobre aplicação dos recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). O juiz Carlos Alberto Ferreira, da 3ª Vara da Fazenda Pública da Capital, determinou a suspensão de uma das três licitações. Trata-se de uma licitação para contratar empresa de consultoria, de R$ 2,1 milhões, o menor valor do montante de R$ 240 milhões do PAC destinados a Cuiabá. O diretor-presidente da Companhia de Saneamento (Sanecap), José Antonio Rosa, foi notificado sobre a decisão nesta quarta pela manhã, momentos antes da abertura da licitação. Agora, a Procuradoria-Geral do Município tem cinco dias para prestar informações e contrapor os argumentos de uma empresa de consultoria de Cuiabá, que resolveu ingressar com mandado de segurança com vistas a impedir a licitação.

    A Prefeitura de Cuiabá, sob Wilson Santos, está promovendo três licitações para executar os recursos oriundos do PAC. O processo que acabou suspenso pela Justiça diz respeito à consultoria e fiscalização das obras. Essa fiscalização poderia ser feita por técnicos da Sanecap, desde que não tivesse verba federal. Como quase todos os recursos são oriundos da União, por meio do BNDES, exige-se a contratação de uma empresa de consultoria para o trabalho de checagem, atuando como espécie de "olho do banco". É necessário que a concorrente tenha um capital social de, no mínimo, 10% do valor da obra, algo em torno de R$ 2,2 milhões. A prefeitura optou por exigir de caução 1% do valor para ampliar a concorrência. 

    Defesa

    José Rosa, que responde também pela Procuradoria-Geral do Município, assegura que o embate jurídico não vai atrasar o cronograma das obras de saneamento. "O projeto não vai atrasar em nada. Está sendo feito tudo dentro da transparência. Vamos apresentar nossas explicações para o juiz e ele deve fazer a reconsideração", destacou o presidente da Sanecap. Caso o pedido seja indeferido, a prefeitura ingressará com agravo junto ao Tribunal de Justiça.  "Estamos tentando fazer o melhor e dentro da lei. Fizemos audiência pública e é uma concorrência em nível nacional. Temos dificuldades porque a obra é grande. O que está acontecendo é disputa de gente pela obra. Isso é natural", enfatiza José Rosa.

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • Antonio Carlos Cuiabano | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A prefeitura de Cuiabá tem ser mais transparente nos seus atos, ainda mais quando se trata de aplicação de verbas publicas. O prefeito quer pagar mais de 2 milhoes so em consiltoria e fiscalização. Cade os tecnicos e os fiscais da prefeitura, eles não podem fazer esse serviço. É muito dinheiro.

    Em 2008 é ano de eleição municipal, todo dinheiro publico tem que ser gasto e muito bem fiscalizado, o Wilson prometeu em campanha que ia disponibilizar para todos quanto a prefeitura arrecada e recebe atraves de convenios mensalmente e também divulgar todas as despesa do municipio até com "agulhas" e nada ate hoje nimguem sabe nada sobre despesas e gastos do municipio.

  • Antonio Luiz de Souza | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • Jennifer Lorena de Campos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • Donizete | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    TEMOS QUE FICAR ATENTO COM ESSAS LICITAÇOES PERIGOSA DO PAC. VEJO QUE OLHO GORDO ESTA CADA VEZ MAS AMBICIOSOS PELO PAC. ABRE OLHO MINISTERIO PUBLICOS??????

  • Marcelo Rodrigues de Paula | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Depois dizem que o prefeito de Várzea Grande que faz coisas erradas. Nem bem saiu o dinheiro o juiz suspende a licitação, porque será hein? O povo precisa saber disso ede mais coisas, a exemplo de onde saiu o dinheiro para a propaganda que fizeram em homenagem a Dante de Oliveira. E porque a Genius estourou a verba. O ministério público poderia verificar essas coisas também.

Sema reabre os parques em Cuiabá

mauren lazzaretti sema 400   Fechados desde 1º de abril, em obediência às regras de decreto municipal, que suspendiam as atividades coletivas, os parques estaduais urbanos de Cuiabá reabrem nesta segunda (19) para utilização pelo público. Será possível acessar as tradicionais trilhas...

Pilha em Jayme pra disputar o Governo

jayme campos 400   Mesmo sabendo que Jayme Campos (foto) não entra em disputa onde percebe dificuldades para vencê-la e militando no mesmo partido de Mauro Mendes, o DEM, algumas lideranças políticas têm instigado o senador a se lançar ao governo estadual. Para tentar convencer Jayme, lançam...

Scheila assume APDM e cita projetos

scheila pedroso 400   Esposa do prefeito sinopense Roberto Dorner, Scheila Pedroso (foto), primeira-dama e secretária municipal de Assistência Social, passa a tocar, pelos próximos dois anos, a Associação para o Desenvolvimento Social dos Municípios de MT (APDM/MT). Ela promete juntar força com os...

Prefeito de Araputanga negocia praça

enilson rios prefeito 400 araputanga   O prefeito de Araputanga, Enilson Rios (foto), que ganhou as eleições do ano passado por uma diferença de apenas 56 votos sobre Joel Martins, com placar de 3.492 a 3.436, está no centro de uma polêmica. Ele aceitou uma proposta do Sicredi para utilização de um...

Barra recebe R$ 1,9 mi pra bancar UTIs

adison gon�alves 400   Em Barra do Garças, com 61 mil habitantes e 5.929 casos confirmados de Covid-19, inclusive com 207 mortes, incluindo 26 óbitos de indígenas em consequência da doença, o prefeito Adilson Gonçalves (foto) abriu crédito suplementar no orçamento de R$ 1,9...

De MT para USP; governo comemora

gabriel usp ribeiraozinho 400   O governador Mauro Mendes comemorou o fato do estudante Gabriel Rodrigues Ribeiro (foto), de 18 anos, morador de Ribeirãozinho, município mato-grossense com menos de três mil habitantes, ter conseguido ingresso no curso de medicina da USP, considerada a melhor universidade do país. Aos 18...