Últimas

Segunda-Feira, 25 de Maio de 2009, 14h:53 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:23

ELEIÇÃO

Juiz veta novos candidatos de até concederem entrevista

   O juiz-substituto Douglas Bernardes Romão, responsável pela realização das novas eleições neste domingo (31) em Novo Horizonte do Norte (a 400 km de Cuiabá), tomou uma decisão inusitada e um tanto polêmica. Determinou que nenhum dos dois concorrentes pode sequer conceder entrevistas a veículos de comunicação. A campanha terá que ser literalmente na base do “gogó” e na “sola do sapato”. Inclusive, os presidentes de partidos, delegados e agentes políticos foram proibidos de fornecer qualquer notícia ou informação sobre o pleito.
 
  O Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) assinado no dia 30 de abril, impede ainda que os candidatos João Antônio de Oliveira (PMDB) e Waldecir de Sá (PPS), que concorrem ao cargo de prefeito, coloquem placas e cartazes grandes pela cidade. Nem mesmo usar alto-falante em reuniões nas comunidades está permitido, muito menos utilizar carro de som ou realizar carreatas. O magistrado liberou apenas a entrega de santinhos e adesivos em carros. Até o horário eleitoral gratuito foi dispensado.
 
   Segundo informações, a cidade nem parece que está em pleno período de campanha eleitoral. Para angariar votos, os candidatos tem dobrado os esforços junto à população. Nas eleições municipais de 2008, João Antonio disputou a prefeitura, juntamente com o seu vice José Nilton de Britto (PP), mas perdeu a disputa para o prefeito eleito Agenor Evangelista da Silva (DEM), que teve cassado o registro de candidatura. Diante de um erro do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), que não informou que Agenor obteve 50,25% dos votos, o peemedebista chegou a assumir o comando da prefeitura por três meses. Após a retificação da falha, quem assumiu o cargo como prefeito tampão foi o presidente da Câmara, vereador petista Reinaldo Aparecido Rodrigues de Oliveira. Do outro lado está Waldecir, o vereador mais votado nas últimas eleições com 185 votos, que disputa o cargo, juntamente com Maria Aparecida de Oliveira Gorges, a Cida do Indea (PR), que concorre à vice. 

   TRE

   A assessoria de comunicação do TRE ressalta que a assinatura do TAC é legal e foi firmada em comum acordo por todos os candidatos. Apesar disso, recentemente a Justiça Eleitoral revogou um Termo de Ajustamento aplicado nas eleições do ano passado em Novo São Joaquim (a 400 km de Cuiabá). Os candidatos foram proibidos de praticar várias condutas que a resolução do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) permitia. Um dos concorrentes, que não assinou o TAC, chegou a ser multado em R$ 5 mil por distribuir uma carta aberta, mas se livrou da pena.(Sandra Costa)

  • Clique aqui e confira a íntegra da ata em que constam as proibições

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

AL realiza lockdown de faz de contas

Funcionários da AL se mostram revoltados com o lockdown de “faz de contas” promovido por deputados. Isso porque, apesar de estar com as portas fechadas, funcionários estariam sendo obrigados a ir trabalhar e entrando por outras portas. Atendem parlamentares que preferem trabalhar presencialmente. Pelo menos 36 funcionários estariam infectados e os servidores temem que mais pessoas sejam contaminadas pelo coronavírus. O pânico ficou ainda maior...

EP na batalha por vacinas e insumos

emanuel pinheiro 400 O prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro (foto) entrega nesta segunda (8) PL para a aquisição de vacinas para combate à Covid-19, medicamentos, insumos e equipamentos. O documento foi elaborado pela Frente Nacional dos Prefeitos (FNP) e será votado na Câmara. Esse é mais um movimento...

Fúrio volta à carga contra secretário

celio furio 400 curtinha Depois de se enganar ao abrir investigação contra o secretário de Saúde Gilberto Figueiredo e ter de pedir desculpas, o promotor Célio Fúrio (foto) voltou à carga. Fúrio entrou na Justiça para que Gilberto seja condenado à perda da função...

TJ e posse em cartórios após 7 anos

maria helena _ curtinha O Tribunal de Justiça, sob Maria Helena (foto), marcou para 31 de março a posse coletiva dos aprovados no concurso para os cartórios extrajudiciais de Mato Grosso. O certame vem se arrastando desde 2013 e foi interrompido diversas vezes por causa de recursos judiciais de concorrentes inconformados com os...

Setores vivem tensão e são castigados

Gilberto Figueiredo Artigo O governo acerta ao estender o horários de funcionamento dos supermercados. Afinal, desde que o decreto entrou em vigor, as filas se multiplicaram pela Capital, aumentando o risco de transmissão do novo coronavírus. Há a expectativa de que novas medidas possam ser tomadas diante do evidente colapso da...

Limpeza e obras no entorno da Arena 

Beto 2x1 400 curtinha   Apesar da Arena Pantanal ser um cartão postal do Estado, o entorno do estádio vive situação crítica com lixo nas ruas, episódios de esgoto à céu aberto e matagal. O secretário estadual de Esporte e Cultura, Beto 2 a 1 (foto), em visita ao Rdnews, assegura que os...