Últimas

Quinta-Feira, 24 de Abril de 2008, 18h:30 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:20

EMBATE JURÍDICO

Julgamento do processo contra Riva é adiado

  O julgamento do processo contra o deputado estadual José Riva (PP) foi adiado pela terceira vez somente neste mês. Nesta quinta, o presidente do Tribunal Regional Eleitoral, Leônidas Duarte Monteiro, anunciou o adiamento devido à ausência da juíza Vandymara Galvão Ramos Paiva Zanolo. Ela está em período de férias. Só retorna às atividades no final do mês. Vandymara não pode ser substituída no Pleno, já que é preciso manter a composição original. Na primeira sessão, o juiz-membro João Celestino Correa da Costa pediu vistas. Já no último dia 3, o adiamento ocorreu por conta da ausência justificada da juíza Adverci Rates. O processo tramita na Justiça Eleitoral desde o final de 2006.

   O parlamentar progressista está sob ameaça de perder seu mandato por compra de votos. O placar está em 2 a 1 pela absolvição do deputado. Conforme a representação formulada pelo Ministério Público Eleitoral, o crime teria ocorrido durante a última campanha, em Santo Antonio do Leverger. O vereador Edemar Gálio seria o cabo eleitoral de Riva. Conforme a representação do MPE, Edemar utilizou sua residência para entregar R$ 3 mil a um representante da comunidade indígena Bororo, da aldeia Gomes Carneiro.

    No início do ano passado foram apreendidos na residência de Edemar R$ 2,1 mil em espécie e um cheque de R$ 100, papéis e objetos do parlamentar. Em depoimento, Edemar reconheceu a condição de coordenador da campanha de Riva no município e admitiu também que o material apreendido pertencia à campanha do deputado. O vereador argumentou que a verba encontrada em sua casa seria utilizada para o pagamento de pessoas que prestaram serviços para Riva.

    Já Riva nega crime eleitoral. "Além de condenar a compra de voto, não precisaria apelar para esse expediente criminoso e antidemocrático", reage Riva, que está no quarto mandato parlamentar. (Simone Alves)

Postar um novo comentário

Comentários (14)

  • Campos Neto | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Espero que o deputado Riva seja absolvido, pois tenho convicção de sua inocência. Sou do PP e tive a oportunidade de visitar diversos municípios ao seu lado durante a campanha. E sua campanha foi dura, no corpo a corpo e no debate de idéias e propostas. Riva acompanhou seu desempenho através de pesquisas e não teria motivo para comprar votos, pois além de condenar tal prática apelativa e antidemocrática, ele já liderava todos os rankings.

    Campos Neto, deputado estadual

  • CIDADÃO DESESPERANÇADO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Quer dizer que não vai publicar o meu comentario????

    Vou tentar de novo:

    Eita deputado de $orte hein!!!! isso vai chegar à prescrição eu explico: porque se todos os juizes tirarem suas merecidas férias, coincidencia ou não os juizes sempre tira suas férias na e´poca em que o processo do deputado tá pra ser analisado vai dar ai uns 08 anos, a eleição foi em 2006,nós estamos em 2008 quer dizer 08 anos das férias dos juizes com mais dois pós eleição é igual a dez conclusão:prescreveu-se e não se fala mais nisso.
    A justiça é morosa mesmo né!!!!!!!
    Romilsom publica pelo amor de Deus este ja é o terceiro
    porque qdo eu fiz os 2 primeiro estava escrito nenhum comentario até o momentoe ja tem um depois do meu

    Não é porque é o dep.articulador né!!!!!!!

  • pedro salomão | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    éssa é pra acabar, a raposa defendendo a serpente, eu queria ver se éssa decisão estivesse nas mãos de um juiz federal como o dr julier.

  • Carla e Beatriz Castro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Que a justiça seja feita com isenção. Certamente o nosso deputado será inocentado. Voto nele desde a década de 80 e sua campanha é na base do trabalho. Obrigada.

  • caio navarro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    ESSA FOI DIMAIS, O CAMPOS NETO DEFENDENDO O ATUAL ARCANJO DE MATO GROSSO,(O OUTRO FOI PRO CEU, OU SEJA, TCE), O PEDRO SALOMÃO TEM RAZÃO AO COMENTAR QUE SE ESSE JULGAMENTO ESTIVESSE SOB JURISDIÇÃO DE UMA CORTE FEDERAL A COISA SERIA DIFERENTE, MAS ESTA NA ESFERA ESTADUAL..........

  • Patricia | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Concordo com você Dep. Campos Neto, o Dep. Riva nao precisa comprar votos para ganhar uma eleição, sempre esteve na frente das pesquisas, sempre trabalhou duro para a melhoria do nosso estado, nao imagino a Assembleia Legislativa sem ele lá...

  • lilian | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    E vai ser adiado pela 4ª, 5ª,6ª.........vez até quando?

  • Jovaine | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Caro Romilson,

    Conheço o Sr. Edmar Gálio a mais de 20 anos. Há alguns anos não tenho tido contato com ele, mais tenho a certeza absoluta que ele seria incapaz deste ato abominável que é a compra de voto.

    Como servidor da SEDUC a 28 anos fico me pergutando porque este senhor, como educador que é, nunca fora convidado para um cargo de expressão nesta Secretaria de Estado, quando há tantas pessoas com desempenho profissional sofrível?

    Sou testemunha ocular da competência deste Senhor. Ele é um dos melhores Diretores de Escola Pública que conheci. Homem probo, de conduta ilibada, responsável. Quando tive a oportunidade de trabalhar com ele na Escola Estadual Dª. Maria Eliza Bocaiuva Corrêa da Costa, nos anos 80, no Morro do Tambor, Bairro Dom Aquino, àquela época um dos locais mais difíceis de trabalhar com alunos no período noturno, haja vista, as bocas de fumo que ali existiam, era difícel fazer Educação Pública.

    Este Senhor passava na maioria das vezes mais de catorze horas na escola. Sempre tratou com enorme zelo os recursos advindos da caixa escolar. Comprava uniforme com recursos próprios que ele conseguia com promossões na escola, para doar aos alunos carentes.Nunca deixou faltar merenda escolar na escola. Àquela época não existia essa quantidade enorme de recursos financeiros que a Secretaria de Estado de Educação repassa hoje às unidades escolares. Hoje é dinheiro para merenda escolar: pré-escola, ensino fundamental, ensino médio, e alunos da educação de jovens e adultos; manutenção da escola: para aquisção de material de consumo, pequenos reparos e manutenção do prédio escolar e aquisição de equipamentos. Hoje a maior parte das escolas têem computador. Com tudo isso, ainda assim, muitos Diretores reclamam. Gostaria de vê-los em atividade naquela período.

    Digo isso, para testemunhar junto a sociedade, que um homem como o Sr. Edmar Gálio, com espírito dempcrático que tem, jamais seria capaz de ato tão leviano.

    Sr. Edmar Gálio confio na sua honradez.



  • Carlene S Grubman | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Conheco o deputado Jose Riva ha mais de 11 anos e acredito piamente na sua inocencia. Porque que um dos maiores articuladores Politicos que sempre esta liderando as pesquisas precisaria comprar votos? Sabemos que o Sr Riva e contra esta pratica e se a populacao matogrossense procurasse saber mais sobre O Deputado saberia que e um dos politicos que mais trabalha em prol da nossa sociedade e que se tivessemos 3 deputados como ele o nosso estado talvez estaria em uma situacao diferente.
    Nao voto no Brasil ha 8 anos, mas se votasse com certeza votaria no Dep. Riva.
    Abracos

  • zannone borges | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Olhando pelo lado tirar vantagemoupuxa saco é compreensível o depoimento do nobre parlamentar e aprendiz de safardana sr.Campos Neto, nota-se e considera-se a origem e pedigree do BACANA. Quanto ao julgamento do outro NOBRE PARLAMENTAR no TRE-MT é salutar acionar o MCCE E deixa-los preparados, pois só um ignorante no assunto não vê o que está acontecendo ou pra acontecer... A absolvição do réu é questão de dias... Isto senão prescrever! pois o MOÇO É LISO QUE NEM BAGRE...
    CEARÁ....
    BRUNETTO.... aquele do movimento tenho dito...não o deputado que é farinha do mesmo saco do réu.
    OAB...
    MINISTERIO PÚBLICO...
    GAECO...o povo pede socorro...
    se atentam também em vasculhar a vida destes infratores da politica...voces só mechem com peixinhos... quero ver terem peito pra pescar TUBARÃO...
    BOSAIPO...RABELLO...RIVA...CHICO 2000...aquele incosequente e desqualificado do LUTERO PONCE...PEDRO HENRY...CHICA...LINO ROSSI que tá aí rindo em público de suas caras... Dentre outros da quadrilha...

Para presidente, BRT é ultrapassado

juca 400 curtinha   Numa sintonia política com o prefeito Emanuel, o novo presidente da Câmara de Cuiabá, vereador Juca do Guaraná (foto), disse ser contra a decisão do governo estadual de "enterrar" o projeto do VLT, cujas obras estão paralisadas desde 2014, para implantar o modal BRT na Região...

Prefeito vai homenagear 2 ex-aliados

ze do patio 400 curtinha   O ex-vereador, ex-deputado estadual e hoje prefeito de Rondonópolis, Zé do Pátio (foto), que está no terceiro mandato, vai homenagear dois aliados que faleceram recentemente, sendo eles o ex-vereador de três mandatos Juary Miranda, que foi líder do Executivo na Câmara...

Maluf deve consultar STF sobre Teis

guilherme maluf 400 curtinha   Assim que retornar de férias, o presidente do Tribunal de Contas do Estado, Guilherme Maluf (foto), dará prosseguimento à análise do pedido de aposentadoria de Waldir Teis, que está afastado do Pleno há três anos e cinco meses, assim como outros três conselheiros...

Novo líder de Pátio na Câmara de ROO

reginaldo santos 400 curtinha   Reginaldo dos Santos (foto), que assume vaga na Câmara de Rondonópolis pela quarta vez, é o novo líder do prefeito Zé do Pátio, com a missão de fazer o trabalho de articulação e defesa do Executivo junto aos colegas do Legislativo. Na legislatura passada,...

Agro sugere Daniella de volta no Indea

daniella bueno 400 indea   Representantes do setor produtivo e um grupo de servidores sugeriram ao governador Mauro o nome da médica-veterinária e servidora de carreira Daniella Bueno (foto) para reassumir a presidência do Indea-MT. Aproveitaram a vulnerabilidade no cargo do presidente Marcos Catão Dornelas, denunciado...

Aumento para vereador só em 2022

Alguns vereadores em Cuiabá, tanto novatos quanto aqueles reeleitos, ficaram surpresos quando informados pela Mesa Diretora de que o aumento salarial de R$ 15,1 mil para R$ 18,9 mil, aprovado agora no final de dezembro, só começa a valer a partir de janeiro de 2022. Não entra em vigor de imediato, mesmo se tratando de nova legislatura, por causa da pandemia, que levou o governo federal a estabelecer, em lei, veto a qualquer tipo de reajuste para servidores até...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT optou pela implantação do BRT em Cuiabá-VG em detrimento do VLT. O que você acha disso?

Estou de acordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.