Últimas

Terça-Feira, 13 de Março de 2007, 10h:51 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

ARTICULAÇÃO

Júlio admite disputa, mas quer presidir o TCE

    Júlio Campos disse que o resultado da pesquisa Mark, que o aponta entre os primeiros colocados na corrida sucessória em Várzea Grande, o deixa motivado a entrar no páreo, mas observa que seu principal objetivo é permanecer no Tribunal de Contas do Estado e conquistar a presidência do órgão cuja eleição ocorre na primeira semana de dezembro.

    O nome do conselheiro surge com 8,6% das intenções de voto na amostragem espontânea. Trata-se de uma situação de empate técnico com o líder, o pefelista Wallace Guimarães (9,7%). Nas simulações estimuladas e com índices entre 29% e 54%, Júlio venceria com larga vantagem o atual prefeito Murilo Domingos (PR), o vice Nico Baracat (PMDB), o petista Zito Portela e empataria tecnicamente com o deputado Maksuês Leite (PP).

    Ex-prefeito de Várzea Grande, deputado federal, governador e senador, Júlio Campos destaca que não descarta a hipótese de voltar a concorrer a cargo eletivo, inclusive à Prefeitura de VG. Como possui prerrogativa de desembargador do Tribunal de Justiça, o conselheiro pode se aposentar no TCE e entrar na disputa até quatro meses antes das eleições. Nesse caso, teria o privilégio de registrar candidatura até 30 de maio do próximo ano. "Quero ser presidente do TCE. Essa história de prefeitura é um pouco de saudosismo. O povo tem saudade de Júlio Campos na política".

    Ele pondera que está faltando carisma e entusiasmo dos políticos e, sobre a pré-campanha em VG, observa que 'há muita gente boa interessada na disputa'. "O futuro a Deus pertence. Depois que eu passar pela presidência do Tribunal, quem sabe a gente... tem que sonhar. Vou continuar por aqui, mas a gente nunca deve descartar nada".

    A eleição no TCE para mandato bienal acontece em dezembro. O presidente eleito toma posse em janeiro de 2008. Júlio disse que pretende ser presidente ou vice. Admite, porém, que os conselheiros Antônio Joaquim e Valter Albano, da safra de novatos, seriam os mais cotados. "Quem sabe me elegem presidente! Aliás, vai ganhar quem tiver quatro votos (dos sete conselheiros)", destacou Júlio, que ocupa o cargo vitalício desde 2002.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Servidores sem pagar os empréstimos

adevair cabral curtinha 400   A Câmara de Cuiabá rejeitou o veto total do prefeito Emanuel e promulgou a Lei 6.547, que suspende por 90 dias o pagamento de parcelas de contrato de crédito consignados tanto dos servidores públicos ativos e inativos da prefeitura quanto da própria Câmara Municipal. A...

Eleição ao Senado junto com municipal

carlos favaro 400 curtinha   A eleição suplementar para uma vaga ao Senado deve ocorrer em MT junto com o pleito municipal, em 15 de novembro. A definição oficial partirá do TSE até o final deste mês. Em princípio, a suplementar estava marcada para abril, mas, por causa da pandemia, foi...

Wellington tem 47 lotados no Senado

wellington 400 curtinha   Com dois meses e meio na cadeira de senador, Carlos Fávaro tem hoje 18 assessores lotados no gabinete, muito aquém do quadro dos colegas Jayme Campos e Wellington Fagundes. O chefe de gabinete de Fávaro é o advogado Irajá Rezende de Lacerda, filho do primeiro-suplente Zé Lacerda....

Cáceres, lockdown e frases de alerta

francis maris 400 curtinha   Em Cáceres, o prefeito Francis Maris (foto) decretou lockdown desde a última segunda, dia 29, como forma de forçar os moradores a permanecer em casa para conter o avanço da Covid-19. Mas as medidas restritivas não estão surtindo tanto efeito na prática. Muitos continuam...

4 prefeitos de MT com coronavírus

luiz binotti 400 curtinha   Pelo menos quatro prefeitos em Mato Grosso já foram diagnosticados com Covid-19. O caso mais recente envolve Luiz Binotti (foto), de Lucas do Rio Verde. Ele aguarda resultado de exames, mas já se encontra em isolamento domiciliar. Com sintomas do novo coronavírus, Binotti decidiu ficar em casa. De um...

Forçando cuiabanos a ficar em casa

emanuel pinheiro 400 curtinha   Acuado por causa do avanço dos casos de Covid-19, o que tem provocado colapso na rede pública de saúde, principalmente em Cuiabá, o prefeito Emanuel Pinheiro (foto) decidiu adotar medidas mais restritivas para conter circulação e aglomerações de pessoas,...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Em Cuiabá, o prefeito suspendeu a decisão de implantar rodízio de veículos entre placas pares e ímpares devido à Covid-19. Mas quer debater a ideia. Você concorda com rodízio?

concordo

discordo

tanto faz

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.