Últimas

Sexta-Feira, 18 de Maio de 2007, 07h:23 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

ARTICULAÇÃO

Júlio diz à família que será candidato; DEM racha

   Em reunão com a família no último domingo (13), o conselheiro do Tribunal de Contas, Júlio Campos, comunicou que será candidato a prefeito de Várzea Grande no próximo ano. O senador Jaime Campos se opôs, mas os pais Júlio Domingos de Campos, o "seo" Fiote, e Amália Curvo de Campos, convenceram-no a aceitar a decisão do irmão.

   Tradicialmente, a família Campos se reúne aos domingos à tarde no chamado casarão, à rua 24 de Outubro, em Cuiabá, onde mora o casal Fiote-Amália. O último encontro ganhou uma discussão maior, se transformando, mais uma vez, num palco político. Ex-prefeito de Várzea Grande, governador, deputado federal e senador, Júlio avisou aos familiares que não abrirá mão de disputar novamente à sucessão ao Paço Couto Magalhães.

    Jaime, por sua vez, fez algumas ponderações. Considerou que uma candidatura do irmão poderia até prejudicá-lo politicamente por causa das críticas que já sofre do estigma da "familiocracia" por ter vários membros da família na vida pública. No fundo, Jaime teme ser "engolido" por Júlio. Uma vez eleito prefeito, o ex-senador se tornaria candidato em potencial a governador em 2010, o que afugentaria os planos do irmão.

   Após ouvir Jaime, um dos maiores pecuaristas do Estado, Júlio, no cargo de conselheiro do Tribunal de Contas desde 2002, retrucou: "Tem gente que gosta de vender boi e tem gente que gosta de ser assediado pelo povo, como é o meu caso. Então, não vejo impedimento algum (para ser candidato)". No final, coube a "seo" Fiote colocar um ponto final no impasse. "Oh, Jaime, deixa o menino ser candidato!".

    Foi o bastante para o senador recuar. Como possui prerrogativa de desembargador do Tribunal de Justiça, Júlio pode se aposentar no TCE e entrar na disputa até quatro meses antes das eleições. Nesse caso, teria o privilégio de se filiar e registrar candidatura até 30 de maio do próximo ano. Como já tem cinco anos na cadeira de conselheiro pode, inclusive, se aposentar a qualquer momento.

    Racha

   Resta saber agora se os democratas são tão democráticos ao ponto de aceitar o retorno de Júlio Campos, que militou por três décadas no antigo PFL, que virou DEM, e apoiar sua candidatura a prefeito no município onde começou sua trajetória política nos idos de 1964 ou se vão incorporar a estratégia petista de partirem para o racha.

   O deputado estadual Wallace Guimarães, que perdeu a prefeitura em 2004 por apenas 588 votos, não abre mão da pré-candidatura. Outro que também "colou" nos Campos e insiste na pré-candidatura é o também deputado Maksuês Leite (PP).

Postar um novo comentário

Comentários (11)

  • Rosandro de Moura Andrade | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A decisao do conselheiro JULIO CAMPOS a voltar a atuar novamente na politica, mostra que ele realmente tem a politica no sangue. e esse sangue q essa familia chamada campos traz nas veias, e tudo que nos Matogrossenses precisamos nesse momento que nosso Estado vive essa politica de empresario que quer ver o ESTADO DANDO LUCRO mas nao tem uma politica seria de moradia, de salario digno de funcionario publico e acima de tudo esse descasso com as nossas estradas. E a familia campos tem como regra basica o trabalho e a politica de respeito ao povo matogrossense. entao so tenho mesmo e de apoiar essa nobre decissao e dizer que Mato Grosso precisa muito do nosso grande senador JAIME CAMPOS e do conselheiro JULIO CAMPOS na vida publica. Seja bem vindo conselheiro JULIO.

    Rosandro de Moura Andrade
    vereador de Jaciara

  • Ricardo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Os matogrossenses precisam de vc de volta em nosso cenário politico...quem sabe um dia o senhor não seja candidato a prefeito de Cuiabá...pois estamos precisando de pulso, o senhor sabe lhe dá com estas cobras que estão acabando com nossa capital, colocando eles em seus dividos lugares....sucesso julinho!!!

  • Edson Guerra | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Foi a decisão mais acertada que o Conselheiro Júlio Campos tomou, pois Várzea Grande precisa de um político do calibre dele, que tem serviços prestados, ótimo trânsito em todas as esferas e além de tudo, carismático e com visão no futuro.

  • ronan vitor | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Eu como membro da juventude do Democratas, tenho apenas que apoiar qualquer que seje o representante do partido, na disputa das proxims eleiçoes.
    Tenho certeza de que sendo Julio Campos ou naum, Varzea Grande sera bem cuidada pelo Democratas.

  • Anônimo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Sem dúvida, Esta mais do que na hora de termos a volta de Júlio Campos a política!
    júlio pode ter cometido erros, porém nenhum dos políticos não o comenteram. Creio que o tempo do lado de fora da política e a experiência dentro do TCE de MT tenha sido de grande valor para Júlio. Ele provavelmente volta mais experiente, mais sensato e concerteza saberá guiar suas decisões pelos melhores caminhos em pró da sociedade.
    Mato Grosso precisa resgatar sua identidade política e Júlio Campos certamente é um nome de muito valor para isso.
    Sua volta irá marcar um novo rumo dentro do quadro político e certamente isso acabará com certos acordos amarrados entre os que já vivem a pré candidatura para as próximas eleições.

  • João Pedro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    esse governo do blairo só serve mesmo prá desenterrar defunto. os campos já tinham sumido do cenário político, o estado melhorou muito. mas com a ambição do governador que faz pacto até com o diabo, num é que as múmias estão retornando.

  • Carlos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Existem momentos em nossa vida,tanto pessoal como profissional,que necessáriamente,temos que parar e analisar todas as decisoes mais ou menos importantes tomadas nesse decorrer.A decisao do atual conselheiro Julio Campos,acredito está sendo tomada com pé no chao,e depois de ouvir constantemente os apelos....Parecia que a politica de nosso estado iria mudar para melhor(era o q esperávamos),mas,pelo contrário,NADA!!!Seja bem vindo Julio Campos,precisamos de alguém com a sua competencia de volta... ELES TIVERAM A GRANDE CHANCE!!!!!
    Nasci em Cuiabá e fui batizado na igreja N.Sa. do Carmo(VG),entao para mim,o quero de melhor pra Cuiabá,quero para Varzea Grande.

  • Antonio Carlos Pereira Leite Neto | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Sem duvida o conselheiro Julio Campos tem muita experiência na vida politica, mas sua contribuição ja foi colocada para a sociedade, agora é vez de nova lideranças, nós eleitor temos que dar aportunidade para novas lideranças como é o caso do Dep. Wallace, ele ja mostrou para a população e o partido que é fiel ao grupo(politico), e alem do mais estou cheio de oligarquia o povo não vai entender essa candidatura.

  • José Vieira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Só posso dizer uma coisa:

    JÚLIO, JÚLIO, JÚLIO, HOMEM DE GRANDE VALOR;
    JÚLIO, JÚLIO, JÚLIO, SERÁ NOSSO GOVERNADOR...

    Mato Grosso te recebe de braços abertos Senador Júlio José de Campos, Boa tarde e Boa Sorte!

  • nilsinho | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Gostaria de parabenizar ao nosso companheiro Julio Campos pela brilhante decisão e creio que precisamos devolver o poder de decisão aos políticos que fizeram a historia Mato Grosso, Julio prefeito de Várzea Grande, França Prefeito de Cuiabá, Jaime Governador, homens que tem coragem de peitar a situação e a oposição sem temer a repressão, chegou a hora e está é a solução.

EP cresce 5; Abílio perde 3, diz Ibope

emanuel pinheiro 400 curtinha   Pelos números do Ibope, revelados nesta sexta à noite pela TV Centro América (Globo), Abílio Júnior (Podemos) oscilou negativamente 3 pontos percentuais em menos de uma semana, de 48% para 45% das intenções de voto. Já o emedebista Emanuel Pinheiro (foto)...

Sob arrogância, ataque e desrespeito

abilio junior 400 curtinha   O candidato Abílio Junior (foto), que disputa o segundo turno em Cuiabá com o prefeito Emanuel, chegou bastante nervoso e irritado para o debate nesta sexta, na TV Vila Real (Record). Demonstrando arrogância, ignorou o superintendente do Grupo Gazeta de Comunicação, Dorileo Leal, na...

Candidatos, tensão, debate e bate boca

antoniocarlos   Em debate tenso, na TV Vila Real (do grupo Gazeta) e, após troca de acusações sobre atos de corrupção e servidores fantasmas, os candidatos à Prefeitura de Cuiabá Abílio Júnior (Pode) e Emanuel Pinheiro (MDB) protagonizaram bate boca por mais de uma vez. O clima ficou...

Abílio contrata 400 fiscais para eleição

A campanha do candidato Abílio Júnior (Pode) decidiu contratar 400 fiscais para atuar nesta eleição de domingo. Isso derruba o discurso do candidato do Podemos de que todos atuam de forma voluntária em prol da sua vitória. Aliás, quando questionado sobre a grande estrutura que montou neste segundo turno, inclusive sobre a equipe de marketing, disse que todos são colaboradores. Na sua versão, ninguém recebe pelo trabalho,...

Entrando na briga à AMM muito tarde

maurao curtinha 400   Mauro Rosa, o Maurão (foto), que está encerrando o segundo mandato como prefeito de Água Boa, é o único candidato no duelo com Neurilan Fraga, que busca mais um mandato no comando da AMM, entidade que representa as prefeituras mato-grossenses. O problema é que Maurão entrou...

Com Paccola, Câmara terá polêmicas

paccola 400 curtinha   O vereador eleito pela Capital, tenente-coronel PM Marcos Eduardo Ticianel Paccola (foto), do Cidadania, promete levar muitas polêmicas para os embates que pretende travar no Legislativo. Ele é daqueles sem papas na língua. Defende, por exemplo, que a população tenha direito de se armar. Em...