Últimas

Sábado, 24 de Outubro de 2009, 09h:25 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:24

ESTRADA

Júlio lembra período como governador e é vaiado em Juína

    Patrícia Sanches
    Enviada Especial

   Empolgado com a possibilidade de sair do ostracismo político a que foi relegado desde que sofreu  derrota à Prefeitura de Várzea Grande no ano passado, Júlio Campos (DEM) resolveu acompanhar o irmão, senador Jayme Campos, na expedição Estradeiro junto com a comitiva do governador Blairo Maggi (PR). Pré-candidato a deputado federal, ele tenta, aos 61 anos, reconstruir a carreira política, mas sofreu novo revés nesta sexta à noite, durante inauguração de 150 km de asfalto em Juína (a 735 km a Noroeste de Cuiabá). Júlio foi vaiado por mais de 12 mil pessoas quando fazia discurso.

   Ao subir no palanque, ele tentou se beneficiar do prestígio do governador e fez elogios ao republicano, mas, no melhor estilo Carlos Bezerra, deputado federal e “cacique” do PMDB no Estado, incorreu no erro de relembrar as “glórias” do próprio governo (83-86). Disse que o trabalho de abertura da estrada começou quando ele (Júlio) era governador. Com a imagem desgastada, ele foi o único membro da comitiva a ser vaiado pelos juinenses.

   Mesmo com as manifestações de repúdio, Júlio Campos não se abateu e continuou discursando, mas em tom de reconhecimento ao trabalho de Maggi. “O governador tem seu méritos só por conseguir este asfalto”, destacou o ex-governador, ex-deputado federal e ex-senador. Maggi, por sua vez, se tornou a “estrela” do evento.

   Se as vaias foram relegadas a Júlio, os aplausos ficaram com o deputado estadual licenciado Saguás Moraes (PT), atual secretário estadual de Educação. Ele foi o único da comitiva, fora Maggi, a receber aplausos enquanto discursava. Essa reação não é para menos, afinal, Ságuas foi prefeito de Juína por dois mandatos e ainda contribuir decisivamente para eleição do atual prefeito, o também petista Altir Peruzzo. (Com Andréa Haddad, da Redação)

Postar um novo comentário

Comentários (16)

  • bruxo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O Dr. Júlio Campos vaiado, isto parece armação, mais também quem manda aceitar o convite de acompanhar. Pura armação.
    Este show se não existisse teria 300.000,00 para aplicar na segurança e saúde de Juína.

  • tony | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Concordo.. oh gente sem noção

  • GILVAN | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    morro de rir...na realidde essa vaia é para toda a comitiva......blairo,pagot,julio,jaime,riva,valtenir........seris,abicalil,verinha,saguas,bruneto,gilmar fbris.....é pouco ainda...vocês vão ver nas urnas o que vai dar....

  • Antonio Carlos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Eu estava presente na solenidade e não vi tantas vaias como a reportagem coloca. Tinha um grupelho de pelegos petista (como é de praxe aqui em juina) que iniciou isoladamente com suas costumeiras imbecilidades.

  • herculano fortunato severiano | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    bem feito julio, o que dá se juntar a turma da botina dá nisso, pode ter certeza que a saravada de vaias que levou tem o dedo dos botinudos. é melhor ficar no teu canto, poderia ter se poupado dessa vaia que está repercutindo em todo o estado. Julinho, se juntar agora ao governo, na reta final da turma da botina, é oportunismo barato, inocência, burrice, além de falta de visão politica.

  • Mossueto | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É Julinho, se voce soubesse a repercussão do seu ato, ha cerca de 22 anos atras mostrando aos seus mestres famintos reivindicando salarios tres meses atrasados e voce dando como solução ameaça de demissão, agora está o resultado, esquecestes que quem molda a sociedade são os professores! E apesar de não serem adeptos de politica partidária, sabem direcionadar seus pubilos em direção dos maus e dos bons politicos, o que aconteceu em Juina é só uma amostra do que te espera, se aventure a algum cargo, e terás a dura realidade da derrota, reflita e venha que estaremos de braços abertos para te dar um abraço de urso faminto.

  • maricota | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    fala serio....esse julio e jaime são de dar dor de barriga de tanto rir.

  • Jésus Quarto Crescente | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Esses Campos sofrem de sono excessivo. Acordem, acabou o jogo.

  • pedro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • TIMONEIRO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    ESTE JULIO CAMPOS ,JAYME CAMPOS,E WILSON PINOQUIO,DE AGORA ENDIANTE,SO SERVIRAM DE BOBOS DA CORTE,EITA FALTA DE OLEO DE PEROBA!!!!!!!!!!!!!  

Silvio provoca debandada no PTB-VG

silvio fidelis 400 curtinha   Silvio Fidélis (foto), afilhado político de Chico Galindo e que se tornou fiel escudeiro da prefeita várzea-grande Lucimar Campos, de cuja gestão é secretário de Educação, provocou debandada geral no PTB local. Inconformado com a decisão de Emanuelzinho de...

PTB tem 25 e deve eleger 2 à Câmara

misael galvao 400 curtinha   O PTB lançou 25 nomes a vereador em Cuiabá. E a tendência é de eleger entre um e dois. As maiores apostas são os seus próprios vereadores: Misael Galvão (foto) e Adevair Cabral, respectivamente, presidente e primeiro-secretário da Mesa Diretora da Câmara....

Retorno à Câmara após 6 mandatos

fulo 400 curtinha   Figura bastante popular, especialmente na região da Vila Operária, Lourisvaldo Manoel de Oliveira, o Fulô (MDB), que foi vereador de Rondonópolis por seis mandatos, está de volta. Hoje suplente, ele assume provisoriamente nesta segunda a cadeira do titular Thiago Muniz, que pediu licença...

Bolsonaro nem aí para políticos de MT

nelson barbudo 400 curtinha   O cerimonial da Presidência da República deu de ombros para os políticos, inclusive para a bancada federal mato-grossense, na visita de Bolsonaro, sexta, em Sinop e Sorriso. Alguns tentaram, de forma insistente, tirar foto com o presidente. E até conseguiram. Mas o capitão preferiu...

Tião com Flávio e "pau" nos Campos

tiao da zaeli 400 curtinha   A maior bronca dos Campos em Várzea Grande hoje é com o ex-prefeito Tião da Zaeli (foto), que motivou o amigo e empresário Flávio Vargas, dono do frigorífico Frical, a entrar na disputa à sucessão municipal. E Flávio conseguiu construir um amplo arco de...

A única dos maiores fora da reeleição

rosana martinelli 400 curtinha   Seis dos 10 prefeitos dos maiores municípios de MT poderiam disputar a reeleição neste ano por estarem no primeiro mandato ou já tendo exercido outros não consecutivos. E, destes, somente Rosana Martinelli (foto), de Sinop, não se recandidatou. Percebeu dificuldades...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.