Últimas

Quinta-Feira, 16 de Julho de 2009, 14h:02 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:23

CÂMARA DE CUIABÁ

Júlio não tem projeto; Lueci e Chico 2000 apresentam só 1

 Fernando Ordakowski
Clique na imagem para ampliação
Júlio Pinheiro (PTB), Lueci Ramos (PSDB) e Chico 2000 (PR): retratos de uma atuação parlamentar pífia

  Um balanço dos seis primeiros meses da 17ª Legislatura da Câmara de Cuiabá apresentado pelo Mesa Diretora nesta quinta (16) revela que alguns parlamentares sequer apresentaram um projeto de lei, complemento, resolução ou decreto. Um dos exemplos de atuação “café com leite” é do petebista Júlio Pinheiro, que substitui Clovis Hugueney, o Clovito (PTB). Júlio não fez um pronunciamento, seja para enaltecer ou criticar ações do Executivo ou dele próprio. Não é membro atuante em comissão e, de quebra, aparece zerado na contabilidade que controla o rendimento dos parlamentares em 2009.
 
   O petebista está mais para vereador “invisível” e sequer apresentou requerimentos ou indicações. Segundo levantamento da Câmara, Júlio Pinheiro só apresentou proposituras de moções que, em verdade, são feitas em sua maioria com objetivo de angariar votos. Até mesmo Clovito, que está afastado da Casa há três meses, teve maior rendimento. Segundo o relatório geral, Clovito apresentou 11 projetos de lei, perdendo apenas para Adevair Cabral (PDT), que protocolou 15 e se igualando a Francisco Vuolo (PR), com 11.

  Entre os que também tiveram poucos projetos estão Lueci Ramos (PSDB), Chico 2000 (PR) e Domingos Sávio (PMDB). Os três só oficializaram um projeto de projeto de lei. Chico 2000 contabilizou ainda 4 decretos legislativos, 13 requerimentos, 266 indicações e uma moção. Questionado sobre a sua pífia atuação, o republicano foi categórico.“Não apresento projetos porque me preocupo em fazer valer os que já existem”.

  Lueci, por sua vez, registra seis decretos, um requerimento e 87 indicações. A tucana, que já está no quarto mandato, disse que seu trabalho está focado em fiscalizar as ações do poder público e fazer valer as leis que já foram aprovadas. “Muitas vezes fazemos o projeto, aprovamos, é sancionado, mas não sai do papel”. Ela cita como exemplo uma proposta apresentada em conjunto com a ex-vereadora Enelinda Scala (PT), que obriga a existência de uma assistente social em cada escola. “A lei existe, mas basta andarmos pelas escolas para perceber que não saiu do papel”.

  Domingos Sávio pondera que, por acumular as funções de relator da Comissão de Ética, presidente da Comissão de Constituição e Justiça e do PAC, não pôde apresentar muitos projetos. Ele somou 7 decretos, 13 requerimentos, 266 indicações e uma moção. “Historicamente o presidente da CCJ não tem muito tempo para apresentar projetos. Foquei mais na fiscalização das ações do Executivo”, garante, para logo em seguida completar: “já tenho várias propostas de lei prontas. Vou apresentar no segundo semestre”.

   Destaque

  O campeão de proposituras é o vereador de primeiro mandato Adevair Cabral (PDT). Com propósito de suscitar debates e marcar território, o parlamentar já apresentou 15 projetos de lei. Detalhe: se o Executivo não "comprar" a idéia, a maioria das propostas do pedetista será considerada inconstitucional, pois deve partido do Palácio Alencastro e não do Legislativo. “Nosso grande problema é que apesar de sermos legisladores nos falta autonomia para legislar”, defende Lueci Ramos, ao ser questionada sobre o grande número de projetos inconstitucionais.

   O presidente da Câmara, Deucimar Silva (PP), apresentou 8 projetos de lei, 6 resoluções, 4 decretos, 4 requerimentos, 152 indicações e 182 moções. Já a Mesa Diretora presidida por ele aparece como propositora de dois projetos de lei, 7 resoluções e 9 decretos. Nos últimos seis meses, foram apresentados 129 projetos, 3 estão em vigor, 5 foram enviados à sanção, 6 aguardam para entrar em pauta, 29 retirados, 4 foram rejeitados e outros 81 tramitam nas comissões da Casa. Constantemente os vereadores, que ganha R$ 9,2 mil e têm direito a quase R$ 10 mil de verba indenizatória, são criticados por se preocuparem mais com os escândalos que envolvem o Legislativo do que com projetos de interesse público. (Patrícia Sanches e Andréa Haddad)

Postar um novo comentário

Comentários (7)

  • Ferraz Pereira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O vereador Chico 2000 realmente é só blá blá blá. Não faz nada além de proteger o seu pupilo RAlf leite. ele deveria mesmo e ir as ruas para saber como esta a sua popularidade, que garanto que nao esta bem. Fica posando de moralista, mas é bem ao contrario....

  • miramar fortes | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    As indicações que eles fazem são uma verdadeira piada. Não sabem nem o que estão reivindicando. Dá até desânimo. Melhor seria se não as fizessem. Não faria a menor diferença. Por favor sres. vereadores. Aprendam a trabalhar. Para de fazer de conta. O povo já não aguenta maiiiiiiiiis.

  • Britto | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Coitado do povo q acha que esses apresentadores de tv estão a altura de representar as necessidade do cidadão, veja ai o pop pra falar é uma beleza mais como vereador é fraquinho, fala tanto na tv todo dia nem parece que mora em cuiabá as ruas estão um verdadeiro queijo suiço é só buraco e onde tem asfalto o carro num consegue andar sem ser pulando o tempo todo com o asfalto mal consertado os remendos são e muito lugares pior que os buracos quem é motorista e sai todos os dias na ruas de cuibá percebe que é uma vergonha.

  • ROBSON ANTUNES | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Ressalto apenas que o vereador CHICO 2000 vem dando apoio ao presidente do nosso bairro Sr JERRY SANTANA BARRETO. Por iniciativa do parlamentar houve comunicação ao presidente do bairro sinalizando o asfaltamento de três ruas...Estamos esperando, uma vez que o bairro DOM BOSCO consta no quarto lote do malfadado PAC de Cuiabá, na questão do esgotamento sanitário. ESTAMOS NA ESPERA!!!

  • deb0ra | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A baixinha feia essa LUECI so sabe mesmo e falar da vida dos outro trabalhar q e bom nada.

  • caititu | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0



    SENHOR ROMILSON, GOSTARIA DE SABER PRA QUE SERVER ESSE TAL DE VEREADOR???



    RACINHA DE GENTE QUE NÃO VALE NADA E GANHA MUITO NÉ???

  • Marcelo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

PTB tem 25 e deve eleger 2 à Câmara

misael galvao 400 curtinha   O PTB lançou 25 nomes a vereador em Cuiabá. E a tendência é de eleger entre um e dois. As maiores apostas são os seus próprios vereadores: Misael Galvão (foto) e Adevair Cabral, respectivamente, presidente e primeiro-secretário da Mesa Diretora da Câmara....

Retorno à Câmara após 6 mandatos

fulo 400 curtinha   Figura bastante popular, especialmente na região da Vila Operária, Lourisvaldo Manoel de Oliveira, o Fulô (MDB), que foi vereador de Rondonópolis por seis mandatos, está de volta. Hoje suplente, ele assume provisoriamente nesta segunda a cadeira do titular Thiago Muniz, que pediu licença...

Bolsonaro nem aí para políticos de MT

nelson barbudo 400 curtinha   O cerimonial da Presidência da República deu de ombros para os políticos, inclusive para a bancada federal mato-grossense, na visita de Bolsonaro, sexta, em Sinop e Sorriso. Alguns tentaram, de forma insistente, tirar foto com o presidente. E até conseguiram. Mas o capitão preferiu...

Tião com Flávio e "pau" nos Campos

tiao da zaeli 400 curtinha   A maior bronca dos Campos em Várzea Grande hoje é com o ex-prefeito Tião da Zaeli (foto), que motivou o amigo e empresário Flávio Vargas, dono do frigorífico Frical, a entrar na disputa à sucessão municipal. E Flávio conseguiu construir um amplo arco de...

A única dos maiores fora da reeleição

rosana martinelli 400 curtinha   Seis dos 10 prefeitos dos maiores municípios de MT poderiam disputar a reeleição neste ano por estarem no primeiro mandato ou já tendo exercido outros não consecutivos. E, destes, somente Rosana Martinelli (foto), de Sinop, não se recandidatou. Percebeu dificuldades...

Poconé tem 4 no páreo; Euclides dança

euclides santos 400 curtinha   Em Poconé, o ex-prefeito Euclides Santos (foto) nadou e morreu na praia. Numa queda de braço dentro do PSDB, Euclides, que havia se mudado para Cuiabá e tem o filho na disputa para vereador, perdeu espaço e autonomia para a ex-prefeita Meire Adauto, presidente municipal da legenda tucana e...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.