Últimas

Domingo, 01 de Abril de 2007, 07h:50 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

ARTICULAÇÃO

Júlio quer ser prefeito de VG e depois governador

  Após interromper 30 anos de militância política para assumir, em 2002, o cargo vitalício de conselheiro do Tribunal de Contas do Estado, Júlio Campos alimenta cada vez mais a expectativa de retomar à vida pública. Não fosse a resistência da família, ele já teria anunciado antecipadamente sua aposentadoria para poder concorrer, de novo, a Prefeitura de Várzea Grande.

   O resultado da pesquisa Mark, feita em fevereiro no município e que aponta Júlio entre os principais favoritos, o deixou entusiasmado. Júlio não descarta se aposentar do TCE já em maio para poder entrar na disputa. Ele já foi prefeito de Várzea Grande, deputado federal, governador e senador. Comandou o PFL (hoje DEM) por mais de 20 anos. É irmão do ex-governador e hoje senador Jaime Campos.

   Aos amigos, o conselheiro revelou que, se continuar com chances reais de eleição, não terá outro caminho senão concorrer a prefeitura nas urnas de 2008. Nesse caso, retornaria à vida pública com outro desafio maior, além da sucessão municipal: o Palácio Paiaguás. Em meio a tantas conjecturas sobre o pleito de 2010, o conselheiro percebe vácuo político na oposição ao governo Blairo Maggi.

   É a partir dessa leitura que sonha em encarar uma candidatura a governador, já que considera Jaime "medroso". "O Jaime não entra em bola dividida. Só disputa se perceber que não corre risco de ser derrotado", comentou Júlio Campos, a um grupo de amigos.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Ex-aliado, Sales lembra quem é Abílio

coronel sales 400   Em mensagem enviada aos amigos, reforçando pedido de voto para Emanuel Pinheiro, o coronel PM da reserva e secretário de Ordem Pública da Capital, Leovaldo Sales (foto), diz conhecer bem os dois candidatos que disputam, neste segundo turno, o Palácio Alencastro. Sobre Emanuel, lembra que este tem...

Uma perna no muro e dicas indiretas

eduardo botelho 400 curtinha   O presidente da Assembleia, Eduardo Botelho (foto), chega ao final deste 2º turno das eleicões em Cuiabá com uma perna no muro. Ele liberou toda sua equipe para votar em quem quiser e todos pedem voto para Emanuel. Já Botelho, particulamente, preferiu não assumir publicamente o seu...

Nezinho, nova derrota e aposentadoria

nezinho 400   Aos 69 anos, o petebista Carlos Roberto da Costa, o Nezinho (foto), considerado da velha guarda política, tentou, mas foi reprovado nas urnas em Nossa Senhora do Livramento. Ele concorreu a prefeito em quatro pleitos. E já exerceu dois mandatos. Nezinho já foi secretário-adjunto de Fazenda do Estado,...

EP cresce 5; Abílio perde 3, diz Ibope

emanuel pinheiro 400 curtinha   Pelos números do Ibope, revelados nesta sexta à noite pela TV Centro América (Globo), Abílio Júnior (Podemos) oscilou negativamente 3 pontos percentuais em menos de uma semana, de 48% para 45% das intenções de voto. Já o emedebista Emanuel Pinheiro (foto)...

Sob arrogância, ataque e desrespeito

abilio junior 400 curtinha   O candidato Abílio Junior (foto), que disputa o segundo turno em Cuiabá com o prefeito Emanuel, chegou bastante nervoso e irritado para o debate nesta sexta, na TV Vila Real (Record). Demonstrando arrogância, ignorou o superintendente do Grupo Gazeta de Comunicação, Dorileo Leal, na...

Candidatos, tensão, debate e bate boca

antoniocarlos   Em debate tenso, na TV Vila Real (do grupo Gazeta) e, após troca de acusações sobre atos de corrupção e servidores fantasmas, os candidatos à Prefeitura de Cuiabá Abílio Júnior (Pode) e Emanuel Pinheiro (MDB) protagonizaram bate boca por mais de uma vez. O clima ficou...