Últimas

Sexta-Feira, 13 de Fevereiro de 2009, 19h:05 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:22

CÂMARA DE CUIABÁ

Junta mantém votos; Deucimar fica com a cadeira

Decisão frustra o suplente Marcus Fabrício, que empatou em votação com o hoje presidente da Câmara

  Por unanimidade, a Junta Apuradora, designada pelo Pleno do TRE para julgar recurso do suplente Marcus Fabrício (PP), decidiu nesta sexta (13) manter os 155 votos em cédulas depositadas numa urna de lona da seção 139. Com isso, o hoje presidente da Câmara Municipal de Cuiabá, Deucimar Silva (PP), se vê seguro no cargo de vereador.

  Deucimar e Fabrício tiveram a mesma votação: 3.524 votos. O primeiro ficou com a vaga por ser o mais velho. Nessa seção 139, que funcionou nas eleições de 5 de outubro na escola Augusto Trechaud e Curvo, no residencial Paiaguas, Deucimar teve 4 votos, enquanto Fabrício não registrou um. Se a Junta tivesse optasse por anular os votos, Deucimar perderia a cadeira para Fabrício.

  O presidente da Câmara acompanhou pessoalmente o julgamento, assim como os advogados de suplente Fabrício. A juíza Edleusa Zorgetti Monteiro da Silva, da 51ª Zona Eleitoral, conduziu os trabalhos. Em princípio, Fabrício teve pedido de anulação dos votos indeferido pela magistrada e recorreu ao TRE, que, por sua vez, devolveu à Junta a responsabilidade de julgar o caso. Nesta sexta, a juíza chamou os 6 membros para o julgamento, incluindo ela própria, e com participação do promotor eleitoral José Antonio Borges. Os outros cinco foram: Alberto Cunha Dourado, João Bosco Augusto Martins, Roberto Antunes Barros e Genésio Ovidio de Miranda. Por unanimidade, os membros da Junta votação pelo indeferimento do pedido de Fabrício. Assim, ele continua primeiro suplente, enquanto Deucimar respira aliviado.

   Divergências

   A confusão foi armada porque no dia da eleição a Justiça Eleitoral teve que recorrer à urna de lona. Até às 11h25 daquele 5 de outubro, a votação foi por urna eletrônica, que acabou apresentando problema técnico. Depois, passou a ser em cédula de papel. Na hora de contabilizar os votos, o disquete não abriu, o que levou a juíza Edileuza a impugnar os votos daqueles que votaram na urna eletrônica, validando somente os da urna de lona.

  Fabrício reclamou que fora prejudicado e ingressou com pedido de impugnação. A magistrada o indeferiu e o progressista recorreu ao TRE-MT. Este, por sua vez, devolveu a missão de julgar o pedido à Junta Apuradora, que decretou o fim da novela em plena sexta-feira, dia 13.


Marcus Fabrício não tem êxito em ação e continua suplente

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • FRANCISCA MIRANDA | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Deucimar, meu amigo:

    Considere-se feliz. É a primeira vez que vejo a idade beneficiar alguém.

    Só tenho testemunhado nego reclamar disso. É ativo pisando em inativo.... é jovem desconsiderando idoso.....
    PARABÉNS....

  • CARLOS ROBERTO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    ESSE SI É CRIA DO PEDRO HENRY E CHICA NUNES, SENDO ASSIM.!!!!

França elegível; CNJ desatualizado

roberto franca 400 curtinha   O advogado Rodrigo Cirineu, que assumiu a assessoria jurídica da campanha a prefeito de Cuiabá de Roberto França (foto), assegura que o ex-prefeito está elegível. Explica que o cadastro de inelegibilidades do Conselho Nacional de Justiça, constantando ainda o nome de...

Candidato da família Oliveira à Câmara

luluca 400 curtinha   O jovem advogado Luluca Ribeiro (foto) é uma das apostas do MDB por renovação na Câmara da Capital. Concorre a vereador e tende a "herdar" o espólio político da família Oliveira, dos tios Dante, ex-governador que morreu em 2006, e Thelma, prefeita de Chapada dos Guimarães....

Deputado tenta censura e sem êxito

xuxu 400 curtinha   Em duas tentativas, o deputado estadual Xuxu Dal Molin (foto), candidato a prefeito de Sorriso pelo PSC, tentou, sem êxito, censurar o portal Rdnews. Na 1ª Vara Cível da Comarca de Sorriso, Xuxu ingressou com pedidos de antecipação de tutela, pleiteando retirada do ar de matérias que...

Rei do Gado entra numa difícil disputa

mauricao 400 curtinha   O leiloeiro Maurição Tonhá (foto), chamado por muitos de "Rei do Gado", está de volta à disputa eleitoral. O pecuarista com bens avaliados em R$ 19 milhões é candidato pelo DEM a prefeito de Água Boa, muncípio já administrado por ele por dois mandatos. Em...

Ajudando a enterrar CPI do Paletó

luciana zamproni 400 curtinha   O Palácio Alencastro está convicto de que, assim como na primeira votação, o relatório da CPI do Paletó que propõe punição ao prefeito Emanuel e vai ser votado nesta terça, será arquivado pela maioria dos vereadores cuiabanos. O desfalque do...

8 candidaturas e Thelma com chances

thelma de oliveira 400 curtinha   Mesmo sem apoio de nenhum outro partido, a não ser do seu PSDB, enfrentando forte desgaste político e rejeição popular e ainda problemas de saúde, se recuperando de tratamento de câncer de mama, a prefeita Thelma de Oliveira (foto) ainda tem chances de...